Header
Header
Header
Header
Header

NA TV, PASTOR INOVA E CRIA O DÍZIMO NO DÉBITO AUTOMÁTICO. Veja o vídeo no final da matéria.

abril 28th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

DÍZIMO
DizimoUniversal
É FATO QUE UMA DENOMINAÇÃO MUITO CONHECIDA JÁ VEM COBRANDO HÁ MUITOS ANOS O DÍZIMO EM FOLHA PARA SEUS PASTORES E OUTROS FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA “RELIGIOSA”.
MAS, DESDE 2011 UMA IGREJA IRMÃ DESSA, PORQUANTO CREEM EM DOGMAS IDÊNTICOS, RESOLVEU “INOVAR” CRIANDO O DÍZIMO (UMA OBRIGAÇÃO SÓ DO POVO DE ISRAEL NOS DIAS DO VT, ATÉ À CRUZ DE CRISTO, E SEMPRE EM ALIMENTOS DO CAMPO, DISPENSANDO AS VIÚVAS, ÓRFÃOS E ESTRANGEIROS DESSA OBRIGAÇÃO, PELO CONTRÁRIO, COMENDO ESSE D´[IZIMO A CADA 3 ANOS, DEUT. 14:28 E 29) NO DÉBITO AUTOMÁTICO, PASMEM OS SENHORES, TAL INDECÊNCIA E FALTA DE DECORO E DO VERDADEIRO ESPÍRITO DE CRISTO.
“Não é por falta de criatividade que as igrejas deixarão de arrecadar dinheiro dos seus fiéis. Maior exemplo de inovação é o missionário R.R.Soares, líder da Igreja Internacional da Graça, que acaba de lançar uma nova modalidade de coleta de dízimo, por meio de débito automático em conta-corrente”.
Segundo Soares divulgou em seu programa na Band, o membro da igreja poderá fazer suas doações mensalmente de forma mais prática. Para isso o fiel deve preencher…”
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/924696-na-tv-pastor-inova-e-cria-o-dizimo-no-debito-automatico.shtml
SE TIVER DÚVIDAS SOBRE A NÃO OBRIGAÇÃO DA EXIGÊNCIA DO DÍZIMO PARA OS CRENTES SOB A NOVA ALIANÇA, LEIA:

https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDAQFjAA&url=http%3A%2F%2Fsolascriptura-tt.org%2FVidaDosCrentes%2FComRiquezas%2FDizimoVT-X-DadivarNT-Anderson.htm&ei=-HN9UfLqFIr28gT47oCICw&usg=AFQjCNEQNZ7_i5NFcF4A7oqMkHu2NpX2zg&sig2=EPoWFU71Shdlt_8RrJFlvQ&bvm=bv.45645796,d.eWU

http://www.augustocoimbra.xpg.com.br/mitos_e_verdades_dizimos.pdf

http://www.scribd.com/doc/4796668/TUDO-SOBRE-O-DIZIMO

VEJA O VÍDEO E TIRE SUAS CONCLUSÕES:
STRESS.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta