Header
Header
Header
Header
Header

POR QUÊ NO BRASIL O FUTEBOL É UMA PAIXÃO NACIONAL?

julho 6th, 2014 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

Crianca_futebol_barrinha_560

Estive a pensar por quê no Brasil as pessoas, de um modo geral, idolatram tanto o futebol.

Constatei que sobretudo as pessoas mais pobres, sofridas, espezinhadas pela vida, parece serem mais “apaixonadas” pelo futebol.

Fiquei pensando: o que ganham com isso? Descobri ser como uma válvula de escape, depois de tanto sofrerem.

E os políticos lhes proporcionam essa “alegria” que os entorpece e os fazem esquecer dos seus direitos a benefícios pelos quais pagam impostos altos e recebem serviços de péssima qualidade.

“A vivência em diferentes culturas ajudou a classificar a importância do futebol pelo mundo. “Em geral, quanto mais pobre o país, mais o futebol parece existir em seu cotidiano. O ritual se flagra muito na África, quando uma turma se reúne para brincar em um terrão qualquer. Já na Austrália, a molecada se encontra mais nas escolinhas, dentro de algo mais organizado. Há situações espontâneas e outras mais discretas”, afirma Vilela.

“Em ambos os casos (Brasil e Alemanha), a superação da exclusão social e racial no futebol acompanhou e, mesmo, precedeu a democratização das sociedades de ambos os países. Em todo o caso, entre 1930 e 1945 – sob as diversas formas da Ditadura de Vargas – e entre 1933 e 1945, sob o Terceiro Reich, o poder político – de forma diferenciadainterveio e apropriou-se do futebol, transformado muitas vezes em espetáculo a ser manipulado pelo Estado. Em ambos os casos, contudo, o futebol libertou-se de tais amarras, e no pós-1945, com a ampliação da cidadania e do regime representativo – no Brasil depois de 1964-84 – e em ” em toda” a Alemanha pós-1989, o futebol manteve-se como a principal atividade esportiva de massas, livre e diversa, capaz de operar a integração de jovens de diversos horizontes sociais e étnicos”.  http://www.tempopresente.org/index.php?option=com_content&view=article&id=39:futebol-uma-paixao-coletiva&catid=41&Itemid=127

 Quanto ao verdadeiro e fiel crente em Cristo, o futebol não deveria estar entre suas paixões.

Afinal, nossa cidadania principal é a celestial.

Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Filipenses 3:20.

Porque (Abraão) esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus. Hebreus 11:10.

 

 

 

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta