Coronavírus – as mortes invisíveis ou um chamado à sanidade da classe médica

CORONAVÍRUS – AS MORTES INVISÍVEIS ou UM CHAMADO À SANIDADE DA CLASSE MÉDICA

De autor desconhecido

“O combate à pandemia matará mais do que o coronavírus. A diferença é que serão mortes invisíveis.
Os números ainda não estão consolidados, mas essa é uma tese cada vez mais plausível.
Antes de entrar no assunto da pandemia, me permitam fazer duas comparações que tornarão o entendimento do restante do artigo mais simples.

A CURA DO CÂNCER
Ao contrário do que as pessoas imaginam, não é muito difícil eliminar um câncer. Qualquer câncer. Para destruir todas as células do organismo, basta utilizar doses gigantescas de quimioterapia ou, caso isso não funcione, radioterapia também em altíssimas doses. Essa estratégia só não foi adotada ainda por conta de um pequeno empecilho: além da erradicação do câncer, ela resulta na morte do paciente.
Toda a estratégia de combate ao câncer deve, portanto, buscar um equilíbrio: deve ser agressiva o suficiente para eliminar o tumor, mas não ao ponto de matar o paciente.
Na teoria é fácil; na prática, nem tanto.
Nunca é possível prever com certeza qual será o comportamento de um câncer em um paciente específico. O médico precisa se embasar em estatísticas existente e na avaliação individual.
Em casos de cânceres mais agressivos, se tolera um risco maior. No caso de

LEIA MAIS

Coragem para Advertir sobre a Transgressão do Sábado. Reparando o Altar de Deus. Leonard Ravenhil

Sábado, Santo, do Senhor.

Leia mais http://aodeusunico.com.br/?s=s%C3%A1bado

Que farei de Jesus chamado O Cristo?

Clique no link acima ou aqui e ouça o áudio. Medite, partilhe. 

Ouça o áudio com a participação do pastor Paulo Júnior.

 

Traduzir Site »