Header
Header
Header
Header
Header

TORCER POR TIMES DE FUTEBOL É PECADO?

janeiro 6th, 2014 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

logo-copa-2014

Nos meses de junho e julho de 2014 o Brasil sediará pela segunda vez a COPA DO MUNDO, em sua vigésima edição, o que ocorreu também em sua quarta edição, em 1950.

“A Carta aos Efésios, capítulo 2, diz:

“1. E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,
2. Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência.
3. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.
4. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
5. Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),
6. E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; ”
O jogo de futebol tem equivalência ao “Circo de Roma” para diversão e alienação do público que idolatra e torce para que um vença contra o outro. Os jogadores parecem objetos para exposição em um altar de ídolos e sacrifícios humanos, pois ali o “dono da obra”, Satanás, receberá sua oferenda. No circo, os torcedores são relacionados aos animais, com comportamentos selvagens, alienados, como drogados, com desejos malditos contra as pessoas, amaldiçoam e blasfemam em todos os momentos quem quer que se coloque no caminho para atrapalhar a vitória do seu ídolo, como se fosse uma guerra entre deuses pagãos.
Rixa, disputa, discórdia, briga, prostituição, alcoolismo, desordem, tumulto, lavagem de dinheiro, fraudes, idolatria, exaltação da carne, soberba, humilhação ao derrotado, exaltação ao vencedor, desmoralização, imoralidades, depredação, vandalismo, histeria, abusos de toda ordem, alegria da idolatria com acepção de pessoa, injustiças, fanatismo e obsessão, sensualidade, adultério, mercenarismo, bastidores empresariais com todo o tipo de negócios escusos em razão do passe de um jogador, o sistema mundial das tratativas escusas de clubes que seguem um “script” velado, o marketing violento e sedutor para todo o tipo de engano com exploração da vaidade, cobiça, inveja, luxúria e tudo o mais que seja perverso e ruim.
Vencer, derrotar o oponente. Provar que é melhor que o adversário. Vangloriar-se de que possui mais habilidades do que o adversário. Mostrar que é mais poderoso, mais forte, mais resistente, mais habilidoso, enfim “melhor” do que o oponente, seja individualmente ou em grupo.
O futebol, é uma droga alienante que entra nas pessoas e perverte os sentidos, tanto dos jogadores como também dos torcedores. Os regentes são os aproveitadores e manipuladores das pessoas, frios e calculistas, usando estratégias e manipulações para que o vício seja cada vez mais estável e lucrativo. Os campeonatos até dentro do nível mundial são devidamente regidos para que o mal jamais seja enfraquecido e sempre esteja em andamento, com ajustes para uma maior proliferação.
Além da prática ser pecaminosa e abominável, para agravar, o salário é prêmio da injustiça. Esse jogador, conforme diz a Palavra de Deus, já teve a sua recompensa. Compara-se ao mercado da droga, que aliena, vicia e corrompe, seja evangélico ou não.
A única finalidade é vencer sobre alguém ou algo. As intenções pessoais são alinhadas no sentido de receber uma glória e, essa glória, é somente a humana. As intenções podem ser: cobiça, poder, vaidade, alcançar fama ou glamour, satisfação da carne, prostituição, ser glorificado pelos homens, ser reconhecido pelos homens, inveja de outro com mesma habilidade. Por mais que tentem justificar o fato de serem praticantes ou torcedores, os que se dizem filhos de Deus jamais conseguirão ajustar ou harmonizar as verdades da Palavra de Deus com as verdades do espírito deste mundo. Por isso, jamais um filho de Deus pode usar de “opiniões pessoais” se quiser viver a verdade do Deus Altíssimo e ser um filho honrado que verdadeiramente combate o bom combate da fé, vencendo o mundo e seu príncipe pelo nome do Senhor”.
AUTOR: OSVAIR MUNHOZ

Há décadas, desde que entendemos a seriedade do que significa ser um discípulo de Cristo, não nos envolvemos mais nem em um jota ou um til no que respeita a FUTEBOL.

A COPA DO MUNDO É EXATAMENTE O QUE MOSTRA SER, DO MUNDO. O POVO DE DEUS EMBORA AINDA NO MUNDO, NÃO É MAIS DO MUNDO.

Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. João 15:19

Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. João 17:14

Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. João 1:10

Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 1 João 2:16

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17

Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 1 João 2:15

Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. João 17:15

Não são do mundo, como eu do mundo não sou. João 17:16

Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno1 João 5:19

E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa. 1 Coríntios 7:31

E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós. João 17:11

E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.João 12:47

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta