Header
Header
Header
Header
Header

NA BALANÇA DE DEUS QUAL É O SEU PESO?

setembro 22nd, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

balança

JN Ministries – Pr. Julio Neris

Texto: Daniel 5:27.

“ Tequel ;”pesado fostes na balança e achado em falta “.

Viver é encontrar os pontos de equilíbrio. Em nossa curta passagem por esta terra, Deus nos dá a oportunidade de nascer, crescer amadurecer e morrer. Não existe como alguns pensam a oportunidade de viver outras vidas para amadurecer, é somente aqui, no planeta terra que podemos ‘ viver e aprender “ chegando a ser filhos “ maduros “ de Deus.

Muitos crentes pensam que DEUS só lida com os crentes, e os ímpios são deixados ao acaso ou domínio de satanás. Na realidade todos os seres humanos são criaturas que Deus ama ao ponto de enviar Jesus para morrer na cruz. O ímpio de hoje pode ser o pio (crente) de amanhã. O trabalho da igreja na terra se concentra em chamar os ímpios para Deus.

Este texto de Daniel 5, nos prova biblicamente que Deus lida com os ímpios, dando-lhes a oportunidade de mudar, de se arrepender, de ter uma nova vida, de ser humilde e não arrogante, de ser pio e não ímpio, de amar a Deus e não ao mundo.

A FESTA DE BELSAZAR

O contexto da balança de Deus, começa No capítulo 5:1,onde Belsazar o rei da babilônia na época deu uma grande festa. Nabucodonosor morreu em 562 a.C, foi sucedido por Abel Marduque ou Evil-Merodaque, este foi assassinado por Nergal Sarezer, seu cunhado que subiu ao trono em 560 a.C. Em 556 a.C ele foi sucedido por seu filho Labahi-Marduque, que foi assassinado no mesmo ano por um grupo que incluia Nabonido,que depois fora sucedido por seu filho Belsazar.

Deus já havia tratado no passado com Nabucodonosor e agora lida com outro monarca. Belsazar deu um grande banquete a “mil dos seus grandes”, ele se esqueceu de fazer uma festa para o maior de todos do universo, Deus, por isto sua festa foi uma tragédia. Nós, o povo de Deus, festejamos diariamente, nossa saúde, trabalho, família, amigos, salvação, etc. Quando festejamos, nosso principal convidado é Deus, os demais são secundários. Amado ouvinte você já viu algumas das festas que se realizam pelo mundo, as chamadas “baladas”, onde além de convidados normais, vêm os que negociam com droga como êxtase, cocaína, maconha e outras drogas, além de bebidas alcóolicas de todo o tipo. Você tem idéia de como pode uma festa desta terminar? Se não terminar em brigas, pelo menos alguns dos convidados terminarão viciados.

Amados, como é bom fazer cultos de ações de graça e convidar nossos irmãos em Cristo, o violonista da igreja, os jovens e um servo do Senhor traz uma mensagem bíblica. O resultado de uma festa como esta é a alegria e a comunhão com os irmãos. Amados, que tipo de festas você realiza? Que tipo de festas seus filhos frequentam? Este texto de Daniel também é uma reflexão sobre este tema.

ENQUANTO BELSAZAR BEBIA E APRECIAVA O VINHO

Como é bom estar sempre sóbrio, desta forma raciocinamos e tomamos decisões corretas. Quem bebe socialmente ou não, está colocando em risco sua sobriedade e problemas graves podem surgir.O primeiro erro de Belsazar foi festejar para os “ seus grandes “ e não a DEUS. O segundo erro foi beber e apreciar o vinho. Agora ele está começando a agir irresponsavelmente. Não me venham falar em demônio da bebida, não é demônio é uma bebida alcóolica que se ingerida tem efeitos no organismo humano. A culpa do que Belsazar fez é dele somente, a bebida só foi ingerida por que ele quis. Existem pessoas que nunca assumem seus erros, culpam demônios, pessoas, mas nunca assumem suas culpas. O grande segredo do crescimento e amadurecimento humano é o reconhecimento dos erros, e o desejo de não mais repeti-los.

MANDOU TRAZER OS UTENSÍLIOS DO TEMPLO

Belsazar comete a loucura de não dar valor as coisas sagradas. Coisas ou pessoas sagradas são separadas para Deus e seu serviço. Um crente é sagrado e santo para Deus. Portanto sua vida não pode se usada para o contato com outras divindades. Os instrumentos da igreja, as taças da ceia do Senhor, os objetos que foram consagrados a Deus, não podem ser usados para outros fins.

O rei e seus “grandes” beberam vinho nas taças sagradas. Outro grande erro de Belsazar foi “ dar louvores aos deuses de ouro, de prata, de bronze, de ferro de madeira e de pedra”. Deus estava vendo tudo o que Belsazar fez e não interveio, pois cada ser humano com sua inteligência e sobriedade tem naturalmente consciência do que é certo e do que é errado. Belsazar estava dando louvores, ou seja, elogiando deuses que não existiam usando utensílios do templo do verdadeiro Deus. Amado, tudo o que acontece em nossa vida é consequência de DEUS agir em nossas vidas permitindo, desejando ou consentindo, ainda que seres humanos sejam usados por Deus para nos trazer algum benefício, DEUS sempre deve ser elogiado ou louvado por nós. Os deuses e semideuses humanos são criações nossas e não de DEUS. No universo só existe um Deus. Amado louve a DEUS diariamente, por tudo o que acontece com você. Algumas coisas parecem negativas, apenas parecem, no final algum proveito teremos.

NO MESMO INSTANTE APARECERAM UNS DEDOS DE MÃO DE HOMEM

A paciência de Deus tem limite. Ele permitiu que Belsazar organizasse a festa, permitiu que se embriagasse, permitiu que usasse os utensílios do templo, permitiu que louvasse aos deuses inexistentes, mas agora Deus vai lhe dar um limite. A festa de Belsazar está prestes a terminar sem a alegria prevista pelo anfitrião.

Deus não foi convidado para a festa, mas apareceu assim mesmo. Foi para dizer algumas coisas importantes para Belsazar. A mão apareceu defronte do candeeiro, ou seja, bem perto da luz para que todos pudessem ver. Observe como Deus age. Belsazar estava tendo uma visão espiritual mesmo sem ser servo de Deus. Deus mostrou a ele a mão e ele a viu. Belsazar mesmo embriagado sabia que algo de ruim estava prestes a acontecer, o seu semblante mudou, os seus pensamentos se turbaram, as juntas dos seus lombos se relaxaram, os seus joelhos batiam um no outro.

Hoje o mesmo ocorre com muitas pessoas. Alguns vivem como se Deus não existisse. Como se fossem donos de suas próprias vidas pecam e vivem dissolutamente, vivem a dizer que Deus é bom e misericordioso, porém se esquecem que Deus quer que cresçamos e amadureçamos da mesma forma que nossos pais terrestres querem ver-nos grandes, saudáveis e felizes, mas existem momentos na vida destas pessoas em que Deus começa a agir. Deus surge para impedir que estas pessoas continuem a fazer as coisas erradas. Deus fez isto com o mercenário profeta Balaão que queria ir a Moabe para amaldiçoar o abençoado povo de Israel. Deus usou um anjo que impediu o jumento de seguir viajem. Deus interveio através do seu Filho Jesus Cristo no caminho de Saulo de Tarso ao ir para Damasco (que está sob bombardeio nos dias atuais), que estava indo a cidade maltratar e prender os servos de DEUS. Deus fez o mesmo com Jonas, jogando-o no mar o qual foi engolido por um grande peixe, porque ele queria fugir para Társis em vez de ir a Nínive pregar o evangelho.

Amado não espere que a mão de Deus comece a escrever nas paredes de nossa vida os julgamentos que Deus tem reservado para os desobedientes, mas que possamos nos antecipar e ler, meditar, praticar os ensinamentos escritos na bíblia sagrada em nosso próprio idioma. Benção para a obediência e maldição para a desobediência aos preceitos de Deus.

Belsazar estava alegre e animado no começo da festa, mas quando ele viu a mão de DEUS ficou completamente abalado, corpo, alma e espírito.

SURGE UM HOMEM QUE TEM O ESPÍRITO DE DEUS (não dos deuses, como eles pensavam)

 

 

Com o fim da festa, Belsazar deseja que alguém decifre a visão da mão escrevendo na parede. Ele prometeu premiar o intérprete, dando até o cargo de terceiro no reino. Todos os sábios vieram, mas ninguém pode ler a escritura.

A escritura de Deus só pode ser entendida pelos servos de DEUS cheios do Espírito de Deus. Amado, você é um privilegiado entre os habitantes da terra. Você que é a habitação do Espírito de Deus tem o privilégio de compreender os segredos por trás das Escrituras sagradas. Deus tem usado os seus servos para nos ensinarem lições maravilhosas que nenhum Ph.D. pode aprender nas melhores universidades do mundo.

Vemos aqui um dos motivos pelos quais Deus permitiu que Daniel e seus amigos fossem para o cativeiro na Babilônia. Deus precisava de um representante seu naquele lugar. Era como uma luz no meio das trevas, um servo de Deus no meio dos ímpios. Amado, às vezes Deus nos leva a lugares e situações aparentemente negativas, que no início não entendemos, mas, Deus sempre sabe o que faz, e podemos confiar plenamente NELE ao conduzir nossas vidas.

Deus sempre se lembra dos seus servos. Os sábios da Babilônia eram ímpios, portanto não tinham a inspiração do Espírito para entender o significado espiritual das palavras na parede. A rainha-mãe lembrou ao rei, que no reino tinha alguém que na sua concepção tinha o espírito dos deuses, mas o que ele tinha na verdade era o ESPÍRITO DE DEUS, o mesmo espírito que todos os servos de DEUS têm. A rainha viu nele luz, inteligência e sabedoria. Daniel recusou os presentes para realizar a obra de DEUS, e lembrou a Belsazar o que DEUS tinha feito com o ancestral dele, Nabucodonosor, que por causa da soberba foi morar com os jumentos monteses. Daniel lembrou ao rei que o mesmo ocorrera com ele, e que Deus agora não iria agir com misericórdia, pois o tempo agora era de julgamento.

MENE: “CONTOU DEUS O TEU REINO E DEU CABO DELE“

Daniel informou a Belsazar, que DEUS não era um deus inerte como alguns que ele conhecia. Ele é o verdadeiro DEUS do universo, aquele que tudo vê, aquele que sabe quantos grãos de areia existem em todas as praias do planeta. Aquele que sabe quantos fios de cabelo existem em nossas cabeças. Portanto Deus contou o reino de Belsazar. DEUS avaliou cada coisa feita pelo rei, e como o rei fora reprovado, Deus daria cabo dele, ou seja, outro monarca deveria ser levantado. É interessante observarmos este relacionamento de DEUS com Belsazar. Parece que Belsazar deve contas a Deus, mas é exatamente isto o que acontece, os reis, presidentes, governadores e autoridades do mundo inteiro, devem prestar contas a Deus da forma como administram, da forma como tratam os seus cidadãos. Em Romanos 13, Paulo diz que as autoridades são ministros de Deus para o nosso bem.

É por isto que ditadores corruptos e maus administradores estão com os dias contados, em algum momento a mão de DEUS começará a escrever julgamentos nas paredes de seus palácios e outros governantes são colocados em seus lugares.

TEQUEL: “PESADO FOSTES NA BALANÇA E ACHADO EM FALTA”

Deus é Deus de justiça e ser justo é dar a cada um o que cada um merece, cada pessoa colhe o que planta. Belsazar plantou pecado e desrespeito pelas coisas sagradas e colheu a perda do reino. Um dos símbolos do direito é a deusa Ártemis com uma balança na mão. A justiça dos homens é sempre imperfeita, pois é exercida por homens imperfeitos, mas a justiça de Deus é corretíssima. Deus tem uma balança não como a de Ártemis, mas uma balança perfeita. A cada dia Deus nos pesa e avalia o que pensamos e o que fizemos.

Amado, desde o momento em que você acorda até o seu deitar você tem considerado o que tem pensado, sentido ou feito? Nos seus relacionamentos com sua esposa, esposo, filhos, amigos, colegas de trabalho, qual tem sido o seu peso, você tem demonstrado equilíbrio? Você tem dosado suas emoções, você tem se irritado constantemente e tratado o seu próximo com agressividade? Na área financeira como está o seu peso? Voce gasta mais do que ganha? Você vai ao shopping e usa o cartão de crédito como se fosse de crédito, quando na realidade ele é um cartão de débito que pode levar você a falência? Na área espiritual, você é daqueles que todos os dias vai a igreja e não dá atenção ao seu marido, esposa e filhos? Voce é daqueles que só estudam a bíblia, mas não ora? Você é daqueles que fala muito da bíblia e de Deus, mas seu testemunho jamais confirmará suas palavras? Amado precisamos encontrar o equilíbrio em nossas vidas. Crentes equilibrados são crentes maduros que servem ao próximo e agradam a Deus. Belsazar foi pesado na balança de Deus e achado em falta. Ele estava pendendo de mais para um lado da balança.

PERES: “DIVIDIDO FOI O TEU REINO E DADO AOS MEDOS E PERSAS“

Peres é o singular de Parsim (Verso 25) e significa “divisão”. O grande império Babilônico agora seria dividido por DEUS. Deus o criador e administrador do universo determinou o fim da era da Babilônia e o surgimento de um monarca de outra nação. Ciro o rei dos medos e Persas, que mudou o curso do rio Eufrates e entrou na cidade pelas portas, colocando ali o seu representante Dario. Belsazar mandou que Daniel fosse vestido de púrpura, e recebesse uma cadeia de ouro no pescoço, e passasse a ser o terceiro no reino. De nada adiantaria esta instrução pois seu reino acabara e o próximo monarca estava chegando. Amado, Belsazar teve oportunidade de mudar de vida, o que hoje chamamos de porta da graça. Um dia esta porta se fechará, e a misericórdia de Deus não poderá ser mais exercida, a porta do julgamento se abrirá e cada um receberá conforme merecer. Amado e amada, ainda há tempo de avaliarmos nossa vida e nos ajustarmos aos padrões bíblicos de DEUS. Deus quer nos abençoar e nos ver felizes. Amado (a), obrigado por me acompanhar em minhas reflexões bíblicas, que Deus te abençoe abundantemente.

Pr.  Julio Neris

JN Ministries

FONTE: http://jnministries.blogspot.com.br/2006/08/na-balana-de-deus-qual-o-seu-peso.html

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta