Header
Header
Header
Header
Header

LEMBRANÇAS DOS VELHOS TEMPOS

julho 8th, 2012 | Posted by Paulo Pinto in Artigos

Na manhã de 08 de julho de 2012, ao romper do dia, eu e minha família acordamos com o cantar de um hino falando acerca da breve volta do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Eram muitas vozes e vinham da porta da frente de nossa casa.
Depois, ouvimos tocar a campainha.
Ao verificarmos com nosso precioso filho Augusto, constatamos tratar-se de irmãos queridos de fé, alguns há cerca de meio século, acompanhados do pastor Antonio da Igreja Adventista do 7º Dia do bairro de Piranga. Abrimos as portas e os convidamos a entrar, ocasião em que os abraçamos e fomos abraçados, matando a saudade de muito tempo. Cerca de oito anos.
Nós os amamos e nunca deixamos de amá-los, mesmo depois que tivemos que deixar a congregação fraterna que sempre tivemos por quarenta e um anos, desde 1963, resolvendo, desde 16 de março de 2004, servir ao Deus único e verdadeiro e ao seu divino e único filho Jesus Cristo, não mais a uma trindade, porquanto estabelecida nos concílios de Roma, em 325 e em 381, em Nicéia e em Constantinopla, respectivamente, não tendo qualquer respaldo na Palavra de Deus.
“Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens”. Atos 5:29.
Cantamos vários hinos, todos muito emocionantes, falando da brevidade da volta gloriosa de Cristo, nossa Suprema Esperança.
Ouvimos atentamente a leitura da Palavra de Deus feita pelo Pastor Antonio, muito amável, sobre o texto do evangelho de João 14:1-3, que traz lembranças de velhos anos, desde a primeira vez que ouvimos esse texto quanto tinha poucos anos de idade.
Outro texto precioso lido e comentado foi João 3:16. Este é um texto especial, como que um resumo de todas as Escrituras sagradas, acerca do qual alguém disse que se toda a Bíblia nos fosse tirada e restasse só esse texto, era como se a tivéssemos toda!
Depois de bons momentos juntos, nos despedimos, agradecendo sensibilizados pela visita cordial e cristã, renovando nossa amizade e profundo apreço as queridos irmãos e ao Pastor Antonio, a quem amamos.
Deus seja louvado.
Paulo Augusto da Costa Pinto

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Deixe uma resposta