Header
Header
Header
Header
Header

O ESPÍRITO DE DEUS E O ESPÍRITO DO HOMEM

junho 11th, 2014 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

“E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ”. JOÃO 8:32.
Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. 1 Coríntios 2:9-12.
Amados, gostaria de analisar com vocês este texto tão precioso da palavra de Deus, tão claro, tão cheio de verdade, revelado pelo Espírito de Deus ao apóstolo Paulo.
Primeiro lemos que “as coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”. Essa afirmativa nos mostra a superioridade das coisas celestes em relação às terrenas, as quais tantas vezes roubam a nossa atenção, tempo e cuidados, quando deveríamos cuidar mais das coisas celestes, porquanto incomparavelmente bem mais valiosas, eternas!
Em seguida o texto nos mostra “Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito”. Notem, Seu Espírito. O texto não fala de um outro ser igual a Deus ou também Deus, ou mesmo parte de uma trindade, figura estranha às Escrituras Sagradas, mas do Espírito de Deus, que pertence a Deus.
Na sequência, o apóstolo Paulo “porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus”. O apóstolo faz uma comparação, evidentemente guardando as devidas proporções, as de Deus bem superiores às nossas, entre o espírito do homem que é o único compartimento, sua mente, sua inteligência, a essência do seu ser que o conhece em profundidade e o espírito de Deus, seu único compartimento, sua mente, sua inteligência, a essência do seu ser que o conhece em profundidade.
Estariam as Escrituras sagradas em Mat 11:27 quando dizem “Ninguém conhece o Pai senão o Filho” estariam afirmando que Cristo, o único que conhece o Pai em profundidade é seu Espírito? Não. Em cumprimento ao que escreveu o profeta Isaías, 61:1, se cumpriu quando Cristo, na sinagoga de Nazaré afirmou: “O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração” Lucas 4:18. Aí está a explicação. Se o Espírito do Senhor, sua virtude, glória e poder estava sobre Cristo, o divino Filho de Deus, logo, Cristo é o único ser, a única pessoa do universo que conhece plenamente ao Pai e Seu Deus.
Se o espírito do homem é o único que conhece o homem e, do mesmo modo o espírito de Deus é o único que conhece a Deus e o espírito do homem não é outro ser diferente dele, mas ele mesmo, assim também o espírito de Deus, que é Santo, não pode ser outra pessoa além do Pai, desmoronando o dogma da santíssima trindade.
Ensinar que o Espírito de Deus é outra pessoa igual ao Pai, aproxima o crente da doutrina de que os mortos não estão mortos, ou que dentro do ser humano existe uma outra pessoa que permanece viva após a morte. E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Nunca se esqueça disso. Amém, aleluia!

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta