Header
Header
Header
Header
Header

    COMO A IASD PREGAVA ANTIGAMENTE?

Daniel Bervedere, Seminário “As revelações do Apocalipse”, Lição 18, página 3, 1986.

O pacto de amizade entre IASD e ICAR foi assinado em 2000.

Veja agora Leandro Quadros pregando sobre isso (mais…)

adra-mutirao-de-natal-300x170     YIN-YANG

Qualquer semelhança entre os símbolos é mera coincidência?
http://adventistas.org/pt/adra/projeto/manual-do-mutirao-de-natal/

MAIS UMA EDIÇÃO.

VEJA NO SITE DO VATICANO A ORIGEM DA PARCERIA.

http://www.zenit.org/pt/articles/discurso-do-papa-a-representantes-ecumenicos-dos-bispos-da-polonia-e-de-outras-religioes
ESTE É O SITE DO VATICANO CONFIRMANDO O ACORDO DE 2000 (IASD-ICAR) E, NO FINAL DETERMINANDO O MUTIRÃO DE NATAL QUE A IASD PASSOU A FAZER (FEZ ISSO ANTES DO PACTO? É BOM LEMBRAR QUE NOS TERMOS DO PACTO SE FALA DE UM DÁLOGO IASD-ICAR DE PELO MENOS 15 ANOS, E O QUE MAIS UNIU AS DUAS EMPRESAS DA RELIGIÃO FOI A CRENÇA NA TRINDADE).

O NATAL QUE ESTÁ AÍ É PAGÃO, COMEMORA O SOL INVICTO ADORADO PELOS PAGÃOS, SEMÍRAMIS, NINRODE,… NADA TEM A VER COM O NASCIMENTO DO FILHO DE DEUS. E A IASD ENTROU NESSA TAMBÉM). CONFIRA TUDO. http://www.zenit.org/pt/articles/discurso-do-papa-a-representantes-ecumenicos-dos-bispos-da-polonia-e-de-outras-religioes

VEJA NO FINAL DO 7o. PARÁGRAFO DO FIM PARA O COMEÇO:
“Neste momento, gostaria de mencionar: a assinatura, no ano 2000, feita também neste templo pela Igreja católica romana e pelas Igrejas associadas no Conselho Ecuménico Polaco, da declaração do reconhecimento recíproco da validez do baptismo; a instituição da Comissão para o Diálogo, da Conferência Episcopal Polaca e do Conselho Ecuménico Polaco, à qual pertencem os Bispos católicos e os Chefes de outras Igrejas; a instituição das comissões bilaterais para o diálogo teológico entre católicos e ortodoxos, luteranos, membros da Igreja nacional polaca, mariavitas e adventistas; a publicação da tradução ecuménica do Novo Testamento e do Livro dos Salmos; a iniciativa chamada “Obra natalícia de ajuda às Crianças“, na qual colaboram as organizações caritativas das Igrejas: católica, ortodoxa e evangélica“.

PERCEBE A ORIGEM DO MUTIRÃO DE NATAL?

AJUDAR OS POBRES DEVE SER UM DEVER DO CRENTE O ANO TODO. OU SÓ SE TEM FOME NO NATAL PAGÃO? E AJUDA COM OS BENS DOS OUTROS? E O DÍZIMO BILIONÁRIO RECOLHIDO SOBRE TUDO DOS FIÉIS POBRES http://news.adventist.org/pt/archive/articles/2012/04/02/is-the-adventist-church-missing-12-billion? SÓ PARA O BOLSO DOS PASTORES (FALSOS LEVITAS)? SE O DÍZIMO ESTÁ EM VIGOR, POR QUE NÃO CUMPREM DEUTERONÔMIO 14:28-29 E CAPÍTULO 26:12??? SE COBRA DÍZIMO EM DINHEIRO (ALGO NUNCA VISTO NAS ESCRITURAS) POR QUE NÃO O REPARTE COM OS POBRES? REPARTE APENAS O EXTRA QUE A POPULAÇÃO DÁ????
APOC 18:4!!!

http://noticias.adventistas.org/pt/noticia/comportamento/igreja-adventista-abriga-jovens-catolicos-da-jornada-mundial-da-juventude/
Sabe-se que em 2000 a iasd e a icar assinaram na Polônia um pacto de amizade e o que mais uniu as duas organizações religiosas foi a crenã na “doutrina” da trindeade, conforme site da iasd.

Os termos do pacto de amizade podem ser vistos em http://aodeusunico.com.br/?p=841

A matéria descreve que “os jovens da Igreja Central deram aula de boa convivência e hospitalidade cristã”.
PERGUNTA-SE: COMO ELES FORAM CONTATADOS? QUEM INTERMEDIOU?
OS 170 JOVENS CATÓLICOS SÃO DA ITÁLIA – ONDE ESTÁ O TRONO DO PAPADO.
A MATÉRIA AFIRMA QUE ELES “foram chegando aos poucos, gratos e surpresos pela cordialidade. Recepção no aeroporto, com direito a translado, alimentação e barracas organizadas para a semana de peregrinação. Só pediram um teto, mas receberam muito mais”.

PORQUE A iasd E NÃO OUTRA SEITA?

ISSO TEM OU NÃO TUDO A VER COM O PACTO DE AMIZADE ASSINADO EM 2000 NA POLÔNIA? http://aodeusunico.com.br/?p=841

Em www.adventistas.ws lemos:

Nossa opinião é que qualquer católico merece a nossa hospitalidade, mas no caso específico trata-se de UM APÔIO AO CONGRESSO.
Uma coisa é atender quem precisa, seja católico ou não.

No caso houve planificação com muita antecedência.
Um caso semelhante aos 15 anos de negociação que resultaram no tratado de amizade entre Adventistas e Católicos. (15 anos de meras coincidências)

Eu acreditaria no ‘amor pelas almas’ da Igreja Central do Rio de Janeiro, se fosse algum congresso da igreja das Testemunhas de Jeová, ou dos REFORMISTAS, que os adventistas tanto “amam” !!!

Pela celeridade da notícia em orgão da Divisão, posso até imaginar que esse filme foi rodado em Silver Spring, e tem a ver com um tratado de amizade do ano 2000.

Serem jovens italianos não é mera coincidência, o filme visa ser apresentado em avantpremière” no Vaticano.

ANTES O DOMINGO PARA A iasd ERA O DIA DO DRAGÃO E O SÁBADO, CONFORME O MANDAMENTO O DIA INESQUECÍVEL. “LEMBRA-TE,…”.

AGORA, O DOMINGO É UM DIA ESPECIAL, INESQUECÍVEL.

http://www.google.com.br/search?newwindow=1&site=webhp&source=hp&q=domingos+especiais+dias+inesquec%C3%ADveis&oq=DOMINGOS+ESPECIAIS%2C+DIAS+INESQUEC%C3%8DVEIS&gs_l=hp.1.0.0i30.1269.12222.0.13799.42.36.1.3.3.2.449.5730.15j9j10j1j1.36.0….0.0..1c.1.20.hp.H-_s5YKyHk4

AGORA A iasd REALIZA MEGA DOMINGOS!

http://www.google.com.br/search?newwindow=1&site=webhp&q=MEGA+domingos+&oq=MEGA+domingos+&gs_l=serp.3..0i7i30j0i30l4j0i8i30j0i5i30.33940.37632.0.46196.6.6.0.0.0.0.328.1325.1j2j2j1.6.0….0.0..1c.1.20.serp.13zvNsPo9m0

DOMINGO AGORA É UM DIA BELO.

“Se nós abusarmos do Domingo, estamos destruindo algo belo que Deus tem dado. Sem Domingo significa sem igreja; sem igreja significa sem adoração; sem adoração significa sem sociedade; sem sociedade significa sem moralidade; sem moralidade significa sem governo; sem governo significa anarquia. Esta é a escolha que está ante nós.” TEXTO DE LIVRO DA iasd (ex-batista)

http://tempodofim3.tripod.com/Confessions.htm

O QUE ESTÁ FALTANDO?

 

 

Varsóvia, na Polónia … [ANN]

“A Igreja Adventista do Sétimo Dia não pode ser tratada como um” novo movimento religioso “, ou como uma seita”, declara um comunicado conjunto elaborado pela Igreja Católica Romana e da Igreja Adventista na Polônia.


Sede Adventista em Varsóvia Polônia
Reconhecer uns aos outros a autonomia e independência, o documento foi emitido após 15 anos de diálogo com vista a uma melhor compreensão dos ensinamentos e prática da Igreja Católica e as Igrejas Adventista, bem como melhorar as relações, sem comprometer a identidade do outro.

O documento cita o fato de que “as relações entre católicos e adventistas não ter sido melhor no passado.” A declaração foi assinada por representantes das Igrejas, incluindo Pastor Wladyslaw Polok, presidente da Igreja Adventista na Polônia, e Alfons Nossol arcebispo, presidente da Comissão do Episcopado polonês para Assuntos Ecumênicos.

“Com pesar reconhecemos casos quando a diferentes círculos religiosos e cívicos têm negado o status eclesiástico da Igreja Adventista do Sétimo Dia, mesmo se referindo a ele como uma” seita “. Tal abordagem é inaceitável e, acreditamos, é altamente prejudicial para as relações mútuas “, afirma o documento.

“Este documento afirma a liberdade religiosa. Estamos considerando-o como um desenvolvimento importante não só para a nossa Igreja na Polônia. As minorias religiosas são muitas vezes considerados como menos do que o que eles estão “, disse Pastor Polok.

A declaração reconhece que, embora as Igrejas podem se referir a semelhanças, eles também vêem diferença entre uns dos outros “doutrina prática, e as políticas da igreja.” No entanto, ambos os lados afirmam a necessidade de cultivar o respeito pelo outro e aprender a entender uns aos outros. O diálogo foi “conduzido com base na parceria, o cuidado de manter uma identidade completa de ambos os lados, bem como a sua autonomia e independência, no espírito de respeito mútuo e amor cristão, e em reconhecimento dos ideais de tolerância e liberdade religiosa . ”

“Esta é uma virada de eventos importantes para a nossa Igreja”, diz o professor Zachariasz Lyko, que por muitos anos foi responsável pelos assuntos públicos da Igreja Adventista do polaco. “Este desenvolvimento não é um resultado de críticas, ataques públicos ou confronto, mas a bondade cristã para o outro eo respeito pela dignidade da pessoa humana”.

“Muitos de nós pode lembrar de como temos sido rotulados com nomes diferentes. Temos sido mal compreendida e muitas vezes ridicularizados. Quanto a nós, que queríamos sentar junto e reconhecer que o amor cristão exige um tipo diferente de relação na sociedade nós somos uma parte. Como adventistas do sétimo dia, procuramos fazer uma abordagem positiva para outras religiões. Temos afirmado isso publicamente e este documento afirma nossa attiutude “, acrescentou.

O documento não trata de questões doutrinárias e teológicas. Durante os anos de reuniões, ambos os lados apresentaram seus pontos de vista teológicos e posições doutrinárias no interesse do melhor entendimento entre ambas as confissões. “Nossa Igreja reconhece que esse diálogo não pode ser um diálogo de compromisso, mas um espírito de cooperação e de entendimento comum”, explicou Lyko. “Nós estamos fazendo nada diferente, exceto o que os pioneiros de nossa Igreja apoiada e defendida. É sempre melhor se engajar em uma conversa respeitosa do que em um confronto que muitas vezes impede alcançar as mudanças desejadas “, disse ele.

Lyko comentou que “como Igreja, o nosso lado não estava interessado em comprometer qualquer uma de nossas crenças fundamentais.”

“Ao longo dos anos, porém, como a troca de informações entre nós aconteceu, observamos muitas semelhanças confessional, mas também diferenças. O lado católico reconhece no documento o caráter cristocêntrico de nossas crenças, e especialmente nossa crença na Trindade, assim como a identidade eclesiológica da Igreja, um status afirmado por um ato do Parlamento polaco. De nossa parte, falamos de uma necessidade de mudar atitudes em relação à nossa denominação e reconheceu a abertura da Igreja Católica, especialmente nos últimos tempos, em relação à Bíblia “, explicou Lyko. [Ray Dabrowski]

http://news.adventist.org/archive/articles/2000/02/15/adventist-church-cannot-be-treated-as-a-sect-say-adventists-and-catholics-i

VEJA AGORA O SITE DO VATICANO CONFIRMANDO O ACORDO DE 2000 E, NO FINAL DETERMINANDO O MUTIRÃO DE NATAL QUE A IASD PASSOU A FAZER (FEZ ISSO ANTES DO PACTO? O NATAL QUE ESTÁ AÍ É PAGÃO, COMEMORA O SOL INVICTO ADORADO PELOS PAGÃOS, SEMÍRAMIS, NINRODE,… NADA TEM A VER COM O NASCIMENTO DO FILHO DE DEUS. E A IASD ENTROU NESSA TAMBÉM). CONFIRA TUDO:
ZP06060912 – 09-06-2006
Permalink: http://www.zenit.org/article-11546?l=portuguese
DISCURSO DO PAPA A REPRESENTANTES ECUMÊNICOS DOS BISPOS DA POLÔNIA E DE OUTRAS RELIGIÕES

Pronunciado no dia 25 de maio em sua visita à nação de Karol Wojtyla

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 9 de junho de 2006 (ZENIT.org).- Publicamos o discurso de Bento XVI aos representantes do Conselho Ecumênico da Conferência Episcopal Polonesa e de outras religiões, pronunciado no dia 25 de maio de 2006, em Varsóvia, na Igreja Luterana da Santíssima Trindade.

* * *

Queridos irmãos e irmãs em Cristo!

“Graça e paz da parte daquele que é, que era e que há-de vir, da parte dos sete espíritos que estão diante do seu trono e da parte de Jesus Cristo, a Testemunha fiel, o Primeiro vencedor da morte e o Soberano dos reis da terra” (Ap 1, 4-5).

Com as palavras do Livro do Apocalipse, com as quais São João saúda as sete Igrejas da Ásia, desejo dirigir a minha calorosa saudação a todos os que estão aqui presentes, antes de tudo aos representantes das Igrejas e das Comunidades Eclesiais associadas no Conselho Ecuménico Polaco. Agradeço ao Arcebispo Jeremiasz da Igreja Ortodoxa Autocéfala a saudação e as palavras de união espiritual que me dirigiu há pouco. Saúdo o Arcebispo Alfons Nossol, Presidente do Conselho Ecuménico da Conferência Episcopal Polaca.

UNE-NOS HOJE AQUI o desejo de nos encontrarmos para, na oração comum, prestar honra e glória a Nosso Senhor Jesus Cristo: “Àquele que nos ama e nos purificou dos nossos pecados com o seu sangue, e fez de nós um reino, sacerdotes para Deus e Seu Pai” (Ap 1, 5-6). Estamos gratos a nosso Senhor, porque nos reúne, nos concede o seu Espírito e nos permite além do que ainda nos separa de invocar “Abbà, Pai”. Estamos convictos de que Ele intercede incessantemente em nosso favor, pedindo por nós: “para que eles cheguem à perfeição da unidade e assim o mundo reconheça que Tu me enviaste e que amaste a eles como a mim” (Jo 17, 23).

Juntamente convosco agradeço o dom deste encontro de oração comum. Vejo nele uma das etapas para realizar o firme propósito que fiz no início do meu pontificado, o de considerar uma prioridade do meu ministério a restituição da UNIDADE PLENA E VISÍVEL entre os cristãos. O meu amado Predecessor, o Servo de Deus João Paulo II, quando visitou esta igreja da Santíssima Trindade, no ano de 1991, realçou: “por muito que nos comprometamos pela unidade, ela permanece sempre um dom do Espírito Santo. Estaremos disponíveis para receber este dom na medida em que teremos as nossas mentes e os nossos corações abertos a Ele através da vida cristã e sobretudo através da oração”. De facto, não nos será possível “fazer a unidade” unicamente com as nossas forças. Como recordei durante o encontro ecuménico do ano passado em Colónia: “Só a podemos obter como dom do Espírito Santo”.

É por isto que as nossas aspirações ecuménicas devem estar permeadas da oração, do perdão recíproco e da santidade da vida de cada um de nós. Exprimo o meu regozijo pelo facto de que aqui, na Polónia, o Conselho Ecuménico Polaco e a Igreja católica romana empreendem numerosas iniciativas neste âmbito.

“Olhai: Ele vem no meio das nuvens! Todos os olhos o verão, até mesmo os que o trespassaram” (Ap 1, 7). As palavras do Apocalipse recordam que todos estamos a caminho rumo ao encontro definitivo com Cristo, quando Ele revelará diante de nós o sentido da história humana, cujo centro é a cruz do seu sacrifício salvífico. Como comunidade de discípulos, estamos dirigidos para aquele encontro com a esperança e a confiança que será para nós o dia da salvação, o dia do cumprimento de tudo aquilo que desejamos, graças à nossa disponibilidade a deixar-nos guiar pela caridade recíproca que o seu Espírito suscita em nós. Edifiquemos esta confiança não sobre os nossos merecimentos, mas sobre a oração na qual Cristo revela o sentido da sua vinda à terra e da sua morte redentora: “Pai, quero que onde Eu estiver estejam também comigo aqueles que Tu me confiaste, para que contemplem a minha glória, a glória que me deste, por me teres amado antes da criação do mundo” (Jo 17, 24).

A caminho rumo ao encontro com Cristo que “vem sobre as nuvens”, com a nossa vida anunciamos a sua morte, proclamamos a sua ressurreição, na expectativa da sua vinda. Sentimos o peso da responsabilidade que tudo isto exige; de facto, a mensagem de Cristo deve chegar a cada homem sobre a terra, graças ao compromisso daqueles que crêem n’Ele e que são chamados a testemunhar que Ele é verdadeiramente enviado pelo Pai (cf. Jo 17, 23). Portanto, é preciso que anunciemos o Evangelho, que sejamos movidos pela aspiração a cultivar relacionamentos recíprocos de caridade sincera, de modo que, à luz delas, todos saibam que o Pai enviou o seu Filho e ama a Igreja e cada um de nós, assim como amou a Ele (cf. Jo 17, 23). Tarefa dos discípulos de Cristo, tarefa de cada um de nós, é portanto tender para esta unidade, de modo a tornar-nos, como cristãos, sinal visível da sua mensagem salvífica, dirigida a cada ser humano.

Permiti que eu mencione mais uma vez O ENCONTRO ECUMÊNICO REALIZADO NESTA IGREJA com a participação do vosso grande Concidadão João Paulo II e a sua intervenção, na qual ele apresentou do seguinte modo os esforços destinados à plena unidade dos cristãos: “o desafio que se apresenta é superar pouco a pouco os obstáculos (…) e crescer juntos naquela unidade de Cristo que é uma só, aquela unidade com a qual dotou a Igreja desde o início. A seriedade da tarefa proíbe qualquer precipitação ou impaciência, mas o dever de responder à vontade de Cristo exige que permaneçamos firmes no caminho rumo à paz e à unidade entre todos os cristãos. Sabemos bem que não somos nós que curaremos as feridas da divisão e que restabeleceremos a unidade; somos simples instrumentos que Deus poderá utilizar. A unidade entre os cristãos será dom de Deus, no seu tempo de graça. Tendamos humildemente para aquele dia, crescendo no amor, no perdão e na confiança recíprocos”.

A PARTIR DAQUELE ENCONTRO MUITO MUDOU. Deus concedeu-nos fazer muitos passos rumo à compreensão e à aproximação recíprocas. Permiti que eu recorde alguns acontecimentos ecuménicos, que naquele tempo tiveram lugar no mundo: a publicação da Encíclica Ut unum sint; os acordos cristológicos com as Igrejas pré-calcedónias; a subscrição em Ausburgo da “Declaração Conjunta sobre a doutrina da justificação”; o encontro por ocasião do Grande Jubileu do Ano 2000 e a memória ecuménica das testemunhas da fé do século XX; a retomada do diálogo católico-ortodoxo a nível mundial, o funeral de João Paulo II com a participação de quase todas as Igrejas e Comunidades eclesiais. Estou ao corrente do facto de que também aqui, na Polónia, esta aspiração fraterna pela unidade pode orgulhar-se dos sucessos concretos. Neste momento, gostaria de mencionar: A ASSINATURA, no ano 2000, FEITA TAMBÉM NESTE TEMPLO pela Igreja católica romana e pelas Igrejas associadas no Conselho Ecuménico Polaco, da declaração do reconhecimento recíproco da validez do baptismo; a instituição da Comissão para o Diálogo, da Conferência Episcopal Polaca e do Conselho Ecuménico Polaco, À QUAL PERTENCEM os Bispos católicos e os CHEFES DE OUTRAS IGREJAS; a instituição das comissões bilaterais para o diálogo teológico entre católicos e ortodoxos, luteranos, membros da Igreja nacional polaca, mariavitas e ADVENTISTAS; a publicação da tradução ecuménica do Novo Testamento e do Livro dos Salmos; a iniciativa chamada “OBRA NATALÍCIA DE AJUDA ÀS CRIANÇAS”, na qual colaboram as organizações caritativas das Igrejas: católica, ortodoxa e evangélica.

Verificamos muitos progressos no campo do ecumenismo e contudo aguardamos sempre algo mais. Concedei que eu faça observar duas questões, talvez mais pormenorizadamente. A primeira refere-se ao serviço caritativo das Igrejas. São numerosos os irmãos que aguardam de nós o dom do amor, da confiança, do testemunho, de uma ajuda espiritual e material concreta. Fiz referência a este problema na minha primeira Encíclica Deus caritas est. Nela escrevi: “O amor do próximo, radicado no amor de Deus, é um dever antes de mais para cada um dos fiéis, mas é-o também para a comunidade eclesial inteira, e isto a todos os seus níveis: desde a comunidade local passando pela Igreja particular até à Igreja universal na sua globalidade.

A Igreja também enquanto comunidade deve praticar o amor” (n. 20). Não podemos esquecer a ideia fundamental que desde o início constituiu o fundamento muito forte da unidade dos discípulos: “no seio da comunidade dos crentes não deve haver uma forma de pobreza tal que sejam negados a alguém os bens necessários para uma vida condigna” (ibid.). Esta ideia é sempre actual, mesmo se ao longo dos séculos tenham mudado as formas de ajuda fraterna; aceitar os desafios caritativos contemporâneos depende em grande medida da nossa colaboração recíproca. Alegro-me porque este problema tem um grande eco no mundo sob forma de numerosas iniciativas ecuménicas. Vejo com apreço que na comunidade da Igreja Católica e nas outras Igrejas e Comunidades eclesiais se difundiram novas formas diversas de actividades caritativas e também surgiram antigas com impulso renovado. São formas que com frequência unem a evangelização com as obras de caridade (cf. ibid., 30).

Parece que, apesar de todas as diferenças que devem ser superadas no âmbito do diálogo interconfessional, seja legítimo atribuir o compromisso caritativo à comunidade ecuménica dos discípulos de Cristo na busca de uma plena unidade. Todos nos podemos inserir na colaboração a favor dos necessitados, servindo-se desta rede de relações recíprocas, fruto do diálogo entre nós e da acção comum. No espírito do mandamento evangélico devemos assumir esta atenciosa solicitude em relação aos irmãos que se encontram em necessidade, sejam eles quem for. A este propósito na minha Encíclica escrevi que: “para o progresso rumo a um mundo melhor, é necessária a voz comum dos cristãos, o seu empenho em “fazer triunfar o respeito pelos direitos e necessidades de todos, especialmente dos pobres, humilhados e desprotegidos”” (n. 30b). A quantos participam no nosso encontro desejo hoje que a prática da caritas fraterna nos aproxime cada vez mais e torne mais credível o nosso testemunho em favor de Cristo perante o mundo.

A segunda questão à qual desejo fazer referência, diz respeito à vida conjugal e à familiar. Sabemos que entre as comunidades cristãs, chamadas a testemunhar o amor, a família ocupa um lugar particular. No mundo de hoje, no qual se estão a multiplicar relações internacionais e interculturais, cada vez com mais frequência se decidem a fundar uma família jovens que são provenientes de diversas tradições, de diversas religiões, de diversas confissões cristãs. Várias vezes, para os próprios jovens e para os seus familiares, é uma decisão difícil que inclui vários perigos relativos quer à perseverança na fé quer à construção futura da ordem familiar, assim como à criação de um clima de unidade da família e de condições oportunas para o crescimento espiritual dos filhos.

Contudo, precisamente graças à difusão numa escala mais ampla do diálogo ecuménico, a decisão pode originar a formação de um laboratório prático de unidade. Por isso são necessárias as benevolências recíprocas, a compreensão e a maturidade na fé de ambas as partes, assim como das comunidades das quais provêm. Desejo expressar o meu apreço pela Comissão Bilateral do Conselho para as Questões do Ecumenismo da Conferência Episcopal Polaca e do Conselho Ecuménico Polaco que iniciaram a elaboração de um documento no qual é apresentada a comum doutrina cristã sobre o matrimónio e sobre a família e são estabelecidos princípios, aceitáveis para todos, para contrair matrimónios interconfessionais, indicando um programa comum de solicitude pastoral para esses matrimónios. Desejo a todos que nesta delicada questão, seja incrementada a confiança recíproca entre as Igrejas e a colaboração que respeita plenamente os direitos e a responsabilidade dos cônjuges para a formação na fé da própria família e para a educação dos filhos.

“Eu dei-lhes a conhecer quem Tu és e continuarei a dar-Te a conhecer, a fim de que o amor que me tiveste esteja neles e Eu esteja neles também” (Jo 17, 26). Irmãos e irmãs, pondo toda a nossa confiança em Cristo, que nos faz conhecer o seu nome, caminhamos todos os dias rumo à plenitude da reconciliação fraterna. A sua oração faça com que a comunidade dos seus discípulos na terra, no seu mistério e na sua unidade visível, se torne cada vez mais uma comunidade de amor na qual se reflecte a UNIDADE do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

[Tradução distribuída pela Santa Sé
© Copyright 2006 – Libreria Editrice Vaticana

http://www.zenit.org/article-11546?l=portuguese

ISSO TEM ALGUMA COISA A VER COM PROSTITUIÇÃO DE QUE FALA APOC. 17?
QUANTOS IRMÃOS DA IASD SABEM DISSO?
SÃO MUITO OPORTUNAS AS PALAVRAS DE APOC. 18:4.

Paulo Augusto da Costa Pinto.

Gráfico com o crescimento da IASD ao longo dos anos

FONTE. Por Dgies – Self-made using gnuplot based upon data from the Seventh-day Adventist Church’s Office of Archives & Statistics World Population and Membership–History and Projections, CC BY-SA 3.0

Jesus disse: “Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terraLucas 18:8.

Jesus previu para os últimos dias igrejas cheias ou igrejas vazias ou quase vazias????

A IASD estrá derrubando os templos velhos e construindo outros cada vez maiores e melhores, com lindas fachadas, para atrair novos e melhore$ cliente$.

Ora, se prega que a volta de Jesus está próxima (e está mesmo, por todas as profecias cumpridas ou se cumprindo. Ou eles pregam e não creem?), por que investir tanto – com o dinheiro suado, sobretudo de irmãos simples – em fazer templos cada vez mais luxuosos? Não parece ser um paradoxo?????

O número de fiéis tem crescido assustadoramente.

Teria Jesus se equivocado quando falou sobre os dias de sua volta?

Observa-se no gráfico, que desde a fundação da IASD, em 1863, ano em que foi organizada como Instituição religiosa, até o ano de 1980, ano em que pela primeira vez aprovou em uma reunião da Conferência Geral o dogma romano da trindade como parte de suas doutrinas fundamentais, nesse lapso de tempo de 117 anos, o número de membros batizados alcançou 3,6 milhões de membros no mundo.

De 1980, até 2017, no lapso de tempo de 37 anos, o número de membros subiu para mais de 20 (vinte milhões) no mundo, um aumento de 4,47 vezes mais do que tudo que conseguiu em mais de quase doze décadas, um acréscimo de 16,34 milhões em curto espaço de tempo.

Os Year books da IASD até 1914, um ano antes da (mais…)

Fonte da imagem no Blog e em (clicar aqui)

Está publicado no Blog de Geraldo José a criação do Fórum Regional de Liberdade Religiosa em 2018, edição de 26 de Maio de 2018 às 18:00.

Em 25 de maio de 2018, 6a. feira, muitos líderes religiosos estiveram presentes na Câmara de Vereadores de Juazeiro-BA, celebrando o Dia da Liberdade Religiosa, instituído em 2016, pelos vereadores da cidade, a partir de iniciativa de membros da Igreja Adventista do (mais…)

Veja a pregação da IASD após o pacto de amizade assinado entre o Vaticano, a IASD e demais igrejas ex-protestantes:

Clique na imagem acima e assista o vídeo.

A IASD, através de seu pastor (seu porta-voz), chama de irmãos aos católicos, aos ex-protestantes, aos espíritas e cardecistas, aos maçons,…(que rejeitam a verdade bíblica frontalmente) e chama de hereges (“que ou quem professa uma heresia; que ou quem professa doutrina contrária ao que foi estabelecido pela Igreja como dogma”) aos adventistas unitaristas (adoradores unitaristas, bereanos, remanescentes, pioneiros,… que adoram ao Deus e Pai de Jesus…). Verdade virou erro e erro em verdade. Triste assim.

Cremos que tanto o pastor Ivan Saraiva, como o professor Leandro Quadros, estão sendo sinceros ao chamar os membros da igreja Católica, Pentecostal, Espírita, Cardecista, Maçom,…de irmãos, pois, apenar de essas organizações transgredirem oficialmente aos mandamentos da eterna Lei de Deus, DE FATO, SÃO IRMÃOS DE FÉ DESDE 31 DE OUTUBRO DE 2017, quando se comemorou os 500 anos da Reforma Protestante e se finalizou o protesto oficializado por Lutero em 1517, ocasião em que se ASSINOU PACTO DE AMIZADE, reafirmando existir UMA SÓ IGREJA CATÓLICA, SANTA E DE DEUS (“That the one, holy, catholic, and apostolic church is God’s new society, the first fruit of the new creation, the whole company of the redeemed through the ages, of which Christ is Lord and head”, ou “Que a igreja una, santa, católica e apostólica é a nova sociedade de Deus, o primeiro fruto da nova criação, toda a companhia dos redimidos através dos séculos, da qual Cristo é Senhor e cabeça “).  Clique aqui e confira no site. Veja também aqui os nomes dos adventistas e de outras denominações que assinaram esse pacto imoral e traidor ao Senhor Jesus Cristo.

(mais…)

 Clique na imagem e ouça o hino.

Deus morre?

Quem é ETERNO morre?

Triste assim.

Esse foi o fruto amargo de uma igreja que nasceu para reparar as brechas feitas na verdade bíblica, mas, encantada com o brilho do vil metal e da fama na mídia, casou-se com a igreja Católica, assinando pacto de amizade com o Vaticano na Polônia no ano 2000 e deu nisso.

Oremos pelos irmãos sinceros e queridos que continuam iludidos lá.

VEJA TAMBÉM: ADULTERARAM O HINO “VINDE POVO DO SENHOR” DO HINÁRIO ADVENTISTA CANTAI AO SENHOR

Olá, Graça e Paz vos sejam multiplicadas. (CLIQUE AQUI E OUÇA O ÁUDIO E PARTILHE O LINK COM AMIGOS) 

E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo,

Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a (mais…)

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 2 Coríntios 6:14.

Em 31 de outubro de 2017, quando o protestantismo completaria 500 anos, mas, infelizmente acabou, quando 1392 representantes de igrejas entre elas batistas, assembleia, presbiterianos, adventistas, etc., assinaram um pacto reconhecendo a igreja “católica”, de onde haviam vindo, como a “única igreja, santa e de Deus”.

Ouçamos palavras do Pr. Hernandes Dias Lopes sobre o Ecumenismo, o canto da sereia: CLIQUE E OUÇA O ÁUDIO DO PROGRAMA A VOZ E A VERDADE, COM A PALAVRA DO PASTOR.

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, João 8:32.

NÃO DEIXE DE VER NO SITE CONFISSÃO CATÓLICA REFORMADA QUEM ASSINOU E O QUE: CLIQUE E LEIA NA ORIGEM, O PACTO QUE ENVERGONHA A CRISTO E A DEUS:

https://reformingcatholicconfession.com/signatures/  QUEM ASSINOU.

https://reformingcatholicconfession.com/ PACTO DE AMIZADE ECUMÊNICO ASSINADO.

 

Michelson Borges tem a coragem de criticar o Ecumenismo, quando sua igreja está envolvida com o mesmo desde que foi criado o Conselho Mundial de Igrejas (CMI; em inglês, World Council of Churches, WCC) que é a principal organização ecumênica em nível internacional, fundada em 1948, em Amsterdam, Neerlândia. Com sede em Genebra, Suíça, o CMI congrega mais de 340 igrejas e denominações em sua membresia.

O vídeo postado mostra o envolvimento camuflado e às vezes escancarado e covarde da IASD com o Vaticano e o Papado, sujando as mãos (ou já estão sujas também e não sujam mais?) (mais…)

Acesse o site https://reformingcatholicconfession.com/, clique em Signatures e veja os nomes dos pastores adventistas e demais pastores (total de 1378 até ao meio dia de 13.12.2017) que assinaram o documento ecumênico em 31.10.2017 em Lund, Suécia, DOCUMENTO DA UNIÃO DA IGREJA CATÓLICA COM OS EX-PROTESTANTES A CONFISSÃO DE FÉ DOS “EVANGÉLICOS”

James A. Ayars PastorSeventh-day AdventistUnited States

Deyvid de Souza Vilela Seventh-Day Adventist ChurchBrazil

(mais…)

COMPARE O I CAPÍTULO DO LIVRO HISTÓRIA DA REDENÇÃO COM O DO LIVRO EM BUSCA DE ESPERANÇA – O MAIOR RESGATE DE TODOS OS TEMPOS (RESUMO MODERNO DO LIVRO HISTÓRIA DA REDENÇÃO).

 

VEJA O LIVRO ANTIGO:

(mais…)

Prezado Irmão Paulo,

 

Quem defende uma tese,  sempre busca todos os argumentos possíveis para provar as ideias defendidas. Você defende a tese de que a igreja adventista se tornou parte de babilônia, então busca todos os argumentos para provar isso, até textos da sra. White (embora diz também que já não crer , o que em si é uma contradição usar textos da sra.White), enfatiza todos os prováveis erros que a liderança tenha incorrido no decorrer do tempo da existência da IASD. Não aponta e nem ressalva  nenhum dos acertos  e virtudes ensinadas pela  igreja. Chega ao ponto de utilizar afirmativas de outros acusadores, de que “ a IASD é mais perigosa do que todas as outras igrejas”. Veja que afirmativa (mais…)

Amado irmão Gilvate e família querida,
Graça e Paz vos sejam multiplicadas.
Quando publiquei o comentário sem citar seu nome, quis ser discreto e não expor o nome do querido irmão a quem muito estimo, bem como a toda a família.
Também não citei o nome do pastor adventista que coordenou o processo de minha exclusão da corporação, para não o expor. Como escrevi, sou muito grato a Deus e ao pastor a quem me referi, por, depois de 41 anos enganado na igreja adventista, poder sair vivo, embora espoliado por 4 décadas.
Sou imensamente grato a Deus por Ele e seu divino Filho Jesus Cristo terem guardado a mim e à minha querida família com um cuidado paternal que não merecemos.
Foi muito doloroso termos descoberto que estávamos sendo enganados e enganados descaradamente.
Não sabíamos, não conhecíamos quase nada da história verdadeira da IASD. Apenas o que ela revela aos seus membros.
Eu e milhares de adventistas do 7o. Dia – que Deus tirou da mesma com (mais…)

Amado irmão.

Creio em Deus o Pai, único Deus verdadeiro (João 17:3, I Cor. 8:6), em Seu divino Filho Jesus, o Cristo, e no Espírito Santo de Deus (glória, poder, virtude do Pai), que Deus derrama sobre Jesus (Isa. 61:1 e 2; Luc. 4:18-21, ..) e que Jesus derramou sobre os discípulos após sua ressurreição (João 20:22), no dia de Pentecostes (Atos 2:32 e 33, Efésios 4:7-12).

Esta é a minha fé.

Não posso deixar a Palavra de Deus e crer em Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, como estabeleceram os Concílios de Nicéia, 325 d.C, – que estabeleceu que Jesus é Deus, a 2a pessoa da trindade – e o de Constantinopla, em 381 d.C. – que estabeleceu que o Espírito Santo é Deus, a 3a pessoa da trindade-, quando a apostasia estava instalada na igreja que Cristo havia fundado, mas como criam os Pioneiros adventistas e assim crendo morreram na fé no Deus ÚNICO, ao ponto de o Pastor George Night, autoridade asd, ter escrito em seu livro Em Busca de Identidade, pág. 16: “Muitos dentre os fundadores do adventismo não se uniriam à igreja hoje, se eles tivesses que subscrever as crenças fundamentais da denominação. Mais especialmente, muitos deles não concordariam com a crença nº 2, a qual trata da doutrina da Trindade. Semelhantemente, os pioneiros adventistas ficariam perturbados com a crença nº 4, que fala da eternidade e divindade de Cristo. Tampouco poderiam, alguns dos primeiros dirigentes adventistas concordar com a crença nº 5, relacionada com a personalidade do Espírito Santo.”

Conferir no mesmo livro, nas páginas, 157 à 160, a “limpeza” nos livros da IASD para incluir a doutrina da Trindade.

Em 1980, foi aprovada a doutrina da trindade na IASD. Na Conferência Geral realizada em Dallas (Texas), o pastor e vice-presidente Neil Wilson (mais…)

O QUE A BÍBLIA ENSINA?

QUE O PAI DE JESUS É DEUS, O PAI, QUE OS CATÓLICOS CHAMAM DE 1A PESSOA DA TRINDADE.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação;2 Coríntios 1:3

O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto. 2 Coríntios 11:31

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Efésios 1:3

Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação; Efésios 1:17

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, 1 Pedro 1:3

O QUE A IGREJA CATÓLICA SEMPRE ENSINOU?

QUE O PAI DE JESUS É O ESPIRITO SANTO, 3A PESSOA DA TRINDADE.

OUÇA A FALA DO PADRE ALEX BRITO, CLICANDO AQUI.

PADRE ALEX BRITO

OU VEJA O VÍDEO, EM https://www.youtube.com/watch?v=1TeeCc_JbEI

O QUE A IASD PASSOU A ENSINAR AGORA, APÓS O PACTO DE AMIZADE COM A ICAR?

QUE O PAI DE JESUS É O DEUS ESPÍRITO SANTO.

OUÇA A FALA DO PASTOR SAMUEL RAMOS, ADVENTISTA DO 7o. DIA, CLICANDO AQUI.

SAMUEL RAMOS

OU VEJA O ÁUDIO COMPLETO CLICANDO EM http://aodeusunico.com.br/pr-samuel-ramos-fala-sobre-esperma-santo-na-geracao-de-jesus/

QUE DIZ A BÍBLIA SOBRE QUEM NEGA O PAI E O FILHO? (mais…)

asd-ajudando-romeiros-catolicos
“Nós realizamos essa parceria com a igreja católica por um motivo apenas: o amor ao próximo. Independente de placa de igreja, de credo, nós queremos ajudar o romeiro a chegar ao seu destino com saúde”, afirmou ao portal.

aparecida-3

aparecida-do-norte
Em globo.com G1

asd-ajudando-romeiros-catolicos4
“Os adventistas também montaram uma base de apoio, para ajudar aos devotos de nossa senhora aparecida a alcançar o seu destino”. Disse uma adventista do 7o. Dia, Mairon Torres, assessor da Igreja adventista: “Todos nós somos irmãos e temos uma mesma fé….”. Uma jovem, Tamiles Silva, auxiliar de enfermagem, disse: …”Penso que quando Jesus veio ao mundo ele não discerniu pessoas….” “Uma troca de energia muito grande”…

FOTOS COMPROVAM A IDOLATRIA NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO GERAL DA IGREJA ADVENTISTA

“Em entrevista ao portal G1, Luis Sena, um dos organizadores da ação, afirmou que o objetivo é deixar de lado as diferenças religiosas. Além disso, a presença de um posto de atendimento completo possibilita que mais pessoas consigam terminar suas peregrinações”. FONTE.

“Nós realizamos essa parceria com a igreja católica por um motivo apenas, o amor ao próximo. Independente de placa de igreja, de credo, nós queremos ajudar o romeiro a chegar ao seu destino com saúde”, afirmou Sena ao G1.

Aos 3 min e 15 segundos o repórter fala do ECUMENISMO. VEJA

O PACTO DE AMIZADE DA IGREJA ADVENTISTA COM A IGREJA CATÓLICA PROSSEGUE.

idolos2

OUÇA O ÁUDIO DE AVEAV CLICANDO AQUI.

(1ª ordem) Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

(2ª ordem) Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

Êxodo 20:4-6

Embora a maioria dos adventistas brasileiros desconheçam, (mais…)

A Sra. Nancy Wilson desfilou vestida pelo figurino “Ellen White moda verão”/ modelito blindagem zica-vírus!

CAB IMEGEM DE CRISTO NO UNASP clique na imagem para aumentá-la.

Imagem de Jesus em bronze, tamanho real.

A ênfase do 2? Mandamento é “NÃO FAZER” !  (não importa o material)

Na foto, (virados de costas) TED WILSON e a mulher Nancy. — (Virados de frente) pastor Euler Bahia, reitor do UNASP — Erton Koeler, presidente da Divisão  — pastor Neumuel Stina, pastor da igreja do colégio. — os 3 vultos  são estátuas de bronze.

A sra. Nancy Wilson é exemplo a ser seguido por todas as mulheres Adventistas que queiram se proteger do aedes-aegypti. — Ellen White, 100 anos antes, já prevendo a chegada do zica-vírus, em visão estabeleceu o comprimento da saia das mulheres em 23 centímetros!  (um palmo do chão)

“Recomendo enfaticamente que haja uniformidade no comprimento do vestido. Diria que aproximadamente 23 centímetros estão de acordo com minhas visões sobre o assunto.”  — Testemunhos para Igreja Vol. 1 pg. 521

Veja em :   http://text.egwwritings.org/publication.php?pubtype=Book&bookCode=T1&pagenumber=521  Website OFICIAL:

Ellen White tinha visão para o comprimento da saia das mulheres; visão para descobrir a menina que lhe roubou uma rede de cabelos, (que valia menos de 1 dólar) …. 2.000  visões !!!

Mas, nenhuma para esclarecer a questão da Trindade???

Mudou de ideia na Austrália pela influência de um pastor.

No final da vida, deixou 2 textos, que serviram de justificativa para mudarem a doutrina da Igreja Adventista, depois de 100 anos !!!

Deus não muda de ideia. Quem muda de ideia são profetas falsos!

FONTE: http://www.adventistas.ws/

Essas imagens de escultura teriam algo a ver com a assinatura do pacto de amizade entre a IASD e a ICAR na Polônia no ano 2.000? Desde que fui batizado na IASD em 1963 até 2.000 nunca tinha visto tal coisa nessa Igreja. De lá ara cá, surgiu.

Teria Deus mudado sua Santa Lei?????

EXISTEM  NO 2o. MANDAMENTO DO DECÁLOGO DUAS ORDENS EXPLÍCITAS QUANTO ÀS IMAGENS DE ESCULTURA:

1a.: NÃO FARÁS para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
2a.: NÃO TE ENCURVARÁS A ELAS NEM AS SERVIRÁS; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
Êxodo 20:4,5. Se não se encurvam a elas (exceto os de outras denominações quando visitam as estátuas) mas se as constroem e inauguram solenemente, é possível que o mandamento não esteja sendo obedecido, não incluindo a denominação entre os de que se trata em Apoc. 14:12!?!?!?

Leia Ezequiel 8.

Fui ao site oficial do UNASP para conferir como é isso. Surpresa: Vão fazer isso nas demais escolas asd (ainda que contrário à ordem de Deus no 2o. mandamento). Veja: “A cena escolhida a partir dos evangelhos é a de Cristo pedindo para deixarem as crianças virem até Ele. No centro da cena está Jesus. Com olhar amoroso e sorrindo, representa o convite e a graça ao receber, amar, aceitar e ensinar. Ao seu lado, uma garotinha representa a pureza, a inocência e a prontidão em responder ao convite do Mestre. À frente está uma mãe que traz seus filhos para ouvir Jesus, representando a família e seu papel no processo da educação cristã.

Durante o ano do centenário, outros personagens serão incluídos para que essa cena bíblica fique completa. A obra foi esculpida pelo artista plástico Devson Lisboa que é funcionário do UNASP-SP.

“Qualquer pessoa que andar por aqui e ler as referências terá uma visão de educação diferente. Como esse é um colégio onde milhares de pessoas andam todos os dias, a praça vai potencializar a educação cristã e o alcance bíblico da educação. Ao fazer isso aqui no UNASP, naturalmente, toda Educação Adventista na América do Sul é beneficiada, porque esse colégio é o ponto de partida da educação. Nós, hoje, como igreja, estamos buscando mais referências bíblicas para nossas escolas. Esse modelo pode ser replicado em outras unidades”, afirmou o presidente da Igreja Adventista para oito países da América do Sul, pastor Erton Köhler”. http://unasp-sp.edu.br/noticia/ler/culto_de_acao_de_gracas_celebra_centenario_do_unasp_0

TRIUNFOS DO EVANGELHO PURO DE JESUS CRISTO E DO SEU DEUS E PAI NO VALE DO RIO SÃO FRANCISCO

Posted by Paulo Pinto in Artigos - (Comentários desativados em TRIUNFOS DO EVANGELHO PURO DE JESUS CRISTO E DO SEU DEUS E PAI NO VALE DO RIO SÃO FRANCISCO)

haras

Bem profetizou Isaías mais de setecentos anos antes de Cristo: “O povo que andava em trevas, viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz”. Isaías 9:2.

Confirmando a profecia de Isaías, “falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida”. João 8:12.

“Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. Romanos 15:6. Os servos de Deus e Jesus Cristo, seu divino filho, temos um Deus e Pai. Louvado seja Deus, YHWH!

  1. O Despertamento

Foi pelo poder e a graça de Deus e do seu divino filho, Jesus Cristo, que o Seu povo no Submédio do Vale do Rio São Francisco no alvorecer do 3º. Milênio, quando alguns, na época ainda fazendo parte da Corporação Adventista do 7º. Dia, foi despertado para enxergar a verdade sobre o Deus único e verdadeiro, Deus e Pai de Jesus (João 17:3, I Cor. 8:6, Ef. 1:3, I Ped. 1:3, Apoc. 3: 11 e 12,…), deixando para sempre o dogma romano da trindade, esse, só aceito oficialmente pela Igreja Adventista do 7º. Dia (IASD) em uma reunião da Conferência Geral, pela primeira vez, em 1980, em Dallas, Texas, EUA.

Os sinceros também perceberam à luz das Escrituras sagradas que o Dízimo não é mais obrigatório para os crentes em Cristo, sob a Nova Aliança, assinada pelo sangue puro de Jesus. O dadivar, sim, liberal e voluntariamente, sobretudo quando se percebe que a obra é de Deus e há seriedade na administração dos recursos sagrados.

Este que escreve estas linhas, Paulo Augusto da Costa Pinto, batizado na igreja adventista do sétimo dia, iasd, em dezembro de 1963, desfraternizado dessa corporação com mais de quarenta anos de batizado, tendo atuado como 1º. ancião por muitos anos e ocupado praticamente todos os cargos na igreja local e em Projeto Pioneiro no bairro do Quidé em Juazeiro, BA desde 1980/81, vinha, há mais de vinte anos, estranhando o comportamento inadequado da corporação iasd de que fazia parte, quando foi a um Congresso de jovens em Itabuna, BA e a sua abertura na sexta feira à noite foi com muitos discursos de políticos, cantando o Hino Nacional Brasileiro (idólatra em diferentes trechos, onde o crente ou é hipócrita ao cantá-lo sem confirmar o seu conteúdo, ou idólatra ou não o cantando) e saudando os congressistas com faixas da Coca-Cola (uma bomba contra a saúde, assim considerada por médicos sérios e, até por descrentes conscientes). Em evento denominado Supermissão ocorrido em Maceió, AL, em 1995 constatou-se um escândalo em termos espirituais, irreverência de torcidas organizadas (as dos estádios eram fichinha), coreografias indecentes, aspecto de espetáculo de circo, de tal maneira, que o demônio apossou-se de uma jovem de uma das delegações, que deu tremendo trabalho ao Pr. Bullon para expulsá-lo altas horas da madrugada.

Tendo escrito várias laudas para o Presidente da Divisão Sul Americana, na época, Pr. Ruy Naguel, relatando os fatos e pedindo-lhe providências, depois de muitos meses de espera e cobranças, recebi uma breve carta, em resumo, dizendo: “vamos orar, irmão”, como se não tivéssemos cérebro.

Tudo isso nos mostrava que a denominação estava fora dos trilhos.

Com o apoio de irmãos como Rogério Rangel, agora de saudosa memória, Milton Figueiredo, do Ministério Bereano do Rio de Janeiro, irmão Heráclito Fernandes da Mota da Paraíba, Pr. Robson Ramos do site www.adventistas.com, irmão Ennis Meier, do site www.adventistas.ws, irmão Jairo Carvalho, na época, do Min. 4 Anjos, PR, hoje no Ministério quarto anjo advertência final, do irmão Aparecido, na época, da ABALEI, SP, irmão Nicotra, de SP, reestudamos as verdades bíblicas sobre a Divindade, sobre o dízimo, sobre o ecumenismo, o batismo, as adulterações nos livros de Ellen G. White,…constatando, com tristeza, que havíamos sido enganados pela IASD.

  1. A Expulsão (João 16:2 e 3)

Ao expormos nossos achados na Palavra de Deus para os anciãos e pastores, isso causou grande indignação, ao invés de nos convencerem uma vez que nos consideravam equivocados, culminando em processo de exclusão do livro da igreja, em 16 de março de 2.004, sem permitirem uma defesa perante a congregação.

Foi publicado algo da descrição do processo da nossa exclusão da iasd, o qual não difere das muitas exclusões que ocorreram em várias partes do país, até a corporação adventista mudar a estratégia para não esvaziar a organização. A defesa que não permitiram que apresentasse perante a congregação está devidamente documentada. É bíblica a “doutrina” da trindade? (Este é o título de uma breve apresentação em Power Point, também preparada na época da exclusão).

Os dois primeiros que foram excluídos do rol de membros do município de Juazeiro e Vale do Rio São Francisco fomos eu e minha esposa, Rosilene Coimbra Costa Pinto, em 16 de março de 2004. Dias depois, outros irmãos, a saber: Eudóxia, Joás, Josefa, Dailton, Madalena, Marinalva, Edgril, todos, no ano de 2.004, congregando na comunidade iasd do bairro do Quidé, em Juazeiro, BA.

Ficamos sem o templo que havíamos construído com a ajuda de poucos irmãos, numa área de seiscentos metros quadrados, agora, tendo que começar do zero, como falava o saudoso e querido irmão Moisés Lino Lopes.

  1. O Recomeço do “zero” (Palavras do saudoso irmão Moisés Lino Lopes)

Assim, “desigrejados”, desamparados momentaneamente, buscamos o poder do Altíssimo e Ele nos valeu.

Logo passamos a nos reunir na casa da irmã Josefa, que, embora muito humilde, mostrou-se rica para com Deus, disponibilizando sua casa para nos reunirmos, o que fizemos por vários meses, até depois alugarmos uma casa e, posteriormente, adquirirmos um imóvel simples, o qual, uma vez reconstruído, tornou-se mais adequado que os anteriores e permanente, onde nos reunimos até o dia de hoje.

Após as primeiras exclusões no Quidé, outras se seguiram na comunidade do Alto do Alencar, outro bairro de Juazeiro, onde os irmãos Rogério Rangel e a sua esposa Zilda Rangel, conhecedores da mensagem do Deus Único e verdadeiro e muito influentes na proclamação da mesma, pressionados pela liderança da iasd a tomar uma decisão, optaram por deixar a corporação que se desviou da verdade, para se dedicarem à causa do Deus verdadeiro, Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

O irmão Rogério (dedicado líder da comunidade ASD e pioneiro nela no bairro Tancredo Neves ou Juazeiro III), de saudosa memória, era estudioso profundo da verdade bíblica e muito nos ajudou nos primeiros estudos que fizemos juntos sobre o Deus único, Deus e Pai de Jesus, o Cristo. Foi um baluarte, junto com o irmão Moisés Lino Lopes (dedicadíssimo líder da comunidade da IASD no bairro do Alto do Alencar, missionário valoroso e fiel servo do Senhor) também de saudosa memória e outros queridos que junto conosco militaram e militam por Cristo e Seu Deus e Pai.

Nesses doze anos de ministério leigo, sempre mantivemos com a ajuda de alguns irmãos da região e de fora, o programa de rádio A Voz e A Verdade pela Rádio Juazeiro, ZYH 459, 1190 khz, webTV, http://www.radiojuazeiro.com.br, durante a maioria desses anos aos domingos à tarde, com uma hora de duração, contendo vários quadros (um recado prá você, acreditamos nisto, família, saúde, …), durante os últimos anos também um programete de 3 a 5 minutos, este último mantido até agora.

Nos dois últimos anos temos mantido na Rádio Casa Nova FM 104,9 de 2ª a 6ª feira, localmente e pela web para o planeta, no endereço http://www.radiocasanovafm.com.br o mesmo programa A Voz e A Verdade, durante 4 a 5 minutos diários.

Também temos uma página na internet http://www.aodeusunico.com.br onde publicamos muitas matérias de fé e esperança, combatendo os erros tão difundidos no seio do cristianismo, que se tornou mais pagão do que cristão, infelizmente.

  1. As primeiras comunidades de adoradores do Deus único no Vale do Rio São Francisco

No decurso desses doze anos, algumas comunidades bereanas foram estabelecidas e conservadas, a saber: Em Juazeiro, BA: Bairro do Quidé, Av. N. Sra. De Nazaré, 70 (CEP 48.901-000); Alto do Alencar,  Av. Miguel Silva, 10 (mais tarde sem denominação); Itaberaba, na casa do irmão Valdenor; Em Carnaíba do Sertão, BA, distrito de Juazeiro, a uns 20 km, rua ; Em Juremal, BA, distrito de Juazeiro, Rua Espínola Ramos, a uns 40 km; Em Sítio Santa Rita, BA, a uns 40 km de Petrolina; Em Petrolina, PE, na casa dos irmãos Ana e Roque; Projeto Senador Nilo Coelho, PSNC, Núcleo 6, na casa das irmãs Marilene, Marinalva e de sua mãe Tereza; bairro João de Deus (denominados Adventistas Pioneiros), Av. 12, no. 1; Em Casa Nova, Bahia, Centro, Rua do Açúcar, no. 6; Na zona rural de Casa Nova: Em São Romão, BA, na casa dos irmãos Febrônio e Ilda e em Serra da Esperança, BA, nas casas dos irmãos Raimundo e de Luiz; Em Luiz Eduardo Magalhães, BA, Rua do Pequizeiro, no. 5, a quase mil km de Juazeiro, BA. Em Ibó, Bahia. Em Macapá, AP, bairro Araxá, travessa Japão, no. 40 (CEP 68.900 – 030). Mais recentemente, o casal de irmãos, Iracema e Carlos, líderes dedicados da comunidade de Casa Nova, estabeleceram um pequeno grupo, uma pequena comunidade de estudos da Palavra de Deus em Caldas Novas, Barbalha, CE. Ver mapa da região mostrando a localização de algumas dessas comunidades. Muitas comunidades têm surgido com o passar do tempo, na região e em outras localidades do país e do mundo.

Fotos de algumas das comunidades bereanas podem ser vistas na web. As fotos não são atuais, mas mostram as comunidades em algum tempo nesses doze anos da fé unitariana na região do Vale do Rio São Francisco e algo de sua influência.

Temos pregado também utilizando outdoors, dois em Juazeiro, Ba (em frente à estação ferroviária antiga) e um em Petrolina, PE (na rodovia dos Tropeiros, em frente ao Posto de Gasolina do bairro Cacheado).

  1. Congressos, Batismos em nome do Senhor Jesus, viagem a Israel, ao Egito e à Polônia.

Oito Congressos foram realizados pelo ministério leigo nesses doze anos, o primeiro, realizado em parte em Petrolina, PE e em parte em Juazeiro, BA, o terceiro, de 8 a 10.6.2007, o sexto, de 7 a 9 de setembro de 2012, o último tendo sido realizado no dia 5 de dezembro de 2015, na comunidade de Carnaíba do Sertão, BA, num ginásio de Esportes.

CONGR1R CONGR2  CONGR3 CONGR4 CONGR5 CONGR6

Alguns irmãos queridos que já nos deram a honra de suas presenças nesses Congressos foram: Aparecido, conhecido como Cido, de Poá, SP, pioneiro que prestou relevantes serviços no início do despertamento unitariano no seio da iasd no Brasil e outras partes do mundo; Milton Figueiredo, pioneiro do Ministério Bereano no RJ; Jairo Carvalho do atual Ministério quarto anjo, Advertência final, PR; Valdomiro Filho (virtualmente em Hangout); Lynford, do Ministério Esmirna, EUA; Chalegre Filho, que, tristemente, voltou à corporação que deixou a verdade;

Muitos batismos em nome do Senhor Jesus Cristo têm sido feito ao longo dos anos, havendo permanência na fé por parte da grande maioria dos batizados. Também, em 2012, realizamos batismo no Rio Jordão na Palestina. Quando estive com minha esposa e m nossa filha primogênita na Espanha durante o ano de 2.008 e parte de 2.009, tivemos a grata oportunidade de sermos amigos de um jovem de Portugal, Mário Lino, com o qual estudamos a Bíblia. Mais tarde ele veio ao Brasil, esteve conosco em nossa casa, e, em Petrolina o batizamos em nome do Senhor Jesus Cristo, mais tarde nos enviando de sua terra natal um belo testemunho escrito.

SERRA ESPERANÇA3

Em 2014, realizei com minha querida esposa, a filha primogênita e meu genro, viagem à Polônia para visitar a Igreja Luterana da “santíssima trindade” para confirmar o fato da assinatura de Pacto de Amizade entre a IASD e o Papado, no ano 2.000, bem como visitar com profunda tristeza os campos de Concentração Nazista, para onde foram levados na época da 2ª. Guerra Mundial, além dos Judeus e outros povos, os Adventistas do 7º. Dia Judeus, os quais foram expulsos do rol de suas comunidades na Áustria, Alemanha,…, para agradarem

a Hitler, cujo perdão só foi pedido pelas igrejas adventistas da Alemanha e da Áustria, sessenta longos e frios anos depois do holocausto!!!!! Há um vídeo que mostra com detalhes como esse Pacto de Amizade está tendo continuidade em nossos dias.

  1. Materiais didáticos, Retiros espirituais, Noites de Louvor,…

A lição da Escola Sabática que temos usado em todos esses doze anos é normalmente a preparada pelos irmãos da ICBA, muito bem elaborada pelos irmãos, embasada na Palavra de Deus, sem os tenebrosos comentários de “iluminados doutores em divindade”, mas fundamentada num “Assim Diz O Senhor”!

Temos sentido muita carência de material apropriado para as faixas etárias menores, as das crianças, dos jovens e dos adolescentes. Quem aceita o chamado de Deus para ajudar a produzir material para essas joias dEle?

Quanto a Retiros Espirituais durante o carnaval temos realizado alguns, mas não com frequência ao longo dos anos.

Temos realizado Noites de Louvor e de oração, além de cultos nos lares, preferencialmente às quartas-feiras à noite.

  1. Conclusão

Cremos que Deus nos confiou a tarefa de iluminar o mundo com a verdade, Cristo, Esperança nossa.

“E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo”. Apocalipse 12:17. (O testemunho de Jesus = Espírito de Profecia já existia desde os dias de João que foi exilado em Patmos! Apoc. 1:9)

O texto é claro mostrando a ira de Satanás contra a igreja de Deus, mas fazendo guerra contra o remanescente, o restante, os que guardam os mandamentos de Deus (o 1º. não admite adoração a uma trindade; o 2º. tem duas ordens, não fazer imagens de escultura ou semelhanças… e não as adorar nem lhes servir; o 4º. não permite a realização de Domingos especiais e inesquecíveis, nem apologia ao domingo,….).

O povo de Deus não está fazendo parte do sistema religioso corrompido, como nos dias de Jesus, João preferiu ir para o deserto e Jesus não frequentou as escolas dos rabinos.

A ordem de Deus é “…Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas”. Apocalipse 18:4.

“O povo judaico acariciava a ideia de que eles eram os favoritos do céu, e que sempre deveriam ser exaltados como igreja de Deus…  Mas por suas vidas de infidelidade estava se preparando para a condenação do céu e para a separação de Deus.”

“Eles rejeitaram a Luz do mundo, e daí em diante a vida deles foi cercada por trevas como as trevas da meia-noite. A destruição predita veio sobre a nação judaica. … Jerusalém foi destruída, o templo ficou em ruínas e o seu sítio arado como um campo” – Parábolas de Jesus, pp. 276-296.

“Vagarosa e tristemente, Cristo, com os Seus discípulos, deixou para sempre o recinto do Templo. Spirit of Prophecy, vol. 04, p. 46.2.

JERUS

Templo de Jerusalém

Jerusalém é uma representação do que a igreja será se recusar caminhar na luz que Deus tem dado”. Testimonies, vol. 08, p.67.

“O inimigo das almas tem buscado introduzir a suposição de que uma grande reforma deveria ter lugar entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que permanecem como pilares de nossa fé, e engajar-se num processo de reorganização. Caso essa reforma tivesse lugar, o que resultaria? Os princípios da verdade que Deus em Sua sabedoria tem concedido à igreja remanescente seriam descartados. Nossa religião teria mudado. Os princípios fundamentais que têm sustentado a obra durante os últimos cinqüenta anos seriam considerados erro. Uma nova organização seria estabelecida. Livros de uma nova ordem seriam escritos. Um sistema de filosofia intelectual seria introduzido. Os fundadores desse sistema iriam às cidades e realizariam uma maravilhosa obra. O sábado, logicamente, seria considerado levianamente, bem como o Deus que o criou. Nada seria permitido permanecer no caminho do novo movimento. Os líderes ensinariam que a virtude é melhor do que o vício, mas Deus sendo removido, eles depositariam sua dependência no poder humano, o qual, sem Deus, é sem valor. O seu fundamento seria edificado sobre a areia, e a tempestade e a tormenta levariam de roldão a estrutura”. Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 39-40 (outubro de 1903). Mensagens Escolhidas, Vol I, pág. 204. (Destaques acrescentados)

“Foi confirmado tudo quanto declarei em Mineápolis: que precisava haver uma reforma nas igrejas. Deviam ser efetuadas reformas, pois a debilidade e a cegueira espirituais se apossaram das pessoas que tinham sido agraciadas com grande luz e preciosas oportunidades e privilégios. Como reformadores, elas haviam saído das igrejas denominacionais, mas desempenham agora uma parte semelhante à que desempenharam as igrejas. TÍNHAMOS A ESPERANÇA DE QUE NÃO HAVERIA NECESSIDADE DE OUTRA SAÍDA. Embora nos esforcemos por “preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz”, não deixaremos, pela pena e pela voz, de protestar contra o fanatismo. The Ellen G. White 1888 Materials, págs. 356 e 357. (Grifos acrescentados, mostrando que EGW chegou a desencantar-se com a IASD e essa posição foi reafirmada em datas posteriores – 1889, 1893, 1898, …- no mesmo livro Eventos Finais, p. 43,44.)

Cristo diz o seguinte daqueles que se ufanam de sua luz mas não andam nela: “Por isso Eu vos digo que haverá menos rigor para Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que para vós outros. E tu, Cafarnaum [adventistas do sétimo dia que tiveram grande luz], que te ergues até aos céus [com referência a privilégios], serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.” Review and Herald, 1º de agosto de 1893. (Grifos acrescentados)

A igreja está na condição laodiceana. A presença de Deus não está no meio dela. Notebook Leaflets, vol. 1, pág. 99. Eventos Finais, pag. 49.

Muito triste essa situação profetizada e quase totalmente cumprida.

Devemos prosseguir em nosso viver cristão animados por Cristo, Yeshua Hamashia, a levar a Sua mensagem de salvação eterna, muito agradecidos a Ele e ao Seu Deus e Seu Pai, nosso Deus YHWH, pela graça de nos ter libertado do sistema religioso que deixou a verdade, para servi-Los em espírito e em verdade, cheios de seu Espírito – virtude, glória, poder do alto – e a libertarmos tantos quantos sejam sinceros e desejem o perdão dos pecados e a salvação em Cristo.

PP_SITE

Paulo Augusto da Costa Pinto

pacostapinto@hotmail.com

 

LEIA A IMPORTANTE MATÉRIA EM:

http://www.apocalipserevelado.com/extras/os_1290_e_1335_dias_de_daniel_12.pdf

CREMOS COM PUREZA DE ALMA QUE O POVO DE DEUS NÃO É NECESSARIAMENTE O QUE ESTÁ EM DENOMINAÇÕES A OU B, MAS AQUELES QUE PREENCHEM AS CARACTERÍSTICAS EXPLICITADAS EM APOC. 14:12 “AQUI ESTÁ A PACIÊNCIA DOS SANTOS; AQUI ESTÃO OS QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E A FÉ EM JESUS“. APOCALIPSE 14:12.

E OBSERVE QUE OS 10 MANDAMENTOS, O DECÁLOGO NÃO ADMITE 1) GUARDA DE DOMINGO, 2) REALIZAÇÃO DE DOMINGOS ESPECIAIS E INESQUECÍVEIS, 3) NEM ADORAÇÃO A UMA TRINDADE, 4) NEM PARTICIPAÇÃO DE ECUMENISMO – VISTO ESSE NIVELAR A VERDADE POR BAIXO, 5) NEM A COBRANÇA DE DÍZIMOS, MUITO MENOS EM DINHEIRO, SOB A NOVA ALIANÇA, QUANDO O SACERDÓCIO LEVÍTICO E O DÍZIMO CADUCARAM NA CRUZ, 6) ENVOLVIMENTO COM A POLÍTICA SUJA DO PAÍS E DO MUNDO, 7) NEM ASSINANDO PACTO DE AMIZADE COM O PAPADO (COMO FEZ NA POLÔNIA EM 2000, AINDA QUE PARA ENGANAR OS MEMBROS MAIS SIMPLES PREGUE À BOCA PEQUENA QUE O PAPADO É A BESTA DE APOCALIPSE 13,…

natalClique na imagem para aumentá-la.

Leia mais:

NATAL: QUE TEM A VER JESUS CRISTO COM O PAPAI NOEL?

O NATAL VEIO DO PAGANISMO

25 DE DEZEMBRO É O NATAL DO dEUS SOL, NÃO O DE JESUS

MUTIRÃO DE NATAL DA IASD, PARTE DO PACTO DE AMIZADE (ICAR-IASD) ASSINADO NA POLÔNIA. CADÊ O DÍZIMO RECOLHIDO DE 2 BILHÕES DE DÓLARES POR ANO?

A VERDADEIRA HISTÓRIA DO NATAL (FESTA CRISTÃ?)

Leia em http://www.adventistas.com
O autor, uma das maiores autoridades da Casa Publicadora Brasileira da IASD, mostra com clareza o alto grau de intimidade que a IASD tem com a ICAR, a quem se uniu em Pacto de amizade desde o ano 2.000.
Ele, lamentavelmente deixa de dizer o que a profetisa de sua igreja tanto falou sobre esse poder apóstata.
“Em muitas das nações da Europa os poderes que governaram na Igreja e no Estado foram durante séculos dirigidos por Satanás, por intermédio do papado. Aqui, porém, se faz referência a uma nova manifestação do poder satânico”.{GC 268.3}
“Foi o papado que começara a obra que o ateísmo estava a completar: A política de Roma produzira aquelas condições sociais, políticas e religiosas, que estavam precipitando a França na ruína. Referindo-se aos horrores da Revolução, dizem escritores que esses excessos devem ser atribuídos ao trono e à igreja. Com estrita justiça devem ser atribuídos à igreja. O papado envenenara a mente dos reis contra a Reforma, como inimiga da coroa, elemento de discórdia que seria fatal à paz e harmonia da nação. Foi o gênio de Roma que por este meio inspirou a mais espantosa crueldade e mortificante opressão que procediam do trono”. {GC 276.4}
“O apóstolo Paulo advertiu a igreja a não esperar a vinda de Cristo em seu tempo. “Porque não será assim”, diz ele, “sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado.” 2 Tessalonicenses 2:3. Não poderemos esperar pelo advento de nosso Senhor senão depois da grande apostasia e do longo período do domínio do “homem do pecado.” Este “homem do pecado”, que também é denominado “mistério da injustiça”, “filho da perdição”, e “o iníquo”, representa o papado, que, conforme foi anunciado pelos profetas, deveria manter sua supremacia durante 1.260 anos. Este período terminou em 1798. A vinda de Cristo não poderia ocorrer antes daquele tempo. Paulo, com a sua advertência, abrange toda a dispensação cristã até ao ano de 1798. É depois dessa data que a mensagem da segunda vinda de Cristo deve ser proclamada”.{GC 356.1}
“No Capítulo 13:1-10, descreve-se a besta “semelhante ao leopardo”, à qual o dragão deu “o seu poder, o seu trono, e grande poderio.” Este símbolo, como a maioria dos protestantes tem crido, representa o papado, que se sucedeu no poder, trono e poderio uma vez mantidos pelo antigo Império Romano. Declara-se quanto à besta semelhante ao leopardo: “Foi-lhe dada uma boca para proferir grandes coisas e blasfêmias. … E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do Seu nome, e do Seu tabernáculo, e dos que habitam no Céu. E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.” Esta profecia, que é quase idêntica à descrição da ponta pequena de Daniel 7, refere-se inquestionavelmente ao papado”.{GC 439.1}
“A besta de dois chifres “faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” Apocalipse 13:16, 17. A advertência do terceiro anjo é: “Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus.” “A besta” mencionada nesta mensagem, cuja adoração é imposta pela besta de dois chifres, é a primeira, ou a besta semelhante ao leopardo, do Capítulo 13 do Apocalipse — o papado. A “imagem da besta” representa a forma de protestantismo apóstata que se desenvolverá quando as igrejas protestantes buscarem o auxílio do poder civil para imposição de seus dogmas. Resta definir ainda o “sinal da besta”.{GC 445.2}
“Os defensores do papado afirmaram que a igreja foi caluniada; e o mundo protestante inclina-se a aceitar esta declaração. Muitos insistem em que é injusto julgar a igreja de hoje pelas abominações e absurdos que assinalaram seu domínio durante os séculos de ignorância e trevas. Desculpam sua horrível crueldade como sendo o resultado da barbárie dos tempos, e alegam que a influência da civilização moderna lhe mudou os sentimentos.{GC 563.2}
Olvidaram estas pessoas a pretensão de infalibilidade sustentada há oitocentos anos por esse altivo poder? Longe de ser abandonada, firmou-se esta pretensão no século XIX de modo mais positivo que nunca dantes. Visto como Roma afirma que a igreja “nunca errou nem, segundo as Escrituras, errará jamais” (História Eclesiástica de Mosheim), como poderá ela renunciar aos princípios que lhe nortearam a conduta nas eras passadas?{GC 564.1}
A igreja papal nunca abandonará a sua pretensão à infalibilidade. Tudo que tem feito em perseguição dos que lhe rejeitam os dogmas, considera ela estar direito; e não repetiria os mesmos atos se a oportunidade se lhe apresentasse? Removam-se as restrições ora impostas pelos governos seculares, reintegre-se Roma ao poderio anterior, e de pronto ressurgirá a tirania e perseguição.{GC 564.2}
Bem conhecido escritor refere-se nos seguintes termos à atitude da hierarquia papal no que respeita à liberdade de consciência, e aos perigos que ameaçam especialmente os Estados Unidos pelo êxito de sua política:{GC 564.3}
“Há muitos que se dispõem a atribuir ao fanatismo ou à infantilidade todo receio quanto ao catolicismo romano nos Estados Unidos. Tais pessoas nada vêem no caráter e atitude do romanismo que seja hostil às nossas instituições livres, ou nada encontram de mau sinal no incremento que vai tomando. Comparemos, pois, em primeiro lugar, alguns dos princípios fundamentais de nosso governo com os da Igreja Católica.{GC 564.4}
“A Constituição dos Estados Unidos garante liberdade de consciência. Nada se preza mais ou é de maior transcendência. O Papa Pio IX, na encíclica de 15 de agosto de 1854, disse: ‘As doutrinas ou extravagâncias absurdas e errôneas em defesa da liberdade de consciência, são erro dos mais perniciosos — uma peste que, dentre todas as outras, mais deve ser temida no Estado.’ O mesmo papa, na encíclica de 8 de dezembro de 1864, anatematizou ‘os que defendem a liberdade de consciência e de culto’ e também ‘todos os que afirmam que a igreja não pode empregar a força.’ {GC 564.5}
“O tom pacífico usado por Roma nos Estados Unidos não implica mudança de coração. É tolerante onde é impotente. Diz o Bispo O’Connor: ‘A liberdade religiosa é meramente suportada até que o contrário possa ser levado a efeito sem perigo para o mundo católico.’ … O arcebispo de St. Louis, Estados Unidos, disse certa vez: ‘A heresia e a incredulidade são crimes; e em países cristãos como a Itália e a Espanha, por exemplo, onde todo o povo é católico, e onde a religião católica é parte essencial da lei da nação, são elas punidas como os outros crimes.’ …{GC 565.1}
“Todo cardeal, arcebispo e bispo da Igreja Católica, presta para com o papa um juramento de fidelidade em que ocorrem as seguintes palavras: ‘Combaterei os hereges, cismáticos e rebeldes ao dito senhor nosso (o papa), ou seus sucessores, e persegui-los-ei com todo o meu poder.’” — Our Country, do Dr. Josias Strong.{GC 565.2}
“A Igreja de Roma apresenta hoje ao mundo uma fronte serena, cobrindo de justificações o registro de suas horríveis crueldades. Vestiu-se com roupagens de aspecto cristão; não mudou, porém. Todos os princípios formulados pelo papado em épocas passadas, existem ainda hoje. As doutrinas inventadas nas tenebrosas eras ainda são mantidas. Ninguém se deve iludir. O papado que os protestantes hoje se acham tão prontos para honrar é o mesmo que governou o mundo nos dias da Reforma, quando homens de Deus se levantavam, com perigo de vida, a fim de denunciar sua iniqüidade. Possui o mesmo orgulho e arrogante presunção que dele fizeram senhor sobre reis e príncipes, e reclamaram as prerrogativas de Deus. Seu espírito não é menos cruel e despótico hoje do que quando arruinou a liberdade humana e matou os santos do Altíssimo.{GC 571.1}
O papado é exatamente o que a profecia declarou que havia de ser: a apostasia dos últimos tempos. 2 Tessalonicenses 2:3, 4. Faz parte de sua política assumir o caráter que melhor cumpra o seu propósito; mas sob a aparência variável do camaleão, oculta o invariável veneno da serpente. “Não se deve manter a palavra empenhada aos hereges, nem com pessoas suspeitas de heresias”, declara Roma. — História do Concílio de Constança, de Lenfant. Deverá esta potência, cujo registro milenar se acha escrito com o sangue dos santos, ser hoje reconhecida como parte da igreja de Cristo?{GC 571.2}
Não é sem motivo que se tem feito nos países protestantes a alegação de que o catolicismo difere hoje menos do protestantismo do que nos tempos passados. Houve uma mudança; mas esta não se verificou no papado. O catolicismo na verdade em muito se assemelha ao protestantismo que hoje existe; pois o protestantismo moderno muito se distancia daquele dos dias da Reforma.{GC 571.3}
Tendo estado as igrejas protestantes à procura do favor do mundo, a falsa caridade lhes cegou os olhos. Não vêem senão que é direito julgar bem de todo o mal; e, como resultado inevitável, julgarão finalmente mal de todo o bem. Em vez de permanecerem em defesa da fé que uma vez foi entregue aos santos, estão hoje, por assim dizer, justificando Roma, por motivo de sua opinião inclemente para com ela, e rogando perdão pelo seu fanatismo. {GC 571.4}
Uma numerosa classe, mesmo dentre os que consideram o romanismo sem favor, pouco perigo percebe em seu poderio e influência. Muitos insistem em que as trevas intelectuais e morais que prevaleceram durante a Idade Média favoreceram a propagação de seus dogmas, superstições e opressão, e que a inteligência maior dos tempos modernos, a difusão geral do saber e a crescente liberalidade em matéria de religião, vedam o avivamento da intolerância e tirania. O próprio pensamento de que tal estado de coisas venha a existir nesta era esclarecida, é ridicularizado. É verdade que grande luz intelectual, moral e religiosa resplandece sobre esta geração. Das páginas abertas da santa Palavra de Deus, tem-se derramado luz do Céu sobre o mundo. Mas cumpre lembrar que quanto maior a luz concedida, maiores as trevas dos que a pervertem ou rejeitam.{GC 572.1}
Um estudo da Escritura Sagrada, feito com oração, mostraria aos protestantes o verdadeiro caráter do papado, e os faria aborrecê-lo e evitá-lo; mas muitos são tão sábios em seu próprio conceito que não sentem necessidade de humildemente buscar a Deus para que possam ser levados à verdade. Posto que se orgulhando de sua ilustração, são ignorantes tanto sobre as Escrituras como a respeito do poder de Deus. Precisam de algum meio de acalmar a consciência; e buscam o que menos espiritual e humilhante é. O que desejam é um modo de esquecer a Deus, que passe por um modo de lembrar-se dEle. O papado está bem adaptado a satisfazer às necessidades de todos estes. Está preparado para as duas classes da humanidade, abrangendo o mundo quase todo: os que desejam salvar-se pelos próprios méritos, e os que desejam ser salvos em seus pecados. Eis aqui o segredo de seu poder.{GC 572.2}
Uma época de grandes trevas intelectuais demonstrou-se favorável ao êxito do papado. Provar-se-á ainda que um tempo de grande luz intelectual é igualmente favorável a seu triunfo. Nos séculos antigos, quando os homens estavam sem a Palavra de Deus e sem conhecimento da verdade, seus olhos estavam vendados, e milhares se enredavam, não vendo a cilada que lhes era armada sob os pés. Nesta geração muitos há cujos olhos se tornam ofuscados pelo resplendor das especulações humanas — da “falsamente chamada ciência”; não percebem a rede e nela caem tão facilmente como se estivessem de olhos vendados. É o intuito de Deus que as faculdades intelectuais do homem sejam tidas na conta de um dom proveniente de seu Criador, e empregadas no serviço da verdade e da justiça; mas, quando são acariciados o orgulho e a ambição, e os homens exaltam as suas próprias teorias acima da Palavra de Deus, pode então a inteligência causar maior dano que a ignorância. Assim a falsa ciência da atualidade que mina a fé nas Escrituras Sagradas, mostrar-se-á tão bem-sucedida no preparar o caminho para a aceitação do papado com seu formalismo aprazível, como o fez a retenção do saber ao abrir o caminho para o seu engrandecimento na Idade Média”. {GC 572.3}
E muito mais.
link do poster publicado na Revista da IASD
Na realidade, crê-se que o atual Papa, ainda faz parte do 7o. Rei de Apocalipse 17, visto que o Papa licenciado, Bento XVI, está vivo e em atividade.

O Redator Chefe associado da CPB, escrevendo primordialmente para os membros da nova igreja IASD, mostra a cara dessa nova organização, que no ano 2.000 assinou pacto de amizade com a igreja de Roma.
Veja também:

Naquela mesma hora se alegrou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que escondeste estas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve. Lucas 10:21.

Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. Mateus 11:25.

Em recente episódio numa comunidade na zona rural de Juazeiro, BA, um irmão adventista do sétimo dia, após ter estudado a verdade bíblica sobre o BATISMO EM NOME DO SENHOR JESUS CRISTO, embora muito simples e de não muitas letras, foi procurado pelo pastor de sua antiga igreja que queria por tudo fazer sua cabeça para ele não se batizar em nome do Senhor Jesus Cristo entre os irmão Adventistas Bereanos.

Iluminado pelo espírito de Deus, e sendo bastante sincero, o irmão propôs ao pastor adventista: Pastor, o senhor aceita me batizar em nome so Senhor Jesus Cristo, conforme todos os batismos bíblicos? O pastor respondeu: Não, não o batizo em nome do Senhor Jesus.

Impressionante!

Guiado pelo espírito de Deus o irmão, embora simples, deu-lhe a oportunidade áurea de ficar ao lado da verdade da palavra de Deus, mas ele, servo do sistema religioso que deixou a verdade, preferiu permanecer ao lado de sua corporação religiosa a Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia. 12501 Old Columbia Pike, Silver Spring, MD 20904, USA . http://arquivoxiasd.com/parte1.htm (abra e role a página até em baixo e veja o que foi introduzido na sede mundial desde 2.000, mesmo ano em que assinou pacto de amizade com a ICAR, na Polônia)

Profundamente lamentável quando a verdade bíblica é trocada pelo interesse financeiro de uma corporação “religiosa” que trocou Deus pelos manuais e pelo vil metal.

“Assim, também, não é vontade de vosso Pai, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca”.Mateus 18:14.

E ali haverá uma estrada, um caminho, que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para aqueles; os caminhantes, até mesmo os loucos, não errarão. Isaías 35:8.

Nos últimos onze anos, desde que fomos libertos do sistema religioso perverso, podemos dizer com pureza de alma junto com o salmista: ” O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ”.

Aleluia!!!!!

Estimado irmão em Cristo,

Graça e paz,

Até quando você e milhares vão entender ou pedirem a Deus o discernimento para entender que o mundo se preparar para uma só religião, a da nova era, tendo um guia, um líder, o Anticristo?

O paganismo tem a trindade com base de sua crença e as denominações, deixando a verdade, apegaram-se aos dogmas pagãos.

O Papado tem afirmado que nenhuma religião ficará fora do Ecumenismo e o requisito número 1 é crer na trindade.

Por isso, para não perder a mídia e os bilhões de dólares só de dízimos, a IASD aceitou o dogma da trindade em 1980 (pela 1ª. Vez em uma Conferência Geral) e, em 2.000, assinou pacto de amizade com a ICAR na Igreja que visitamos no domingo passado, 1.11.14 (http://aodeusunico.com.br/?p=5952)

De fato, como escreveu, trata-se, não de Jesus ou seus discípulos, mas de  “professores renomados do Hebraico não descartam a informação de que a palavra no hebraico echad signofica Unidade Composta e que a palavra yachid significa unidade absoluta, conforme podemos constatar nos renomados Dicionários Lexico de strong, Vine e outros…”. Na Bíblia sagrada, o que encontramos, conforme o irmão Aristóteles Pereira de Oliveira escreveu?

Dá para contestar as Escrituras Sagradas, para ficar ao lado de “professores” guiados e bem pagos pelo sistema religioso caído?

 

“Veja textos onde a palavra echad aparece expressando literalmente um:

 

1.I Samuel 7: 9.

“Então tomou Samuel um (echad) cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto

ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos.”

De acordo com o texto que lemos, quantos cordeiros de mama Samuel sacrificou ao Senhor?

O texto diz um, mas a palavra um aqui é echad, então ele teria sacrificado quantos?

  1. I Reis 13:1.

“E eis que um (echad) homem de Deus veio de Judá com a palavra do Senhor a Betel, e Jeroboão estava junto no altar, para queimar incenso.”

  1. I Reis 13:2.

“E ele clamou contra o altar por ordem do SENHOR, e disse: Altar, altar! Assim diz o SENHOR:

Eis que um (echad) filho nascerá à casa de Davi, cujo nome será Josias, o qual sacrificará sobre ti os sacerdotes dos altos que sobre ti queimam incenso, e ossos de homens se queimarão sobre ti.”

Quantos filhos nasceriam cujo nome seria Josias? A palavra um aqui nesse texto é echad e não yachid. Então seria mais de um filho que nasceria com o nome Josias? Ou seria literalmente um?

Se era um literalmente, porque não usaram a palavra yachid no lugar de echad?

  1. I Reis 22:8.

“Então disse o rei de Israel a Jeosafá: Ainda há um (echad) homem por quem podemos consultar ao Senhor; porém eu o aborreço, porque nunca profetiza de mim bem, mas só mal; este é Micaías, filho de Inlá. E disse Jeosafá: Não fale o rei assim.”

  1. II Crônicas 18:8.

“Então chamou o rei de Israel um (echad) eunuco e disse: traze aqui depressa a Micaías, filho de Inlá.”

 

  1. I Reis 13:11.

“E morava em Betel um (echad) velho profeta; e vieram seus filhos, e contaram-lhe tudo o que o homem de Deus fizera aquele dia em Betel, e as palavras que dissera ao rei; e as contaram a seu pai.

  1. I Samuel 1:1.

“Houve um (echad) homem de Ramatoim de Zafim, da montanha de Efraim cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Elirí, filho de Toú, filho de Zule efrateu.”

  1. Juízes 13:2.

“E havia um (echad) homem de Zora, da tribo de Dã, cujo nome era Manoá, e sua mulher era estéril, e não tinha filhos.”

  1. I Samuel 16:20.

“Então tomou Jessé um (echad) jumento carregado de pão, e um odre de vinho, e um cabrito, e enviou-os a Saul pela mão de Davi, seu filho.”

  1. Deuteronômio 17:6.

“Por boca de duas testemunhas, ou três testemunhas, será morto o que houver de morrer; por boca de uma só (echad) testemunha não morrerá.”

 

  1. Eclesiastes 4:8.

“Há um (echad) que é só, e não tem ninguém, nem tampouco filho nem irmão; e contudo não cessa do seu trabalho, e também seus olhos não se satisfazem com riqueza; nem diz: Para quem trabalho eu, privando a minha alma do bem? Também isto é vaidade e enfadonha ocupação.”

  1. Eclesiastes 4:9.

“Melhor é serem dois do que um (echad) porque têm melhor paga do seu trabalho.”

  1. Eclesiastes 4:10.

“Porque se um (echad) cair, o outro levanta o seu companheiro, mas ai do que estiver só, pois, caindo não haverá outro que o levante.”

  1. Eclesiastes 4:11.

“Também, se dois dormirem juntos eles se aquentarão, mas um só (echad) como se aquentará.”

  1. Eclesiastes 4:12.

“E, se alguém quiser prevalecer contra um só (echad), os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.”

Já os textos onde aparece a palavra Yachid são:

  1. Gênesis 22:2.

“E disse: Toma agora o teu filho, o teu único (yachid) filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece- o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.”

2.Gênesis 22:12.

“Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto

agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único (yachid) filho.”

 

3.Gênesis 22:16.

“E disse: Por mim mesmo jurei, diz o SENHOR: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único (yachid) filho,”

  1. Juízes 11:34

“Vindo, pois, Jefté a Mizpá, à sua casa, eis que a sua filha lhe saiu ao encontro com adufes e com danças; e era ela a única (yachid) filha; não tinha ele outro filho nem filha.”

  1. Salmos 22:20.

“Livra a minha alma da espada e a minha predileta (yachid) da força do cão.”

  1. Salmos 25:16.

“Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário (yachid) e aflito.”

  1. Salmos 35:17.

“Senhor, até quando verás isto? Resgata a minha alma das suas assolações, e a minha predileta (yachid) dos leões.”

  1. Provérbio 4:3.

“Porque eu era filho tenro na companhia de meu pai, e único (yachad) diante de minha mãe.”

  1. Jeremias 6:26.

“O filha do meu povo, cinge-te de saco, e revolve-te na cinza; pranteia como por um filho único (yachid), pranto de amargura; porque de repente virá o destruidor sobre nós.”

  1. Amós 8:10.

“E tornarei as vossas festas em luto, e todos os vossos cânticos em lamentações; e porei pano de saco sobre todos os lombos, e calva sobre toda cabeça; e farei que isso

seja como luto por um filho único (yachid), e o seu fim como dia de amarguras.”

  1. Zacarias 12:10.

“Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito (yachid); e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.”

Conclusão do autor:

A palavra echad ( ?????? ) no hebraico não significa unidade composta como afirmam alguns trinitarianos, e nem yachid ( ??????? ) significa unidade absoluta. Qualquer pessoa que tenha real conhecimento do idioma hebraico logo descarta essa “desinformação”. É bem verdade que echad no hebraico nem sempre corresponde literalmente a UM assim como UM é para nós no Português.

Quanto a yachid no hebraico, também nem sempre significa único. Ambas as palavras echad eyachid são sinônimas, o seu uso em textos hebraicos vai depender do assunto. Já a palavra hebraica yechidah ( ????? ) tem o significado de unidade”.
Teria mesmo o Deus Eterno inspirado Seu profeta Moisés a declarar em Dt. 6.4 que o Deus Eterno é Único Senhor (mas dois deuses, ou Deus em duas ou em 3 pessoas, como os pagãos ensinam?) e a registrara palavra echad para falar de Sua Unidade?

 

Você escreveu: “Isto não foi por acaso, pois no decorrer de todas as Escrituras o Místério foi se desenrolando e a pluralidade das pessoas compostas foram reveladas, sem confundira Unidade do Deus Eterno”.

Cadê as provas disso?
Sabemos que na época em que Deus revelou a Moisés esta verdade, o politeísmo imperava no coração e mente dos seres humanos e o Eterno e Único Deus, para não confundir mente e corações, foi revelando-se gradativamente com toda sabedoria e Santidade que lhe é peculiar.

ENTÃO O IRMÃO QUER DIZER QUE DEUS QUIS MOSTRAR QUE O POLITEÍSMO ESTAVA CERTO?

O irmão escreveu “…penso e creio como Jesus, Paulo apóstolo e demais santos, pois consigo entender pela graça do Eterno a Verdade da Unidade Composta revelada no Antigo e mais claramente no Novo Testamento”.
“Respondendo a seu questionamento digo ao amado do Senhor que Deus não morre e não muda. Jesus era Espirito, como o Pai Jo.4.24, fez-se carne humana, quando nasceu da virgem Maria e esta carne morreu no madeiro pagando o preço do meu, teu e o pecado da humanidade.”

ENTÃO NÃO FOI O FILHO DE DEUS QUEM MORREU NA CRUZ?

QUE PESSOA MORREU?

FOI TUDO UM TEATRO?

HAVIA UM JESUS HOMEM E OUTRO NO CÉU, DEUS?

A BÍBLIA DIZ “Por isso convinha que EM TUDO FOSSE SEMELHANTE AOS IRMÃOS, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados do povo”. Hebreus 2:17.

 

ORA, SE JESUS, EM TUDO FOI SEMELHANTE AOS IRMÃOS E, EM SUA MORTE, UMA PARTE MORREU E OUTRA FICOU VIVA, LOGO, O ESPIRITISMO ESTARIA CERTO?

ASSIM, AS DENOMINAÇÕES SE APROXIMAM DO ESPIRITISMO AO CREREM NA TRINDADE!!!

LEIA Entenda como a Doutrina da Trindade Nega a Morte de Cristo no Calvário e Aproxima a IASD do Espiritismo

 

O irmão escreveu: “Na primeira postagem mencionamos que: ” As Escrituras nos ensinam as duas naturezas de Jesus. Temos que estudá-las com toda diligência para não sermos injustos e mau agradecido ao Senhor Jesus, por Seu ato de amor por nós pecadores. Ele não é a mesma pessoa que O Pai. ”

Tem Base Bíblica a Crença Adventista nas Duas Naturezas Simultâneas de Cristo?

 

Não temos dúvida da divindade de Cristo, na medida em que ele é o divino Filho de Deus, gerado do Pai desde a eternidade.  Divindade é “a qualidade do que é divino”, proveniente de Deus.

 

O irmão escreveu que crê como Jesus e os apóstolos.

Não parece, pelo que escreveu em seu texto.

 

Veja qual era a fé de Jesus:

 

E a fé dos apóstolos, que criam como Jesus, que Jesus tem um Deus, que também é seu Pai. O irmão crê que Jesus é Deus = ao Pai. Logo, crê diferente deles.

Em Apoc. Diz que os santos têm a FÉ DE JESUS (APOC. 14:12).

 

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; 2 Coríntios 1:3

Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Romanos 15:6

O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto. 2 Coríntios 11:31

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Efésios 1:3

Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação; Efésios 1:17.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, 1 Pedro 1:3.

 

Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. João 20:17

Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele. 1 Coríntios 8:6.

O AMADO IRMÃO PERCEBE? PODE CONTRADIZER A VERDADE QUE NÃO CONFUNDE, MAS ILUMINA??

Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho1 João 2:22. (O DOGMA ROMANO DA TRINDADE MOSTRA QUEM É O ANTICRISTO. DIZ QUE HÁ UM SÓ DEUS, MAS AO DIZER QUE UM É = AO OUTRO, NEGA O PAI E O FILHO).

Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para DeusJoão 13:3.

EM QUE DIFERE O PAI DO FILHO?

E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Colossenses 3:17 (LOGO QUEM BATIZA EM NOME DA TRINDADE, E NÃO DE JESUS, NÃO É DELE. PAI NÃO É NOME, FILHO NÃO É NOME E ESPÍRITO SANTO NÃO É NOME. NENHUM DISCÍPULO BATIZOU EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO E NÃO SE PODE ESTABELECER UMA DOUTRINA COM UM SÓ VERSO, PERCEBE?)

 

As Escrituras Sagradas afirmam taxativamente que embora Jesus fosse um ser espiritual existente nos céus junto ao Pai desde os dias da eternidade, Jesus se fez como um de nós, carne sujeita a cair – mas nunca caiu – e, agora, no céu, é homem glorificado junto ao Pai, a quem Ele deu todo o poder no céu e na terra. Veja: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem”. 1 Timóteo 2:5.  ISSO, MUITO APÓS A GLORIFICAÇÃO.

NO VERSO SEGUINTE, ESCRITO NO GREGO, NÃO DANDO MARGEM PARA QUALQUER MAL ENTENDIDO, VEMOS QUE A IMORTALIDADE É PECULIAR APENAS E SOMENTE AO PAI. JESUS A ADQUIRIU APÓS SER MORTO E RESSUSCITADO PELO PAI. SÓ ENTÃO, POIS, IMORTAL NÃO MORRE. POR ISSO O PAI O ENVIOU.

“Aquele que tem, ELE SÓ, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno”. Amém. 1 Timóteo 6:16. ELE SÓ, É UM, DOIS OU TRÊS SERES? JESUS FOI OU NÃO VISTO PELOS HOMENS POR 33,5 ANOS? DEUS MUDA? HOJE É ESPÍRITO E AMANHÃ É HOMEM? JESUS ERA ESPÍRITO, TORNOU-SE HOMEM, ENTREGOU SEU ESPÍRITO, SUA VIDA A DEUS E MORREU. O PAI O RESSUSCITOU HOMEM, FOI CHEIO DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS AO SER GLORIFICADO, DERRAMOU O ESPÍRITO SANTO SOBRE OS APÓSTOLOS NO DIA DE PENTECOSTES (EF. 4:1-13; ATOS 2:32 E 33), ASCENDEU AOS CÉUS E LÁ É HOMEM GLORIFICADO, ÚNICO MEDIADOR (NÃO HÁ LUGAR PARA UMA 3ª. PESSOA DA TRINDADE, NEM PARA MARIA, NEM SANTOS) ENTRE DEUS (SER ÚNICO, INDIVISÍVEL) EOS HOMENS.

Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo1 Coríntios 11:3

E vós de Cristo, e Cristo de Deus1 Coríntios 3:23

ESSA ERA A FÉ DOS APÓSTOLOS E A DE JESUS QUE LHES TRANSMITIU ESSA FÉ.

Resta agora, crer ou não crer.

É BEM MELHOR CRER.

CONCORDA?

PEÇAMOS A DEUS O DISCERNIMENTO ESPIRITUAL, O COLÍRIO DO ESPÍRITO DE DEUS, PARA ENXERGARMOS.

Amém, Aleluia!!!!

Paulo A. da Costa Pinto

 

 

https://drive.google.com/file/d/0B6DRRLZ2ZXJONzVNc0V1cXR1VVE/edit?usp=sharing

VEJA O VÍDEO, ONDE O PASTOR LUIS GONÇALVES PREGA COM ÊNFASE SOBRE AS RELIGIÕES FALSAS DE QUE FALA APOCALIPSE 16:13, CATOLICISMO, ESPIRITISMO E PROTESTANTISMO APOSTATADO.

HOJE, A IGREJA À QUAL O PASTOR FREQUENTAVA HÁ ALGUNS ANOS ATRÁS, HOMENAGEIA EM PÚBLICO ESSES TRÊS PODERES, DE CUJAS BOCAS SAEM 3 ESPÍRITOS IMUNDOS SEMELHANTES A RÃS E, POR TRÁS DOS BASTIDORES ASSINA PACTO DE AMIZADE COM A MAIS NUMEROSA DESSAS INSTITUIÇÕES, A IGREJA CATÓLICA.

 

http://adventistas.com/outubro2002/iasd%20_medalha_1968.htm
Não parece tudo isso muito estranho?
Entretanto, a maior parte dos membros no mundo todo não sabe disso.
Ora, se a Bíblia informa que o papado é inimigo de Deus e ensina às pessoas uma forma de adoração idólatra, pagã, o mesmo escrito pela profetisa adventista, como pode se conceber essa troca de amabilidades da IASD e do Vaticano por trás dos bastidores?
Em razão desse conhecimento, milhares, ao redor do mundo tem voltado a examinar as Escrituras e a deixar o Sistema religioso apostatado, para se dedicar a Cristo e aos Seu Pai e Seu Deus.
Um dia, a própria EGW teve que tomar essa decisão.
Acaso a irmã White removeu sua presença de nossa professa, mas falsa, igreja?

“. . . Tenho pouca confiança de que o Senhor está concedendo a estes homens em posições de responsa­bilidade, visão espiritual e discernimento celestial. Sou lançada em perplexidade quanto a seu curso de ação, e desejo agora dedicar-me a minha obra especial. Não ter parte em qualquer de seus concílios, nem participar de nenhuma reunião campal, nem de perto, nem de longe. Minha mente não será arrastada para a confusão pela ten­dência que eles manifestam em trabalhar diretamente contrário à luz que Deus me deu. Estou decidida. Preserva­rei a inteligência que Deus me deu. Minha voz tem sido ouvida nas diferentes conferências e campais. Devo agora fazer uma mudança. . . . Eu os deixarei, pois, para receber palavra da Bíblia. . . .

Esta é a luz que me foi dada, e não me desviarei dela”. Letter W-186, 2 de dezembro de 1902. Para Edson e Wi­llie White, pp. 4-5″.
Leia mais em http://www.adventistas.com/biz/robert_sessler/apendice2.htm

Depois de ter sido enganado pela IASD por 41 anos, há 10 anos, Deus me libertou e à minha família, do jugo pesado dessa organização, que ilude os fiéis para lhes tirar do catolicismo e receber seus dízimos e seu tempo gratuito de serviço, dizendo-lhes que o papado é a besta do Apocalipse (o que é uma verdade) e, por trás dos bastidores, assina pacto de amizade, lhe dá medalha de ouro e dele recebe medalha de ouro.
Não é esse o “comportamento” do camaleão?
Merece credibilidade uma corporação dessa?


A MENSAGEM SERIA MARAVILHOSA E CORRETA, DIGNA DE SER SEGUIDA, SE NÃO ESCONDESSE OS ACORDOS IMORAIS FEITOS COM O VATICANOS E DEMAIS AGÊNCIAS DAS TREVAS. TUDO PARA AUMENTAR O NÚMERO DE MEMBRO$$ E AS ENTRADA$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ EM DÍZIMOS – + DE US$2 BILHÕES/ANO – (ILEGAIS, PORQUANTO O DÍZIMO FINDOU NA CRUZ, E, SE NÃO TIVESSE FINDADO, TERIA QUE SER EM ALIMENTOS E REPARTIDO COM OS POBRES A CADA 3 ANOS COMO ESTÁ EM DEUT. 14:28 E 29) O LOGOTIPO ATRÁS DELE JÁ DIZ MUITO. ANTES NÃO ERA ASSIM. POR QUE TIRARAM OS 3 ANJOS? A MENSAGEM ERA FORTE DEMAIS PARA QUEM SE CASOU COM O VATICANO? HOSPITAIS CATÓLICO-ADVENTISTAS NOS EUA
O QUE TEM FEITO A LIDERANÇA APÓSTATA DA IASD?
TEM HOMENAGEADO PUBLICAMENTE AS “AUTORIDADES ECLESIÁSTICAS” CATÓLICAS, ESPÍRITAS E DO PROTESTANTISMO APOSTATADO, CUMPRINDO APOCALIPSE 16:13, PORTANTO, TORNANDO-SE PIOR QUE OS MESMOS.
PARTICIPA DO ECUMENISMO.
TEM FEITO PACTO DE AMIZADE COM A IGREJA CATÓLICA.
VEJA TAMBÉM AQUI
LÍDERES ADVENTISTAS VISITAM O VATICANO A CONVITE DO PAPA (BERT BEACH, MANUEL RODRIGUEZ E JOHN GRAZ)

A MATÉRIA ESTÁ POSTADA EM http://www.otempofinal.org/?p=1729&cpage=1#comment-3329

O AUTOR PERGUNTA:

“Alguém poderá perguntar: mas como pode uma religião protestante unir-se a Roma? Vamos passar a venerar Maria e os santos? Vamos confessar-nos aos padres, até mesmo aos nossos Pastores? Vamos aceitar a infalibilidade papal? Isso parece impossível de acontecer!

Paralelamente, ainda mais absurdo seria perguntar: Roma vai abdicar da veneração a Maria e aos santos, da confissão aos padres e da infalibilidade papal?! Nem o mais arrojado dos reformadores imaginaria tal cenário…”

PERGUNTEI AO AUTOR:

ACHA DIFÍCIL O PAPA ABRIR MÃO DA SUA “INFALIBILIDADE”? LEIA:

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/03/papa-francisco-surpreende-quebra-protocolo-e-confessa-em-publico.html

SEMPRE CONHECEMOS A ICAR BATIZANDO POR ASPERSÃO. VEJA O CATECISMO CATÓLICO NOVO O QUE DIZ. NÃO É ISSO PARA FACILITAR O ECUMENISMO, CADA UM CEDENDO UM POUCO (MAS, SEMPRE DISTANTE DE DEUS)?

VEJA O LIVRO “E HAVERÁ UM SÓ REBANHO”http://books.google.com.br/books/about/E_haver%C3%A1_um_s%C3%B3_rebanho.html?id=lYglYX6FdRoC&redir_esc=y (OBSERVE A PÁGINA 222. DÊ UM CTRL+F E DEPOIS ESCREVA NA JANELINHA: TRINO.

256. “Em que consiste o rito essencial do Baptismo?

1229-1245

1278

O rito essencial deste sacramento consiste em imergir na água o candidato ou em derramar a água sobre a sua cabeça, enquanto é invocado o Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”.

http://www.vatican.va/archive/compendium_ccc/documents/archive_2005_compendium-ccc_po.html

QUAL O BATISMO BÍBLICO? COMO FORAM FEITOS TODOS OS BATISMOS PELOS DISCÍPULOS? (SÃO NOVE VÍDEOS) VER TAMBÉM: O VERDADEIRO BATISMO BÍBLICO

A IASD, QUE PENSÁVAMOS, JAMAIS IRIA SE UNIR À ICAR, QUE FAZ ELA NOS ÚLTIMOS TEMPOS?

TEM HOSPITAIS ADVENTISTAS CATÓLICOS: http://aodeusunico.com.br/?s=hospitais+adventistas+cat%C3%B3licos

CONSIDERA O DOMINGO UM DIA ESPECIAL E INESQUECÍVEL, MEGA DOMINGOS: http://aodeusunico.com.br/?s=domingos+especiais

TEM LIVRO BATISTA, AGORA COMPRADO COM DIREITOS AUTORAIS, ASD, ENALTECENDO O DOMINGO: http://tempodofim3.tripod.com/Confessions.htm

ASSINANDO PACTO DE AMIZADE COM A ICAR (2000), ANTECEDIDO PELA APROVAÇÃO EM 1980 DO DOGMA ROMANO DA TRINDADE COMO DOUTRINA: http://aodeusunico.com.br/?p=841

A IASD INTRODUZIU EM SUA SEDE MUNDIAL EM 2000IMAGENS DE ESCULTURA: http://www.arquivoxiasd.com

A IASD, AO MUDAR A FORMA DE BATISMO BÍBLICO PARA A FORMA CATÓLICA, POUCO A POUCO PREENCHE TODOS OS REQUISITOS PARA O ECUMENISMO, AINDA QUE NEGUE DE “PÉS JUNTOS” QUE NÃO FAZ PARTE, CONTRA MILHARES DE PROVAS, A EXEMPLO DE http://www.ncccusa.org/about/comcomfaithgroups.html

http://aodeusunico.com.br/?p=407