Header
Header
Header
Header
Header

A DIMENSÃO ESQUECIDA DE DEUS. POR QUÊ OS ADVENTISTAS CREEM NA TRINDADE.

maio 3rd, 2014 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

Em seu livro “La dimensión olvidada de Dios. Por qué los adventistas creen em la Trinidad”, no capítulo 8, pág. 69 e 70, o autor, Luis González Soriano, tenta mostrar “as grandes contradições dos antitrinitarianos”.

1. “Creem em um panteão de deuses, quando creem em Deus o Pai e no Deus Filho, este menor que o Pai.
2. Deus não é o Pai eterno por creem que o Pai existiu antes de Jesus.
3. Colocam a Cristo, o centro do cristianismo, numa posição muito incômoda, quando passou como Deus perante os sacerdotes.
4. Colocam-se contra EGW que tem declarações excelsas sobre a Trindade.
5. Realizam uma explicação simplista da Apostasia Ômega mostrada por EGW de maneira ampla.
6. Opõem-se à essência da natureza de Deus, amor (I Jo. 4:8). (Imaginam: para Deus ser amor, tem que ser uma trindade!).
7. A impessoalidade de Deus é incompatível com o amor.
8. Infra valorizam a Deus ao medi-lo com parâmetros puramente humanos.
9. Denigrem a figura de Jesus Cristo ao desacreditarem nEle.
10. Apequenam o plano da salvação ao não crerem que Deus se ofereceu na cruz para nos salvar. Quando cremos que o Pai enviou seu filho para morrer na cruz estamos desvirtuando e degradando o Plano da salvação”.

Vejamos se as observações do autor são pertinentes à luz da Palavra de Deus.
Porventura os crentes no Deus único e verdadeiro (João 17:3,…) e no Seu divino Filho, Jesus Cristo, creem mesmo como ele afirma?
1. Cremos em um Deus único, Yhwh, o Deus e Pai de Jesus Cristo (II Cor. 1:3 e 11:31, Rom. 15:6, Ef. 1:3,…) e jamais em um panteão de deuses, ou em dois deuses, um maior e um menor. Quanto a Jesus ser menor e submisso ao Pai no Céu, na terra e novamente no Céu e por toda a eternidade, é o que as Escrituras ensinam sobre a “Sabedoria” de Deus, uma figura de Cristo (“Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus”. 1 Coríntios 1:24):

Prov. 8:22 a 30: “O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras.
Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.
Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas.
Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu fui gerada.
Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo.
Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;
Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo,
Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra.
Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo; Provérbios 8:22-30.

“Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus”. 1 Coríntios 1:24.

2. As Escrituras mostram, sim, que Deus é o Pai eterno e existiu antes de Jesus, sim.
“Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai.
Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas abertamente, e não dizes parábola alguma.
Agora conhecemos que sabes tudo, e não precisas de que alguém te interrogue. Por isso cremos que saíste de Deus”. João 16:28-30.
“E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e
verdadeira, o princípio da criação de Deus” Apocalipse 3:14.
“Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,
A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.
O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;
Feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles.
Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho?
E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz:E todos os anjos de Deus o adorem”. Hebreus 1:1-6.
“Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu”. João 14:28.

3. Colocam a Cristo, o centro do cristianismo, numa posição muito incômoda, quando passou como Deus perante os sacerdotes.

Foi isso mesmo? Em algum momento Jesus disse ser Deus, o Seu Pai? Era a palavra dos inimigos de Cristo e de Deus que era verdadeira ou a de Jesus? Jesus afirmou ser Deus ou Filho de Deus? Leiamos: “Aquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: Blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus? João 10:36.
Quem está falando a verdade, Cristo ou o autor do livro, adepto da nova teologia?

4. Colocam-se contra EGW que tem declarações excelsas sobre a Trindade.

Afinal de contas, qual a nossa base de fé? Cristo e Deus em sua Palavra ou EGW? Ela mesma afirmou que: “Se os Testemunhos não falarem de acordo com a Palavra de
Deus, rejeitai-os. Cristo e Belial não se unem”. — Testimonies for the Church 5:691.
EGW também escreveu textos belíssimos consonantes com as Escrituras e sobre o Deus único, quando, por exemplo, afirmou:

“Não é aos homens que devemos exaltar e adorar; é a Deus, o único Deus verdadeiro e vivo, a quem são devidos nosso culto e reverência. … Unicamente o Pai e o Filho devem ser exaltados.” The Youth’s Instructor, 7 de julho de 1898. — Filhos e Filhas de Deus, MM 1956, 21 de fevereiro, pág. 58.
5. Realizam uma explicação simplista da Apostasia Ômega mostrada por EGW de maneira ampla.
Nossa explicação é a mesma que EGW fez:
“O inimigo das almas tem buscado introduzir a suposição de que uma grande reforma deveria ter lugar entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que permanecem como pilares de nossa fé, e engajar-se num processo de reorganização. Caso essa reforma tivesse lugar, o que resultaria? Os princípios da verdade que Deus em Sua sabedoria tem concedido à igreja remanescente seriam descartados. Nossa religião teria mudado. Os princípios fundamentais que têm sustentado a obra durante os últimos cinqüenta anos seriam considerados erro.Uma nova organização seria estabelecida. Livros de uma nova ordem seriam escritos. Um sistema de filosofia intelectual seria introduzido. Os fundadores desse sistema iriam às cidades e realizariam uma maravilhosa obra. O sábado, logicamente, seria considerado levianamente, bem como o Deus que o criou. Nada seria permitido permanecer no caminho do novo movimento. Os líderes ensinariam que a virtude é melhor do que o vício, mas Deus sendo removido, eles depositariam sua dependência no poder humano, o qual, sem Deus, é sem valor. O seu fundamento seria edificado sobre a areia,e a tempestade e a tormenta levariam de roldão a estrutura. Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 39-40 (outubro de 1903). Mensagens Escolhidas Vol I, pág. 204. LEIA MAIS EM http://www.adventistas.com/setembro2003/citacoes_apostasia.htm
COM QUE SISTEMA RELIGIOSO ISSO ESTÁ SE CUMPRINDO AO PÉ DA LETRA?
DE TUDO O QUE FOI PREVISTO, SÓ FALTA SE CUMPRIR AS DUAS ÚLTIMAS LINHAS, SE NÃO HOUVER ARREPENDIMENTO E RETORNO À VERDADE.

6. Opõem-se à essência da natureza de Deus, amor (I Jo. 4:8).
O autor sugere que por Deus ser amor, tem que ser uma trindade!.
Não lhe é bastante no início existir apenas o Pai, que gerou ao seu Filho Jesus Cristo, os quais criaram os anjos, arcanjos, etc.
O Dicionário Aurélio define amor como sendo “afeição viva por alguém ou por alguma coisa,…sentimento, …paixão, gosto vivo por alguma coisa: amor das artes, zelo, dedicação.”
Deus não é apenas amor. Amor é a essência do seu ser. Um aspecto, não que Deus seja apenas um sentimento, uma emoção, uma afeição.
Deus é um ser único no Universo, que é criador, onipotente, onisciente, onipresente, eterno.

7. A uni personalidade de Deus é incompatível com o amor.
Se amor é afeição viva por alguém ou por alguma coisa, logo, não há incompatibilidade alguma entre a uni personalidade de Deus e o amor, um dos atributos mais marcantes de Sua personalidade.
O princípio de tudo, em algum tempo da eternidade, Deus gerou a Seu Filho Jesus e ambos criaram os seres celestes e as galáxias.

8. Infra valorizam a Deus ao medi-lo com parâmetros puramente humanos.
Devemos entender as Escrituras como elas nos falam. Devem ser entendidas como estão (evidentemente tendo-se o cuidado com as adulterações que foram feitas em seu texto ao longo dos séculos).
“E ele (Cristo) lhe disse: Que está escrito na lei? Como lês? Lucas 10:26.
Assim, cremos em Deus como o ÚNICO DEUS VERDADEIRO, nas magistrais palavras de Cristo na oração sacerdotal, registrada em João 17:3.
Cremos em Cristo como o divino Filho único de Deus, menor que o Pai antes na eternidade (Prov. 8:22 a 30), na terra (João 14:28) e nos céus após a ascensão, mesmo nos dias da eternidade (I Cor. 15:28).

 

9. Denigrem a figura de Jesus Cristo ao desacreditarem nEle.
Não é verdade.
Cremos em Cristo, o divino Filho de Deus, como as Escrituras apresentam.

Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus. 1 João 4:15
Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? 1 João 5:5
Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. 1 João 5:12
Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus. 1 João 5:13
Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu. 1 João 5:10

10. Apequenam o plano da salvação ao não crerem que Deus se ofereceu na cruz para nos salvar. Quando cremos que o Pai enviou seu filho para morrer na cruz estamos desvirtuando e degradando o Plano da salvação.

As Escrituras Sagradas não informam em qualquer lugar que Deus morreu na cruz.
Pelo contrário, afirmam que o Filho de Deus morreu, até porque, Deus não morre. Um só é imortal por natureza, conforma as Escrituras Sagradas, e isso é afirmado mesmo após a morte, ressurreição e ascensão de Cristo.
E se existisse uma trindade, formada por 3 seres co-iguais e co-eternos, ao morrer um deles, a trindade não ficaria desfalcada por pelo menos 3 dias? E se são co-eternos, eterno morre? Jesus Cristo em Apoc. 1:18, após a glorificação afirma: “Estive morto”!

Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.

1 Timóteo 6:16-17. A quem se refere esse texto? Ao Deus e Pai de Jesus, YHWH.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16
Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim. João 13:1
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17.

Afinal, em quem devemos crer, nos teólogos adventistas ou em Deus em Sua Palavra?
Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. 2 Pedro 3:16.

“E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.
No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.
E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. Apocalipse 22:1-4.
É nisso que nós bereanos cremos.

 

 

 

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta