Apelo Veemente aos Irmãos de Fé Adventistas Nesses Tempos de Aflição

Slides das Apresentações de Lives dos Adoradores Unitarianos – Irmão Fábio Amaro

Clique nos links abaixo e abra as apresentações com os slides preparados e apresentados pelo irmão Fábio Amaro.

2_ArmaDoDiaboBaixe-os, estude com oração, ajuste a vida com Deus, compartilhe.

62_TempoDificuldades

LICAO_01_Unitarismo_Ou_Trinitarianismo

LEIA MAIS

Reflexões a partir do ataque do Coronavírus na região da Lombardia-Itália.

Efésios 5:15 e 16 “Portanto, prestem atenção na sua maneira de viver. Não vivam como os ignorantes, mas como os sábios. 16Os dias em que vivemos são maus; por isso aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm

Infelizmente, o coronavírus já infectou 3.858 pessoas na Itália (maior parte na Lombardia) 148 mortes relatadas, enquanto 276 pessoas já foram curadas, conforme dados do dia 06 de março de 2020, do site https://infographics.channelnewsasia.com/covid-19/map.html

Uma pessoa da Lombardia, postou na facebook o seguinte: “Existem situações na vida que não se esperam, e o pior, diante delas, nos vemos impotentes.

Moro em Como, na zona onde o Coronavírus chegou sem ninguém esperar… Corrijo, sem ninguém acreditar, pois esperar, com tantos chineses que passam pelo norte da Itália, esperávamos sim!

Escolas fechadas, academias fechadas, bares fechados depois das 18:00, e tantos, saindo de

LEIA MAIS

Como você está usando o seu tempo? Sabia que vamos prestar contas desse uso perante Deus?

Clique aqui e ouça o áudio completo. Medite, Comente, Compartilhe.

Deus nos deu a vida e deseja que a usemos da melhor forma possível para nossa felicidade real aqui e na eternidade. Assim, devemos cuidar do 1) Templo do Espírito de Deus, nosso corpo; 2) do Tempo; 3) dos Talentos (aptidões, dons) 4) dos Tesouros (nossos bens materiais).

Hoje falaremos sobre A mordomia do tempo

Para tudo há uma ocasião, e um tempo para

LEIA MAIS

O galardão dos Salvos na eternidade (céu e terra renovada)

“E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.” Ap 22:12.

Em gospelprime.com.br Hélio Roberto escreveu: “Se cada um receberá sua recompensa na medida de suas obras, é porque haverá recompensas em medidas diferentes.

O que é o galardão? O que há de mais desejável no céu? Com toda certeza e sem medo de errar, a resposta é simples: O que há de mais desejável no céu é a Presença de Deus! Assim, na minha concepção, o galardão tão prometido nas Sagradas Escrituras é a Presença de Deus. Você pode vir a se perguntar: Então haverá pessoas mais próximas de Deus do que outras? Eu creio que sim, no sentido de que haverá pessoas mais

LEIA MAIS

A Alegria da Salvação no Maravilhoso Testemunho de Zaqueu

Clique aqui e ouça o áudio do Programa A Voz e A Verdade.

Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão.” Lc 19:9.

Deus nos deu a graça de em 2012 visitar com minha esposa a cidade de Jericó e a possível árvore ou descendente da que Zaqueu subiu para ver a Jesus.

“Zaqueu era uma chefe dos publicanos muito rico, da época de Jesus, que deu um testemunho público do Senhor Jesus confessando que Jesus era o seu Senhor, não se importando com a sua elevada posição social, com os seus bens, nem com o que pensariam dele.

Zaqueu possivelmente enriqueceu aumentando impostos cobrados ao povo e através de subornos de muitos ricos que pagavam para terem impostos mais baixos. Zaqueu era um pecador e gozava da antipatia do povo judeu, que o considerava um traidor, por ajudar a Roma a extorquir dinheiro do povo. Por isso, Zaqueu, apesar de ser um homem rico era infeliz, necessitado da verdadeira alegria, como muitos ricos e também pobres no mundo de hoje.

Zaqueu ouviu falar de Jesus e quando Jesus entrou na cidade de Jericó, procurou vê-lo. Como era de baixa estatura, subiu, em um sicômoro, uma árvore do médio oriente que produz

LEIA MAIS

A Parábola do rico e Lázaro ensina que os mortos estão como que “vivos”, conscientes?

Clique aqui e ouça o áudio. Medite, Partilhe o link.

“Nos capítulos 15 e 16 de Lucas, Cristo apresenta várias parábolas em resposta à preconceituosa discriminação dos escribas e fariseus para com as classes marginalizadas da época (Lc 15:1 e 2; 16:14 e 15). A parábola de Lucas 16:19-31, que aparece no final desses dois capítulos, é caracterizada por um forte contraste entre “certo homem rico” e bem vestido (verso 19) e “certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas” (verso 20). O relato ensina pelo menos duas grandes lições. A primeira é que o status e o reconhecimento social do presente não são o critério de avaliação para a recompensa futura. Em outras palavras, aqueles que, à semelhança dos escribas e fariseus, se julgam mais dignos do favor divino podem ser os mais desgraçados espiritualmente aos olhos de Deus (comparar com Mt 23).

LEIA MAIS
Traduzir Site »