Leis que falam de um Deus apaixonado por seus filhos, obras de suas mãos

Clique aqui e ouça o áudio do Programa A Voz e A Verdade, na Rádio Cultura do Brejo, RN, 87,9 FM. Medite, Compartilhe.

“Os rituais cerimoniais que Deus estabeleceu, simbolizavam o evangelho para eles (judeus), e compunha-se de ordenanças como: ofertas diversas, holocaustos, abluções (lavagens), sacrifícios, dias anuais de festas específicas e deveres sacerdotais. E tais ordenanças foram registradas na Lei de Moisés [Lei Cerimonial], não na Lei de Deus [Lei Moral]. (II Crônicas 23:18; II Crônicas 30:15 a 17; Esdras 3:1 a 5).

Todo o cerimonialismo, representava Cristo. Todas os estatutos e leis cerimoniais que eram realizados pelos judeus apontavam para Ele. Todas as coisas realizadas representava o sacrifício, o perdão e a salvação realizado por Cristo na cruz. (Colossenses 2:8 a 19). Pesquisando atentamente as Escrituras, podemos encontrar outras leis como:

  • leis acerca dos altares– Êxodo 20:22 a 26; leis acerca dos servos – Êxodo 21:1 a 11; leis acerca da violência – Êxodo 21:12 a 36; leis acerca da propriedade – Êxodo 22:1 a 15; leis civis e religiosas – Êxodo 22:16 a 31;
  • lei dietética– Levítico 11; repetição de diversas leis – Levítico 19…

leis para os sacerdotes – Levítico 21:1 a 24″;

Fonte: https://jesusvoltara.com.br/selo/distintas.htm

O que é declarado na lei de e o que ela significa?

“A lei de Deus é um conjunto de regras que nos mostra como viver em paz com Deus e a agrada-lo? A lei de Deus são os estatutos que serviriam de guia ao povo para demonstrar gratidão a Deus pela libertação da gratidão? A lei de Deus é uma expressão da graça de Deus pelo reestabelecimento da aliança outrora quebrada pelo ser humano? Mas acima disso “A lei é a revelação do próprio Deus ao homem”

Vimos que a lei pode ser dividida em três aspectos: Cerimonial, Civil e Moral. A lei Cerimonial, como o próprio nome diz, diz respeito as cerimônias do povo judeu, como a festa da páscoa, as instruções sobre as os tecidos que compunham as vestimentas dos sacerdotes, os sacrifícios e etc. A lei Civil diz respeito as regras judiciais que dão forma a uma sociedade, vemos isso na instrução sobre os animais que matavam pessoas e por isso o dono do animal deveria ser morto, isso é uma lei civil que estabelece as regras de vivência em sociedade. Já a lei Moral traz as instruções nosso proceder moral como os dez mandamentos.

Como diria João Calvino: “Andar no Espírito não é rasgar a lei, mas gravá-la no coração”

A lei declara que devemos amar ao nosso próximo como a nós mesmos e a Deus sobre todas as coisas”. Fonte: http://desabafosdeumcristao.com.br/16/12/2018/o-que-e-declarado-na-lei-de-e-o-que-ela-significa/

LIÇÃO 15–LEIS EM CONTRASTE Na lição passada, vimos que Jesus não veio para abolir a lei, mas para cumprir no sentido profético (sombra: tipo e antítipo) e em relação a obediência irrestrita até a morte. O apóstolo Paulo afirma que os mandamentos de Deus são puros, santos e bons (Romanos 7:12). Por que, então, há passagens que parecem depreciar a Lei? Um estudo cuidadoso revelará que a Bíblia faz menção a mais de uma lei, deixando clara a superioridade da Lei de Deus, dos Dez Mandamentos.
1. Que título de distinção é dado à Lei de Deus? “Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: Amarás a teu próximo como a ti mesmo, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redarguidos pela lei como transgressores.” Tiago 2:8-9
2. Por que meio vem o conhecimento do pecado e através de que seremos julgados? “Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.” Romanos 7:7
“Assim falai, e assim procedei, como devendo ser julgados pela lei da liberdade.” Tiago 2:12 3. Que sistema foi estabelecido em virtude da transgressão da Lei de Deus por parte do homem? “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.” Êxodo 25:8 “E, com o carneiro da expiação da culpa, o sacerdote fará propiciação por ele perante o Senhor, pelo pecado que cometeu; e este lhe será perdoado.” Levítico 19:22 4. Por Quem foi proclamada a lei dos Dez Mandamentos? “Então o SENHOR vos falou do meio do fogo; a voz das palavras ouvistes; porém, além da voz, não vistes figura alguma. Então vos anunciou ele a sua aliança que vos ordenou cumprir, os dez mandamentos, e os escreveu em duas tábuas de pedra.” Deuteronômio 4:12-13 5. Como a lei cerimonial foi transmitida a Israel? “E chamou o SENHOR a Moisés, e falou com ele da tenda da congregação, dizendo: Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao Senhor, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha.” Levítico 1:1-2
6. A lei cerimonial era completa em si mesma?
“Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,” Efésios 2:15 7. Em que escreveu, Deus, os Dez Mandamentos?
“Então vos anunciou ele a sua aliança que vos ordenou cumprir, os dez mandamentos, e os escreveu em duas tábuas de pedra.” Deuteronômio 4:13 8. Onde foram escritas às leis cerimoniais (que continham orientações sobre sacrifícios)? “E puseram de parte os holocaustos para os darem aos filhos do povo, segundo as divisões das casas paternas, para o oferecerem ao Senhor, como está escrito no livro de Moisés; e assim fizeram com os bois.” 2 Crônicas 35:12
9. Onde foram colocadas as tábuas dos Dez Mandamentos? “Tomou o testemunho, e pô-lo na arca, e colocou os varais na arca; e pôs o propiciatório em cima da arca.” Êxodo 40:20
10. Onde Moisés ordenou que pusessem a lei cerimonial que ele escrevera? “Deu ordem aos levitas, que levavam a arca da aliança do Senhor, dizendo: Tomai este livro da lei, e ponde-o ao lado da arca da aliança do Senhor vosso Deus, para que ali esteja por testemunha contra ti.” Deuteronômio 31:25-26
11. Qual a natureza dos Dez Mandamentos, ou lei moral? “A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices.” Salmos 19:7
“Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado.” Romanos 7:14
12. Poderiam as ofertas ordenadas pela lei cerimonial satisfazer ou tornar perfeita a consciência do crente? “Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço;” Hebreus 9:9 13. Até que tempo deveriam ser realizados os serviços cerimoniais no santuário terrestre?
“Consistindo somente em comidas, e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção.” Hebreus 9:10

14. Quando foi esse “tempo de reforma” ou “nova ordem”? “Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?” Hebreus 9:11-14
15. O que a morte de Cristo fez com a lei cerimonial? “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.” Colossenses 2:14 “Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,” Efésios 2:15 16. Por que a lei cerimonial foi ab-rogada (anulada) e o que marcou esse acontecimento? “Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.” Hebreus 7:18-19
“E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;” Mateus 27:50-51 17. Com que palavras o profeta Daniel profetizara isto? “E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” Daniel 9:27
18. Por quanto tempo perdurará a lei moral (Dez Mandamentos)?
“As obras das suas mãos são verdade e juízo, seguros todos os seus mandamentos. Permanecem firmes para todo o sempre; e são feitos em verdade e retidão.” Salmos 111:7-8 Reflexão para Decisão: Reafirmo minha posição de que os Dez Mandamentos estão em vigor e são uma bênção na vida daqueles que, pelo poder de Cristo, colocam-nos em prática. Decido obedecê-los.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir Site »