TRAVESTI ORDENADO ANCIÃO NA IGREJA ADVENTISTA

O PRIMEIRO L.G.B. TRANSEXUAL NA IGREJA ASD–COMO FOI NOS TEMPOS DE LOTH, ASSIM SERA NO FIM DO MUNDO

Uma coisa é permitir frequentar e ser bem recebido com amor, como um ser humano por quem Cristo morreu. Outra coisa é recebê-lo como membro batizado em pecado e, PIOR AINDA, RECEBÊ-LO COMO UM OFICIAL DA IGREJA.

2 comentários

Deixe uma resposta para Paulo Pinto Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir Site »