Header
Header
Header
Header
Header

LIVRO DISTRIBUÍDO EM ESCOLAS PÚBLICAS AFIRMA QUE “O DIABO É AMIGO E DEUS É COVARDE”!

julho 14th, 2014 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

A MÁQUINA DE BRINCAR

Está publicado em: http://www.vivabonsmomentos.com/2014/07/o-diabo-meu-amigo-vem-brincar-comigo-e.html

LEIA AQUI ALGUMAS PÁGINAS DO MALIGNO LIVRO.deus-a-maquina-de-brincar1deus-pequenininho-a-maquina-de-brincar2  diabo-que-me-carregue-a-maquina-de-brincar3

“Ó diabo meu amigo, vem brincar comigo – É isso que seus filhos vão aprender na escola pública!

Livro infantil distribuído em escolas públicas chama o diabo de “amigo” e Deus de covarde


Por Carla Ribas

Janilda Prata escreveu o seguinte desabafo em forma de alerta postado no Facebook.
“PARA VOCÊ QUE ACHA QUE SEUS FILHOS ESTÃO SEGUROS NO QUARTO LENDO LIVROS. LEIA O QUE ACONTECEU COM A MINHA FAMÍLIA:
Todos sabem como incentivo leitura para minhas filhas desde bebê.
O contato das crianças com os livros passa por várias fases. Primeiro eu lia para elas, depois eu lia com elas e hoje elas lêem sozinhas.
Na hora de comprar um livro eu olho a capa, o tema, a sinopse, sobre o autor e a faixa etária. Depois peço que elas me falem sobre o que leram.
Achei que isso era mais do que suficiente até o dia em que Ana Ester (9 anos) disse: “Mãe, tem algo errado com esse livro, no meio dele encontrei uma página “para ler no escuro” e depois coisas horríveis…”

Me desculpe o autor, mas se alguém torna uma obra publica, eu tenho o direito de criticar e emitir minha opinião.
Um livro para criança que invoca o diabo para ser amigo da mesma, diz que Deus não aparece porque é covarde e pequenino e termina dizendo que o capeta venceu para mim é uma literatura totalmente imprópria.
Não venha me dizer que isso é poesia. Isso, para mim, é pura heresia. Estou indignada por ter colocado algo assim na minha casa e nas mãos das minhas filhas.
Qual critério usar quando compro livros infantis? Vou ter que ler antes todas as páginas? Como algo assim pode ser liberado para publicação e considerado literatura infantil?”

“Ensina a criança o caminho que deve andar

 e ainda quando for velho, 

não se desviará dele.” 

Provérbios 22.6

A foto ao lado mostra uma página interna do livro que, em forma de poema, insere na mente da criança a idéia de que o diabo é bonzinho.

Nas páginas seguintes vemos a dúvida da existência de Deus, da Sua bondade e providência.

Não me venham os educadores dizer que estão, de forma lúdica, trabalhando os medos e temores impostos pela sociedade.
Isso é balela pura! Certa vez uma professora da minha filha leu o livro: Posso Rir do Meu Amigo? – editora CPAD – e adorou.
Mas, em particular, me contou que a escola não permitia material algum que falasse no nome de Deus. (e olha que o nome de Deus aparece somente uma vez, na última frase)
Agora pergunto: e falar mal de Deus, pode? Qual a intenção disso? E as festas dedicadas às imagens? Ah, essas receberam o nome de Folclore brasileiro – uma artimanha maligna de Satanás para forçar as práticas malignas nas mentes dos nossos filhos.
Vejo cristãos perguntando sobre Festa Junina: meus filhos nunca foram e nós explicávamos o motivo para eles. Hoje estão crescidos e conhecem a Verdade! Nunca reclamaram por não poderem ir. A Bíblia diz: Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.
Pais, não queiram ser “politicamente corretos” caso isso comprometa a sua fé na palavra de Deus. Temos direitos como cidadãos. A escola ensina, em casa nós checamos o que foi ensinado,
detectamos os erros e os combatemos à luz da Palavra de Deus.
Esse é o nosso papel. Nossos filhos são responsabilidade nossa! Não abra mão dos princípios Bíblicos.
Jesus não se envergonhou de nós na Cruz do Calvário! Não tenha vergonha de mostrar a sua fé Nele.
Ponha “a boca no trombone” como fez a Janilda, se os seus filhos não te agradecerem aqui na terra, certamente o farão quando vocês se encontrarem no céu, salvos por Cristo.
A Bíblia nos Alerta:


Não deixem que ninguém os engane de modo algum. Antes daquele dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem do pecado, o filho da perdição.

Este se opõe e se exalta acima de tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, a ponto de se assentar no santuário de Deus, proclamando que ele mesmo é Deus. 2 Tessalonicenses 2:3-4

Você pode acessar a página criada pela Janilda Prata no Facebook e dar o seu apoio: Vigilante dos Pequeninos

www.vivabonsmomentos.com
ARTIGOS RELACIONADOS:

LEIA MAIS CLICANDO AQUI.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

One Response

Deixe uma resposta