Header
Header
Header
Header
Header

MAIS UM POUCO E REVEREMOS O QUERIDO E SAUDOSO IRMÃO MOISÉS

agosto 25th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

3MegaCam DSC010083MegaCam

“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. João 8:32.

E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.
Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;
Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1 Coríntios 15:50-58.

Esta é a esperança que nos conforta.

E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano.
E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove?
Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro?
E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou. Lucas 17:16-19.

A palavra de Deus nos ensina a ser agradecidos. No episódio da cura que Jesus fez aos dez leprosos, apenas um voltou para agradecer e dar-lhe glória, e este não era judeu, mas samaritano, pelo que, Cristo concedeu não só lhe deu a cura física, mas, também e, principalmente, com infinito alcance, Cristo lhe concedeu a Vida Eterna.  Os nove, não agradecidos, receberam apenas a cura física, em grande desvantagem.

Conforme Cícero, “Nenhum dever é mais importante do que a gratidão.” Para Melody Beattie, “A gratidão desbloqueia a abundância da vida. Ela torna o que temos em suficiente, e mais. Ela torna a negação em aceitação, caos em ordem, confusão em claridade. Ela pode transformar uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo. A gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz para o hoje, e cria uma visão para o amanhã.”

Assim, desejamos nesta oportunidade agradecer a Deus por Ele um dia nos ter concedido a alegria de conhecer e conviver na fé em Cristo com o seu servo e agora saudoso irmão Moisés Lino Lopes, a quem tivemos conosco como amigo querido e irmão em Cristo, por mais de trinta anos de caminhada cristã, tendo o mesmo dormido no Senhor na tarde do dia 21 de agosto de 2013 e sepultado no dia seguinte na localidade de sítio Pedronas, Cachoeirinha, distrito de Massaroca, Juazeiro, BA.

Dormiu em Cristo aos 67 anos de idade, depois de um viver exemplar no seio de sua família, deixando sete de seus oito filhos e sua esposa irmã Zenaide, todos servos do Senhor.

O irmão Moisés aceitou a fé como guardador dos mandamentos de Deus inclusive o sábado desde o início dos anos 80, deixando para trás a guarda do domingo e a adoração aos ídolos, embora ainda continuasse adorando a uma trindade por não ter, na época, conhecimento sobre o Deus único e verdadeiro, o qual só veio a conhecer e a servir em meados da 1ª. década do século XXI, tendo sido batizado nas águas do rio São Francisco em 16.10.2005, pelo irmão Aparecido de Poá, São Paulo.

3MegaCam  3MegaCam

Sempre foi dedicado à causa do Mestre, tendo participado ativamente no evangelismo incansável e na edificação dos templos adventistas no Alto do Alencar, na Itaberaba, no Juazeiro III, dentre outros.

Como ardoroso adorador do Deus único e verdadeiro realizou muitos evangelismos e oficiou diversos batismos em nome do Senhor Jesus Cristo, em plena conformidade com as Escrituras Sagradas.

3MegaCam

Rui Barbosa pensando sobre o tempo em que vivemos, escreveu: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

Mas, o saudoso e querido irmão Moisés, ainda que vivendo numa época em que grande maioria tem optado por esse sistema de vida de que falou Rui Barbosa, nunca desanimou da virtude, nunca riu da honra, nem teve vergonha de ser honesto. Esse foi o irmão Moisés Lino Lopes, que conhecemos e agora dorme no Senhor, aguardando a ressurreição em Cristo Jesus, em breve.

Se o filósofo grego Diógenes de Sínope fosse vivo hoje não precisaria acender sua lamparina, durante o dia, como costumava fazer ao procurar um homem honesto, pois facilmente o encontraria na pessoa de Moisés Lino Lopes.

Concluo a mensagem de hoje com o que está escrito no livro Educação, pág. 57: “A maior necessidade do mundo é a de homens – homens que não se compram nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus”.

Que o Eterno e seu Filho Jesus Cristo confortem a querida família enlutada e a cada um de nós e nos prepare para dormir no Senhor tranquilo como ele dormiu ou aguardar vivo a volta de Cristo se assim ele quiser.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

5 Responses

  • nalvinha says:

    sábias palavras irmão.Obrigada pela descrição dessa peessoa que jamais esqueceremos.Aguardaremos ansiosos para o abraçar na ressurreição.Que o Eterno nos ajude a estarmos firmes na fé para desfrutarmos desse privilégio,amem.

  • zinho says:

    Às vezes palavras são poucas para expressar os grandes homens de atitute, entre eles meu pai.Obrigado pela bela mensagem. Que o Criador nos ilumine e nos ensine a continuarmos sem ele.

    • AMÉM, MEU ESTIMADO IRMÃO,
      IRMÃO MOISÉS FOI UM GUERREIRO DE CRISTO, INTRÉPIDO E DEDICADO À SUA CAUSA.
      PREPAREMO-NOS PARA O RETORNO DE CRISTO, EM BREVE, QUANDO PODEREMOS ABRAÇAR NOSSO QUERIDO IRMÃO OUTRA VEZ E PARA SEMPRE.
      MARANATA

  • Karla Mirele da Silva says:

    Conhecer o irmão Moisés foi uma grande honra, homenagem muito merecida, ele foi um homem que me serviu de exemplo, simples, temente ao Senhor e muito sábio, agora esperemos no Senhor o grande dia da ressurreição, eu também quero abraçá-lo.



Deixe uma resposta