Header
Header
Header
Header
Header

MANIFESTO POLÍTICO RELIGIOSO

junho 29th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos - (0 Comments)

igreja e o mundomanifestações

Por Ivone Barreto Aguiar Montenegro, Rio de Janeiro, 24/06/2013.

Muito temos ouvido acerca das manifestações populares em nosso país, seja pleiteando qualidade na prestação dos serviços públicos, no respeito aos nossos direitos, seja execrando a corrupção, corruptos, corruptores que desfilam livremente nas rodas sociais e nas diversas esferas econômicas, partidárias ou classistas.

Pouco tem se falado, entretanto, nas manifestações violentas do ponto de vista das suas motivações.

É a guerra! A guerra nada mais é que o esgotamento do entendimento, o entendimento levado a termo.

Certamente a violência praticada como protesto é prova disto. Com perspicácia precisamos decifrar as entrelinhas ou intenções. A mim me parece querer dizer que seus praticantes pensam ter os mesmos direitos que os violentos dissimulados do poder, da política e do capitalismo escravocrata: Tudo podem.

Todos errados, todos apostando no usufruto da impunidade. Dizer que os vândalos não têm bandeira, talvez, seja marginalizá-los ainda mais. Ao contrário dos fariseus acadêmicos notáveis, possa quem sabe, ser mostra de um silêncio imposto pelo peso da hipocrisia social que determina o tom do que pode e como deve ser tratado. Ou será pedra bruta no cumprimento de mandado? Ou meramente pedra de tropeço? Nem tudo produz eco, nem todo eco é bom. Apurem-se os porquês.

A vasilha cheia demais derrama, dependendo da sua consistência, localização, fixação, campo de visão, poderá ou não causar um transbordamento que incomode menos e aí o chamarem de natural, procedente e dissimuladamente aplaudirem-no.

Por outro lado, se o derramamento não for uniforme, verdadeiramente o que seria despejado em cima de qualquer forma de transbordamento, aplicar-se-á raivosamente sobre a porção diferenciada sob a falsa afirmativa de que pra dita porção não há explicação. Pronto, só discordamos dessa minoria. Balela… A reprovação é total, vomita-se o ódio pela quebra do silêncio, a ira pela reprodução do desrespeito há muito e a muitos imposto.

Há pessoas que falam de pessoas, as que falam de fatos e há aquelas que defendem idéias. Acho as três posições necessárias. Gosto muito de defender idéias.  Tenho advogado sobre a enorme demanda de oferta de automóvel à população sem ruas que os caibam e sem acomodações para guardá-los.

Ontem, 23/06/2013, em entrevista a rede Bandeirantes de Televisão, ouvi parte da entrevista do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso apontando enganos cometidos pelo governo atual, um deles era o incentivo ao consumo e não ao investimento. Como exemplo citara o incentivo (redução de impostos) na aquisição do automóvel, sem investimento (infra estrutura) nas ruas para esse mesmo automóvel trafegar.

Ufa! Até que enfim alguém fala o que eu falo, não é loucura minha menos ainda, maledicência.

Por que digo isto?

Digo para que nós Igreja de Deus não sufoquemos uns aos outros, não nos tratemos com frases feitas, ficticiamente pacificadoras, pois, não somos inimigos entre nós, pensamos muitas vezes diferente, mas, não vivemos em guerra uns com os outros como vivem os não escolhidos. Se não debatemos com sinceridade, como podemos levar ao mundo a Mensagem com Verdade?

Queremos uma “Igreja Simples” imbuída antes e acima de tudo do viver e disseminar o evangelho de Jesus Cristo?  Ou queremos uma igreja de modernos fariseus composta de animadores de templos, de lábios que balbuciam falas ou gritos ritualísticos com a pseudoidéia de “Momento Pentecostal”?

Por que este discurso tão inflamado?

É para que eu, irmãos, pecadora contumaz, pense antes de cantar que “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim” (Gl.2:20), eu tenho que ter responsabilidade no falar, fazer ou cantar;

É para que vocês minhas irmãs ao ouvir o comentário de que a voz de uma irmãzinha está estranha, não responda sem pensar, que ela está cantando cada vez melhor, não, não está, suas cordas vocais estão com problemas, tanto é assim que estão sendo tratadas. Não se arme contra o seu irmão, a conversa é importante é através dela que podemos muitas vezes prestar socorro uns aos outros, para que não se diga o descrito no Sl. 107:12;

É para que nós meus irmãos, não nos escandalizemos quando a palavra competição for citada como presente na Igreja, afirmando sem pensar, com pretenso altruísmo, que é um absurdo, e aí sim, devemos acautelar-nos porque realmente existe (Gn 30:8);

É essencialmente para que exercitemos o crescimento do amor fraterno e não a superficial simpatia do sorriso estudado (Rm 12:9 e 10) com choro simultâneo, do fervor sim (Rm 12:11) do bater o pé, do gritar não.

O mundo grita nos pregões das bolsas de valores, nos leilões, nos bailes funks, nas torcidas ensandecidas de diversos esportes, nas rodas de pagodes e outros, em alguns casos estimulados por componentes alcoólicos ou de outros químicos.

Portanto, se um irmão grita de forma a assustar a muitos, pegando a todos de surpresa, não é porque ele é “muito pentecostal”, talvez seja nervoso ou esteja nervoso, talvez seja portador de alguma disfunção emocional, nem por isso menos importante e amado.

Tem muita Igreja gritando e pouco falando do amor de Deus e da Salvação em Cristo Jesus. Se a Igreja recebe a paz, por que cultuarmos com gritos sejam de aleluias, glórias ou vivas?

Se a Igreja é humildade por que sairmos dela, deixando de lado a contrição, a reflexão, o escutar Deus em nós?

A Igreja não, a Igreja precisa apresentar em seus templos a serenidade que o mundo não tem para dar – O Culto Racional a Deus.

Por outro lado, a firmeza da exortação com admoestação é necessária e eficaz. (At 20:31,        1ª Tm 1:3, Hb 13:22).

No mesmo 23/06/2013, no culto vespertino, numa brilhante pregação sobre a Parábola dos Talentos o Rev Cézar de Oliveira, numa das mais belas explicações quanto ao uso dos talentos fez-nos também um apelo para não enterrá-los. Encerrou a mensagem com uma advertência séria, audível e firme: “Eu Avisei”. Ecoou e ficou, continuo ouvindo…

Não desejemos ser crentes cegos, nem surdos. Que o sejamos pela eleição, pelo quebrantamento do coração e não por ignorarmos o que passa no mundo e não sob a negação do óbvio entre nós.

Não nos proibamos de falar com respeito e sinceridade o que sentimos e percebemos para não sermos amanhã nenhuma das porções ressentidas: nem a maior, nem a menor.

Deus nos ajude a celebrarmos em nossos templos apenas e tão somente a Sua presença, livres, pois, da carnalidade que maquia o louvor, o fervor e o amor.

Deus não permita em nosso meio a impossibilidade de falarmos e nos ensine a fazê-lo com reverência, domínio próprio e mansidão dando eco a nossa voz produzindo o precioso som do IDE de Jesus Cristo.

 

trindade1trindade2trindade3trindade4

“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” disse Cristo, o filho único do Deus único para alertar a você e a mim, para que não sejamos mais escravos do pecado nem de sistemas religiosos afastados da verdade.
Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens. Magistrais palavras de Cristo em Mateus 15:9.
Em programa anterior comentamos sobre a sinceridade da Igreja Católica e sua grande virtude, que falta em muitas denominações concorrentes, a da sinceridade manifesta em público quanto aos dogmas e doutrinas que defende.

Recordando um pouco, qual a diferença entre dogma e doutrina?
Que é Dogma? Dogma é um ensinamento da igreja, independente de ter sido revelado nas Escrituras sagrada e que não admite contestação.

Que é uma Doutrina? Doutrina é um ensinamento Bíblico, claro, inequívoco, para ser seguido pelos sinceros.
Por exemplo: sobre a adoração à Santíssima Trindade, a Igreja Católica assim se pronunciou:
“Nossos oponentes (os protestantes) às vezes reivindicam que nenhuma crença deveria ser dogmatizada, que não seja explicitamente declarada na Bíblia… Mas as igrejas protestantes por elas mesmas tem aceitado tais dogmas como a TRINDADE pela qual não há nenhuma autoridade precisa nos evangelhos”. (Revista Life – Católica, 30/10/50).
Afirmou também: “Diversas igrejas batizam, sem dúvida validamente (ou seja: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, que a ICAR, em 325, determinou ser uma trindade, um deus em 3 pessoas co-iguais e co-eternas); por esta razão, um cristão batizado numa delas não pode ser rebatizado, nem sequer sob condição. Consequentemente, as certidões de batismo delas valem, para nós, com se fossem certidões da Igreja Católica. São elas: Igrejas orientais, episcopais do Brasil, Luteranas, Metodistas, Presbiterianas, Congregacionais, Batistas e Adventistas.” Essa declaração católica está no livro “Há um só rebanho”, pág. 251- 252 – Edições Loyola de 1989. Dessa forma, a ICAR declara por escrito que é irmã das igrejas Igrejas orientais, episcopais do Brasil, Luteranas, Metodistas, Presbiterianas, Congregacionais, Batistas e Adventistas. Então, meu amigo minha amiga do segmento evangélico, que diz disso? Com a Bíblia aberta você pode contestar o que foi declarado? São muito apropriadas as palavras de Cristo em João 8:32 e 36: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. “Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”.
Que o Deus único e Seu divino Filho Jesus Cristo (que tem a Deus como Seu Deus e Seu Pai), nos libertem da servidão a quaisquer Sistemas Religiosos que montaram seus próprios manuais, catecismos e sua religião.
Em Mat. 11:28 Cisto afirmou ternamente: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”.

Mediante Jesus o Cristo você aceita a libertação do pecado e dos sistemas que se afastaram de Deus? Deus seja louvado! Amém, Aleluia.

última chance
“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” disse Cristo, o filho único do Deus único para alertar a você e a mim, para que não sejamos mais escravos do pecado nem de sistemas religiosos afastados da verdade.

“Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens”. Palavras magistrais de Cristo em Mateus 15:9.

Em matéria anterior comentamos DECLARAÇÕES FORTES DA IGREJA CATÓLICA QUE DÃO O QUE PENSAR AOS EVANGÉLICOS.
A Igreja Católica tem a grande virtude, que falta em muitas concorrentes, a da sinceridade manifesta em público quanto aos dogmas e doutrinas que defende. Muitas denominações mudam suas doutrinas/dogmas e não explicam aos membros por que o fez. Qual a diferença entre dogma e doutrina?
Dogma é um ensinamento da igreja, independente de ter sido revelado nas Escrituras sagrada e que não admite contestação.
Doutrina é um ensinamento Bíblico, claro, inequívoco.
Por exemplo: sobre a guarda ou santificação do domingo temos um vídeo que está no Youtube e em www.aodeusunico.com.br que mostra um bispo católico falando claramente que tem oferecido repetidas vezes mil dólares para quem possa mostrar exclusivamente pela Bíblia que o dia de guarda deixado por Deus é o domingo. Acrescenta, que nas escrituras sagradas o dia de repouso sagrado é o Sábado e não o domingo e até mo momento ninguém lhe apareceu para reclamar o dinheiro.
Fala ainda que a Igreja Católica mudou o dia de guarda do sábado para o domingo “pela sua virtuosa missão divina” desde o Concílio de Odisséia da ICAR em 336 DC e que por mais de 1000 anos antes da existência dos evangélicos fez a mudança do dia de guarda que hoje é seguido pela maioria das denominações.
Em outros documentos, publicados em aodeusunico.com.br a ICAR acrescenta: “O domingo é a marca de nossa autoridade. A Igreja está acima da Bíblia e a transferência da prática do descanso sabático é a prova desse fato”. “A observância do domingo pelos protestantes é um respeito que eles demonstram, a despeito de si próprios, à autoridade da Igreja (católica).” No programa de sábado pela rádio Juazeiro (www.rádiojuazeiro.com.br) às 14h lhes falaremos sobre o que dia a ICAR sobre o dogma da trindade e sobre a obediência dos evangélicos a esse dogma.
Então meu irmão, minha irmã, meu amigo, minha amiga, você percebe a sinceridade da Igreja Católica ao assumir de público sua autoridade em modificar, inclusive as Sagradas Escrituras por sua “virtude divina”? Como você e eu somos seres inteligentes criados à imagem e semelhança de Deus, cabe decidir de que lado ficar: Se com a Igreja Católica, você tem todo o direito de assim escolher, ou do lado dos evangélicos que seguem os dogmas resultantes das decisões dos Concílios católicos e fazendo parte do Ecumenismo que dá status, poder temporal, força no presente século ou ao lado de Cristo, o divino filho único do Deus único e verdadeiro, o Pai (João 17:3, I Cor. 8:6), nosso salvador, aquele que morreu na cruz para salvar a você e a mim, o mesmo que afirmou: Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.Mateus 15:9.
É isso que está diante de você e de mim. Deus nos guie ao fazermos a nossa decisão agora mesmo. Amém, Aleluia.

20centavosO ministro Gilberto Carvalho, após reunião de governo, deu entrevista dizendo que não entende as razões das manifestações de protesto de ontem. Centavo por centavo explicado.Será que agora perceberão?!

Pra quem não entendeu ainda: os vinte centavos, um por um:

00,01 – a corrupção
00,02 – a impunidade
00,03 – a violência urbana
00,04 – a ameaça da volta da inflação
00,05 – a quantidade de impostos que pagamos sem ter nada em troca
00,06 – o baixo salário dos professores e médicos do estado
00,07 – o alto salário dos políticos
00,08 – a falta de uma oposição ao governo
00,09 – a falta de vergonha na cara dos governantes
00,10 – as nossas escolas e a falta de educação
00,11 – os nossos hospitais e a falta de um sistema de saúde digno
00,12 – as nossas estradas e a ineficiência do transporte público
00,13 – a prática da troca de votos por cargos públicos nos centros de poder que causa distorções
00,14 – a troca de votos da população menos esclarecida por pequenas melhorias públicas (pagas com dinheiro público) que coloca sempre os mesmos nomes no poder
00,15 – políticos condenados pela justiça ainda na ativa
00,16 – os mensaleiros terem sido julgados, condenados e ainda estarem livres
00,17 – partidos que parecem quadrilhas
00,18 – o preço dos estádios para a copa do mundo, o superfaturamento e a má qualidade das obras públicas
00,19 – a mídia tendenciosa e vendida
00,20 – a percepção que não somos representados pelos nossos governantes

Se precisarem tenho outros vinte centavos aqui, é só pedir.
http://edsonofmiranda.blogspot.com.br/2013/06/o-ministro-gilberto-carvalho-apos.html
http://claudiopaguiar.blogspot.com.br/2013/06/o-ministro-gilberto-carvalho-apos.html

Texto e imagens – RENATO CABRAL
http://vimeo.com/68865783

Se você for sincero e desejoso de conhecer a verdade bíblica e histórica, leia mais sobre este assunto no artigo que está disponível em
http://www.adventistas.com/downloads/aultimachanceparaomundo.pdf
e decida-se ficar ao lado da verdade, independente de denominações ecumênicas, com aparência de santidade, mas, na realidade, apostatadas.
ARQUIVO .pdf: aultimachanceparaomundo

QUE ENSINARAM CRISTO E OS APÓSTOLOS?
Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens. Mateus 15:9
Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Marcos 7:7
Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens. Atos 5:29.

PERIGOS DENTRO DO TEMPLO

junho 24th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos - (0 Comments)

DÍZIMO
“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. João 8:32.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. Mateus 23:23. (Observe que Jesus citou só produtos do campo e em época em que as Leis cerimoniais estavam em vigor, antes da cruz)
Fui inserido em uma denominação tida como religiosa muito cedo em minha vida, quando, há meio século, com apenas nove anos de idade quando estava sentimentalmente destroçado após perder meu querido pai vítima de um derrame cerebral fulminante (As denominações ditas religiosas se valem desses momentos de fragilidade para fazerem adeptos, ao invés de apenas ajudar como deveriam. Quando ajudam é muito pouco, mas, por trás da ajuda, se ajudam com os dízimos e as ofertas).
Sempre tive muito boa fé, pelo que durante muitos anos não me dei conta de que pessoas perigosas não são só aquelas que portam armas de fogo ou bombas de alto poder de destruição, mas, também, aquelas que portam uma bíblia e a usam inadequadamente e, ou, quando para enriquecer líderes e corporações chamadas de religiosas nacionais e multinacionais, algumas que tem o nome do proprietário na porta e outras que escondem os usurpadores de proprietários, os que recebem o dinheiro dos dízimos e outros fundos, alegando que toda essa riqueza é de Deus, de Jesus e, ou, da 3ª pessoa da Santíssima trindade.
Me ensinaram desde cedo e ensinam até hoje que o DÍZIMO tem que ser pago ou devolvido em dinheiro pelos fiéis, sob pena de serem considerados ladrões e condenados ao inferno de fogo abrasador. Há até denominação cuja iluminada recomendou que a congregação não ore por um doente que esteja devendo o DÍZIMO (http://aodeusunico.com.br/?p=1249). Pelo amor de Deus, onde está isso escrito na Bíblia, a mesma que todas as denominações utilizam?
Só depois de muitos anos sendo enganado, ao reestudar a Bíblia sagrada, descobri e milhões o tem feito ao redor do mundo que o dízimo foi obrigatório para o povo de Israel do monte Sinai até à cruz, quando teve fim o sacerdócio levítico e que o dízimo SEMPRE ERA ALIMENTO DO CAMPO, VEGETAL OU ANIMAL, MANUFATURA DE DEUS, NUNCA DINHEIRO, OURO OU PRATA (Levíticos 27:30-33), mesmo quando ouro e prata eram moeda corrente (Gen. 23:16). Deus em seu grande amor por seu povo fez com que o dízimo do povo de Israel cumprisse uma função social, amparando os Levitas (que não receberam herança em Canaã) os órfãos, as viúvas e os estrangeiros, conforme Deut. 14:28 e 29 a cada 3 anos, texto excomungado por todas as denominações que ilegalmente cobram o dízimo dos fiéis e, para intimidá-los lhes prometem o inferno se não o trouxerem ao templo.
Aqueles que foram libertos do sistema religioso que deixou a verdade não mais tem medo dos castigos prometidos pelos líderes ditos religiosos.
Esses vivem felizes com suas famílias, buscando servir a Cristo com alegria e, como a igreja primitiva dos dias dos apóstolos, buscam fazer a obra de Deus sem receber qualquer remuneração dos fiéis, irmãos de fé, iguais (não liderados), ofertando liberal e voluntariamente para o avanço da obra de Deus, sem esquecerem os órfãos, viúvas e estrangeiros, sem medo de serem felizes.
Que Deus e seu divino Filho derramem sobre você e sobre cada um de nós o seu Espírito, abrindo nossos olhos para que a verdade seja vista e abraçada. Amém, aleluia!!!

Leia também:
ENFIM, O SÁBADO CHEGOU!

DEZ PERGUNTAS QUE OS ASSALARIADOS INDEVIDAMENTE COM DÍZIMOS NÃO EXPLICAM AOS MEMBROS DE SUAS IGREJAS

PASTORES COBRADORES DE DÍZIMOS, CIENTES DE QUE MALAQUIAS 3 E MATEUS 23:23 NÃO REAFIRMAM A OBRIGATORIEDADE DO DÍZIMO PARA OS CRENTES SOB A NOVA ALIANÇA, AGORA USAM MATEUS 22:17-21 E LUCAS 16 PARA ENGANAR AOS INCAUTOS

DÍZIMO SOB A NOVA ALIANÇA? EM QUEM ACREDITAR: NO PROF. LEANDRO QUADROS OU NAS ESCRITURAS SAGRADAS?

POR QUE NÃO MAIS ENTREGAMOS O DÍZIMO À IGREJA

JÁ EXISTE ALGUM LIVRO LEIGO DE PRAXES JUSTIFICANDO A COBRANÇA DO DÍZIMO ATÉ AOS POBRES, MESMO SOB A NOVA ALIANÇA ASSINADA COM O SANGUE PRECIOSO DE CRISTO?????

O DÍZIMO AINDA ESTÁ EM VIGOR

BÍBLIA E URNA ELETRÔNICA

À LUZ DA BÍBLIA, QUAL O COMPORTAMENTO ADEQUADO PARA O CRISTÃO?

Evitar qualquer militância política institucional. Cristo afirmou que o Seu rei­no “não é deste mundo” e que, por conseguinte, os Seus “ministros” não empunham bandeiras políti­cas (João 18:36).

“E disse-lhe um da multidão: Mestre, dize a meu irmão que reparta comigo a herança.
Mas ele lhe disse: Homem, quem me pôs a mim por juiz ou repartidor entre vós”?
Lucas 12:13-14.

“E enviaram-lhe alguns dos fariseus e dos herodianos, para que o apanhassem nalguma palavra.
E, chegando eles, disseram-lhe: Mestre, sabemos que és homem de verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas à aparência dos homens, antes com verdade ensinas o caminho de Deus; é lícito dar o tributo a César, ou não? Daremos, ou não daremos?
Então ele, conhecendo a sua hipocrisia, disse-lhes: Por que me tentais? Trazei-me uma moeda, para que a veja.
E eles lha trouxeram. E disse-lhes: De quem é esta imagem e inscrição? E eles lhe disseram: De César.
E Jesus, respondendo, disse-lhes: DAI POIS A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR, E A DEUS O QUE É DE DEUS”. E maravilharam-se dele”.
Marcos 12:13-17.
CREMOS QUE AQUI E EM OUTROS MOMENTOS CRISTO ESTABELECEU UMA LINHA DEMARCATÓRIA ENTRE AS COISAS DE DEUS E AS COISAS DA POLÍTICA.
PODERÍAMOS PARTICIPAR SIM, DA POLÍTICA (“A palavra tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estado chamadas “polis”, nome do qual se derivaram palavras como “politiké” (política em geral) e “politikós” (dos cidadãos, pertencente aos cidadãos), que estenderam-se ao latim “politicus” e chegaram às línguas europeias modernas através do francês “politique” que, em 1265 já era definida nesse idioma como “ciência do governo dos Estados”.
O termo política é derivado do grego antigo ???????? (politeía), que indicava todos os procedimentos relativos à pólis, ou cidade-Estado. Por extensão, poderia significar tanto cidade-Estado quanto sociedade, comunidade, coletividade e outras definições referentes à vida urbana.
O livro de Platão traduzido como “A República” é, no original, intitulado “????????” (Politeía)http://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADtica), SE A MESMA FOSSE SÉRIA.
EM ALGUM TEMPO DA HISTÓRIA UNIVERSAL A POLÍTICA FOI SÉRIA?
ENTÃO….

Eis que o jornal dos trabalhadores que ceifaram as vossas terras, e que por vós foi diminuído, clama; e os clamores dos que ceifaram entraram nos ouvidos do Senhor dos exércitos. Tiago 5:4

POLÊMICA!!! Ronaldo Fenômeno: Precisamos de Copa, não de Hospitais – Você concorda?

RESPOSTA AO RONALDO FENÔMENO. DESSE JEITO…

UM VÍDEO QUE MERECE SER DIVULGADO EM REDE NACIONAL

Manifestações Brasília
“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, palavras memoráveis de Cristo, o divino filho único do Deus único, o Pai, em João 8:32. Nunca se esqueça disso.

A propósito das manifestações que estão ocorrendo em todo o Brasil, republicamos o que escreveu Mary Schultze, Inspirada no texto “God is Shaking The Nations”, de Jan Markell:

“Os eventos mundiais têm sido chocantes. Quando observamos o Oriente Médio, a Austrália, a Europa e a instabilidade nos Estados Unidos, entendemos por que esses eventos estão provocando tantas discussões ultimamente. Devemos indagar: “O que está acontecendo na Terra?”

“Ao observamos o que está acontecendo no planeta, como no caso do Japão e de outros desastres anteriores, em vários lugares, deveríamos dar atenção à maneira como temos vivido, e melhorar o nosso comportamento e os relacionamentos. Jesus está voltando! Precisamos viver nossas vidas sob a luz da eternidade! Deus está sacudindo as nações, conforme admoestação contida em Ageu 2:7: “E farei tremer todas as nações, e virão coisas preciosas de todas as nações, e encherei esta casa de glória, diz o SENHOR dos Exércitos”.

As pessoas não conseguem suportar, indefinidamente, o caos e a confusão. Elas carecem de algumas palavras de conforto, de algum insight. Elas estão querendo saber por que tudo isso está acontecendo, pois não têm qualquer embasamento bíblico para um esclarecimento. Expliquemos como tudo isso é um prelúdio do que Jesus anunciou em Mateus 24. O drama central já está chegando ao palco e pode se desenrolar amanhã, ou daqui a 20 anos, mas vai acontecer.

Precisamos exortar as pessoas com a verdade do evangelho, enquanto ainda é tempo. O mundo e a maior parte da igreja estão sendo enganados, com o engodo que tem corrido à solta. A igreja apóstata está se esforçando, a fim de impor a sua teologia. Os cristãos com discernimento bíblico estão sendo abandonados no meio da estrada, desligando-se das denominações, ficando sem igreja alguma que possam frequentar.

A igreja de Laodiceia [e do mundo] abandonou a Palavra de Deus.

Quase já podemos escutar o tropel dos quatro cavaleiros do Apocalipse em nossas ruas. Vamos falar de Cristo às pessoas. Não seremos responsáveis pelos resultados, mas nossas mãos ficarão limpas do seu sangue. Vamos pensar na tragédia do Japão e de outros tantos lugares mergulhados na idolatria, sem a menor chance de salvação (se morrerem na incredulidade), perdidas por toda a eternidade. Não devemos dormir esta noite, antes de orar por elas. Isso porque ninguém pode garantir que o Senhor não volte, ainda hoje, como um ladrão de noite”!

“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, palavras memoráveis de Cristo, o divino filho único do Deus único, o Pai, em João 8:32. Nunca se esqueça disso.

ESTE PROGRAMA FOI LEVADO AO AR PELA RÁDIO JUAZEIRO, ZYH 459 AM 1190 Khz DE 2ª A SEXTA-FEIRA, 6:50 H DA MANHÃ; AOS SÁBADOS, 14 H ou pela www.radiojuazeiro.com.br E DOMINGOS (Ouça o Programa A Voz e A Verdade ) DAS 14 ÀS 15H.

Compartilhe isso:

ENCRUZILHADA
Olá, graça e paz.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho unigênito para que todo aquele que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3:16.

Gostaria que analisasse e respondesse as seguintes perguntas:

1. A igreja de Deus tem uma placa específica? Qual a religião pura e imaculada para com Deus, o Pai? Tiago 1:27.

2. Quem me salva é a igreja (ou denominação), ou Cristo, o divino Filho de Deus? João 14:6; Atos 4:12; I Tim. 2:5.

3. A quem eu devo ser fiel, aos manuais da minha igreja ou à Cristo e à Palavra do seu Deus e seu Pai? Atos 5:29; Gál. 1:10;

4. O Deus verdadeiro é UM ou são TRÊS? Que disse Jesus em João 17:3? E o apóstolo Paulo em I Cor. 8:6? Sabia que os pagãos sempre tiveram suas trindades (Na religião indiana: Brama, Xiva e Vixenu; na religião egípcia: Osíris, Isis, e Hórus;…)? Constantino providenciou uma trindade para os cristãos em 325 no Concílio de Nicéia (http://aodeusunico.com.br/?p=2525).

5. As leis cerimoniais se cumpriram na cruz de Cristo (Col 2:14; Efes. 2:15). A Lei Moral, o decálogo (Êxodo 20) é eterna. Que faz a Lei pelo pecador? (I Jo 3:4; Rom 4:15; 7:7; 3:30-31; Mat. 5:17-18)

6. De acordo com a Bíblia, que dia Cristo, Sua mãe e os discípulos guardavam mesmo após a cruz? Sábado ou domingo? (Marcos 2:27, 28; Luc. 4:16; 23:56; Atos 16:13).

7. A Igreja fundada por Cristo sempre batizou em nome de Jesus ou de uma trindade como hoje se faz? Atos 2:38; 8:16; 10:48; 19:5; Rom. 6:3; Gál. 3:27; Col. 3:17.

8. O dízimo na Bíblia esteve em vigor nos tempos do Antigo Testamento até à cruz de Cristo, sempre em alimentos do campo (animal ou vegetal) Deut. 14:22, 28 e 29; Lev 27:30 e 32. No Novo Testamento – após a cruz – o povo de Deus não mais dizimava, só OFERTAVA. Conhece um só verso mostrando a igreja dos apóstolos DIZIMANDO? Heb. 7:12; 13:10; I Cor. 9:7; Mat. 10:8.

9. A Bíblia ensina que os mortos estão no pó, inconscientes, até à 1ª. ressurreição, na volta de Cristo, ou, na 2ª. ressurreição, mil anos depois (João 5:28 e 29; Apoc. 20:5 e 6). Logo, os que pregam que os mortos já estão no céu, estão equivocados.

10. Se eu constatar que a igreja ou denominação que frequento não segue o que Deus determinou em sua Palavra, que devo fazer? Apoc. 18:4; Atos 5:29; Col. 4:15; I Cor. 16:19.

Endereços das comunidades Bereanas no Vale do São Francisco e em Luiz Eduardo Magalhães:

Juazeiro, BA: Av.N. Sra de Nazaré, 70 – Quidé, CEP 48.901-000; Av Miguel Silva, 10 – Alto do Alencar. Petrolina, PE: Av 12, nº 1 – João de Deus. Casa Nova, BA: Quadra P, Rua do Açúcar, 6. Luis Eduardo Magalhães, BA: Quadra 14,Rua do Pequizeiro, nº 5.

http://www.aodeusunico.com.br
http://religiaopura.com.br/
Acesse e confira as matérias postadas. OUÇA A VOZ E A VERDADE, 2A A 6A, 6:50H, SÁB E DOM. 14 H RÁDIO JUAZEIRO, OU PELA WEB; http://www.radiojuazeiro.com.br

DESEJA UM CURSO BÍBLICO IMPRESSO (OU ELETRÔNICO) GRÁTIS? ESCREVA-NOS.

DESEJA QUE OREMOS POR VOCÊ OU O VISITEMOS, FALE CONOSCO. E-mail: aodeusunico@gmail.com