Header
Header
Header
Header
Header

…, 28/março/2013.

Estimado Paulo Pinto, bom dia.

Antes de qualquer coisa, gostaria de dizer-lhe que tenho por você e sua família, grande admiração e respeito, sinto-me honrado em te-los como amigos, e sei que Deus é por todos vocês, e isso é o bastante.
Olha, somente agora, depois de tanto tempo já passado, porque o tempo não espera, tive oportunidade de ler sua defesa http://adventistas.com/marco2004/defesa_paulo.htm, da época da comissão que determinou sua exclusão do rol de membros da IASD. Li tudo, inclusive a apresentação resumida, em slides coloridos. Achei brilhante todo o conteúdo. Sem dúvida os argumentos são maravilhosos. Infelizmente, pessoas dirigentes religiosas, quase sempre são muito radicais. No mundo religioso, há pouco ou quase nenhum espaço para interpretações diferentes daquela que está estabelecida, e por isso a intolerância religiosa sempre foi um grande problema para a humanidade impiedosa. E você acabou sendo vítima de uma grande injustiça, mas olha, tem males que pode vir para o bem, então voce acabou por se libertar de interpretações que voce permaneceu preso intelectualmente por 41 anos. Se houvesse mais tolerancia para interpretações diferenciadas, é provável que haveria mais amor e mais compaixão entre a humanidade. Entre os judeus, apesar de tudo, havia diferentes correntes de interpretação das escrituras, como os fariseus que criam na ressurreição, saduceus que não criam na ressurreição, essênios que defendiam uma espécie e ascetismo, e outros movimentos mais voltados para a política da libertação de Israel através da espada na guerra. Mas na hora de adorar a Deus, todos estavam juntos no templo, ou nas sinagogas. É dito popularmente que onde há 10 judeus reunidos, existem 11 interpretações diferentes de certos textos das escrituras. Na IASD falta essa tolerância para interpretações diferenciadas de certos assuntos, considerados muito polêmicos. Esse é um cuidado que todos os religiosos precisariam redobrar, para não acabar na histórica intolerância religiosa. Se considerarmos o ponto de vista dos pastores que participaram daquela comissão que analisou, ou não analisou, seus motivos, e o que fazer diante da situação, então vejo que a decisão de excluí-lo do rol de membros foi fruto de uma cultura intolerante e radical, que certamente ficou cega quanto a posição que deveria ter adotado. Não tenho dúvida de que a IASD de juazeiro foi quem perdeu um membro da sua qualidade, não somente um membro, mas todos os membros do núcleo de sua família, pois isso atingiu sua esposa e filhos, que tem no curriculum um lista enorme de serviços prestados a instituição adventista, principalmente em Juazeiro e região. Sim foi um grande injustiça, e eu, mesmo não sendo membro da IASD desde 95, sentir no coração um pouco de revolta por essa injustiça contra vocês cometida.

Sei que no fundo do coração fica aquela mágoa,( porque voce sempre amou a IASD), que insiste em permanecer, por causa de um certo grau de trauma, que inconscientemente nos pertruba. Mas hoje, passada aquela turbulência na vida de vocês, digo-lhes que façam como Jesus fez na cruz, ao ser crucificado pelos romanos, “Pai, perdoai-os, pois eles não sabem o que fazem” . Então meu prezado Paulo Pinto, digo a voce que procure PERDOAR AQUELES QUE ACHARAM QUE TE FAZIAM O MAL, se é que voce ainda não perdoou completamente. Então coloque no seu coração e no coração de sua esposa e filhos, esse perdão completo e absoluto, para que vocês fiquem melhores ainda mais do que voces sempre foram na suas vidas.

Gostaria de agradecer pelo livro que voce me postou ( Eu e o Pai somos Um ), e os outros links sobre o assunto do Espírito Santo. Li e achei excelentes os argumentos. O Autor é bem coerente e profundo. Mas minhas idéias a esse respeito são mais flexíveis. Eu no momento não consigo ver essa questão do Espírito Santo com essa gravidade toda. Para mim, a IASD está errada ao impor uma interpretação única e fechada sobre esse tema, deveria abrir espaço para outras interpretações, desde que não radicalizasse com nenhum ponto de vista absolutamente fechado, ao ponto de excluir e perder membros somente por entender diferente, já que trata-se de um tema bastante polêmico, em razão da própria escritura haver sido traduzida em nossa linguagem, (graças a Deus por termos várias traduções, privilégio que pouquíssimas gerações tiveram), e o termo Espírito possuir uma abrangência muito grande de significados, o que contribui para a polêmica, tanto que todos nós passamos muitos anos lendo esses textos nas escrituras sobre esse tema, mas somente há pouco essa discussão ganhou mais força. O problema todo gira em torno de se Espírito Santo é uma 3ª pessoa ou não. Historicamente, entre os evangélicos quem mais abordou esse assunto foi o movimento das Testemunhas de Jeová, e as publicações da sociedade torres de vigília, editora de propriedade deles, que sempre defenderam que o Espírito Santo é a” força ativa de Deus”, e não uma 3a pessoa.
Mas ao passo que voce me respondeu abaixo: ESTIMADO IRMÃO GILVATE,
GRAÇA E PAZ.

NO EPISÓDIO DE Mat. 12:31 a 32 VEMOS JESUS EXPULSANDO DEMÔNIOS PELO PODER DO ESPÍRITO DE DEUS (O ESPÍRITO SANTO – PODER, GRAÇA, GLÓRIA, VIRTUDE DE DEUS – DERRAMADO PELO PAI SOBRE JESUS – “O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração”, Lucas 4:18,
EM CUMPRIMENTO DO PROFETIZADO POR ISAIAS:
“O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos”; Isaías 61:1)

Mas em sua defesa, e também em outro momento que falamos sobre esse assunto, e também em vários textos que já li, foi dito que o Espírito Santo é o próprio Jesus, despido de sua humanidade após ter ascendido ao céu, que voltou em espírito para cumprir sua promessa: ” eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos ” . Então observe que esse é um assunto de não fácil entendimento, para nós gentios brasileiros, pois em tese não seria necessário Jesus voltar desencarnado para poder estar conosco todos os dias. De lá de cima mesmo Ele poderia nos acompanhar, e observar e nos ajudar, já que Ele é onipresente, e tem a sua disposição grandíssima quantidade de seres celestiais a suas ordens e disposição, e pode nos ouvir a qualquer momento em oração, mesmo em pensamentos. Mas nos texto de Isaías 61:1 acima mencionado, Jesus foi ungido com esse mesmo Espírito Santo.

Ora, se de fato é verdade que o Espírito Santo mencionado nas escrituras após o pentecostes trata-se do próprio Jesus, despido de seu corpo humano adotado ao nascer de Maria, então é uma pessoa em Espírito, não uma terceira, mas a 2º pessoa da divindade no sentido latu sensu, o filho do Deus único. Então segue-se que para os que interpretam que seria uma 3a pessoa, o erro consistiria somente de não ser uma terceira pessoa, mas do próprio Jesus, portanto não deixa de de ser alguém. Por isso no presente momento não vejo gravidade alguém interpretar o Espírito Santo como uma 3a pessoa, pois que diferença vai fazer na prática. Ora se o Espírito Santo de fato é o próprio Jesus, segue-se não se tratar de idolatria, nem de transgressão do 1o mandamento. Para mim o pecado vai estar na discriminação e falta de amor deflagrado uns contra os outros, pela intolerância , apenas para impor como absolutamente verdadeira uma interpretação de um assunto tão complexo como este.

No momento, para mim, o mais importante é aceitar Jesus como o Messias, enviado pelo Pai, designado especificamente para cuidar da espiação dos pecados da humanidade, condução dos serem humanos ao Reino de Deus, destruição do reino de Satanás, julgamento e execução de todos os pecadores, incluindo os anjos que pecaram, e depois entrega e sujeição a Deus de todas as coisas, incluindo Ele mesmo como filho especial. Os judeus ortodoxos, que ainda hoje insistem em não aceitar Jesus como o Messias, apesar de alguns ainda crerem no Deus único, estarão perdidos por não aceitarem seu Messias. Mas no caso dos cristãos que imaginam que o Espírito Santo seja uma terceira pessoa, caso de fato estejam enganados por tratar-se do próprio Jesus em Espírito, não ve jo nenhuma idolatria, pois nesse caso seria uma pessoa sim, mas o próprio Jesus, melhor ainda, tratar-se do nosso comandante que teve essa experiência incrível, de se transformar em embrião, passar por criança, adolescente, fazer necessidades fisiológicas, trabalhar como carpiteiro, pegando peso, cobrindo casas em Israel, ver bem de perto todas essas mazelas humanas, ser sacrificado em espiação substituta dos pecadores, ressuscitar, ascender ao céu sem nave espacial, e depois voltar em espírito e ser confundido como se fosse outro ser. Ora, descobrindo trata-se de fato do próprio Jesus, melhor ainda é o sentimento que precismos ter por Ele.

Interessante que eu, que tive formação católica e depois adventista, nunca tive nenhuma dúvida de que Deus o Pai sempre foi o único Deus, e que Jesus, nosso Messias, sempre foi o filho especial de Deus, mas nunca me preocupei em especular quando Ele surgiu, antes de se tornar homem na terra. Mas quanto ao Espírito Santo, eu sempre achei de difícil entendimento sobre o que seja, mas também nunca fechei a cabeça para novos entendimentos.

Forte abraço, Que as bençãos do Eterno Deus permaneça com você e sua família.

Cordialmente,

ESTIMADO IRMÃO …, MUITO OBRIGADO POR SUAS PALAVRAS AMÁVEIS E SOLIDÁRIAS AO SEU AMIGO VELHO E IRMÃO E FAMÍLIA.
JÁ PERDOAMOS TODOS OS AMADOS IRMÃOS QUE VOTARAM ENGANADOS PARA MINHA EXCLUSÃO, BEM COMO AOS PASTORES QUE
OS LEVARAM A PRATICAR TAL ATO.
OS AMO DE CORAÇÃO E DESEJO VER TODOS ARREPENDIDOS E SALVOS NA ETERNIDADE ADORANDO AO DEUS ÚNICO E AO SEU DIVINO FILHO E NOSSO SALVADOR.
DESDE 16 DE MARÇO DE 2004, VIVO COM MINHA FAMÍLIA COMO SERVOS DEUS, ADVENTISTAS BEREANOS DO 7o. DIA, AOS PÉS DE CRISTO, PARTILHANDO DA FÉ DOS FÉIS SERVOS DE DEUS DE TODOS OS TEMPOS, VIVENDO A BENDTITA ESPERANÇA DO BREVE ADVENTO DE CRISTO, NOSSO SALVADOR.
QUANTO AO PRECIOSO ESPIRITO SANTO DE DEUS, INFORMO QUE A CRENÇA EM UMA TRINDADE É GRAVE POR FERIR AOS 2 1os. MANDAMENTOS DO DECÁLOGO. CUMPRE EXIGÊNCIAS DO ECUMENISMO (VEJA O LIVRO “E HAVERÁ UM SÓ REBANHO”, (procure deus trino) AQUILO QUE O PAPA ATUAL CHAMA DE GRANDE IRMANDADE, INCLUINDO CATÓLICOS E PROTESTANTES QUE ADORAM A TRINDADE E OUTROS DOGMAS CATÓLICOS) DO VATICANO. LOGO LHE ESCREVO MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO.
PAULO PINTO
www.pacostapinto.com.br

O PERIGO DA JUDAIZAÇÃO DA IGREJA

março 28th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos - (0 Comments)

http://www.slideshare.net/pioneirosadventistas/judaizao-da-igreja-17772629?utm_source=slideshow&utm_medium=ssemail&utm_campaign=upload_digest
APRESENTAÇÃO PREPARADA PELO PEQUENO GRUPO DE COTIA, SP, BRASIL.

Fonte: www.doutrinacatolica.com
Programa “Está Escrito”
Palestra do Pastor Alejandro Bullón “Enchei as Vasilhas”

Trecho do Sermão de Alejandro Bullón, o Pastor mais respeitado entre os Adventistas do Sétimo Dia, no Programa de TV “Está Escrito”:

“Vou tratar agora de um assunto muito delicado: a Santa Virgem Maria.

Como todos sabemos, o inimigo é muito astuto.

Ele não quer cristãos equilibrados.

Ele quer nos levar ao fanatismo ou ao liberalismo.

Isto é certo com relação a qualquer assunto da Bíblia.

Vejam, o inimigo leva muitos cristãos que têm a Bíblia nas mãos, a pensar do seguinte modo:

” A Virgem Maria não é importante.

Ela foi uma mulher como qualquer outra.

Não temos que ficar reverenciando-a; não temos que falar muito dela, porque isso é idolatria.”

Meu amigo, se um cristão, com a Bíblia aberta, diz isso, ele não sabe o que está dizendo.

Porque a Virgem Maria foi um ser humano sim, mas não foi um ser humano comum.

Ela foi uma mulher com uma experiência maravilhosa com Deus.

Ela foi uma mulher de vida piedosa, exemplar.

Hoje, a figura da virgem Maria se levanta como um exemplo de vida, de entrega e de comunhão com Deus.

Por isso, ela merece todo o nosso respeito e a nossa reverência.

Merece que a amemos e que ensinemos mais da vida maravilhosa que viveu.

Mas como já disse, o inimigo não quer pessoas equilibradas.

Ele tanto leva os cristãos ao extremo de serem desrespeitosos com ela, como as engana e as leva para outro extremo.

No momento de desespero, procuram a ajuda da Santa Virgem Maria. E os cristãos do outro extremo olham para elas com olhos acusadores e dizem:

– Vocês são idólatras.

Adoram um ser humano.

Eles ignoram a sinceridade com que estas pessoas estão procurando chegar a Deus…”

FONTE: 15 julho 2007 Autor: Bíblia Católica http://www.bibliacatolica.com.br/blog/igreja/lider-adventista-reconhece-a-santidade-e-virgindade-de-maria/#.UVRXjBwp9HA

Palestra “Mariolátrica” de Bullón Comprova Romanização da IASD

A IASD ADMITE QUE EXISTE UMA SEMANA SANTA (ORIGEM CATÓLICA, PAGÃ) E, A DE 2013, TRAZ COMO PRIMEIRA MENSAGEM: “A Missão de Maria

CLARO QUE A MÃE DE JESUS FOI VIRTUOSA E EXEMPLAR, SIM.
MAS NÃO A PODEMOS CHAMAR DE VIRGEM, POIS JOSÉ NÃO A CONHECEU (SEXUALMENTE) ATÉ AO NASCIMENTO DE JESUS.
“E não a conheceu ATÉ que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus”. Mateus 1:25.
MAS, CHAMÁ-LA HOJE DE VIRGEM, É IGUALAR-SE À ICAR. É ATENDER ÀS NORMAS DO PAPADO.
OUTRO FATO, É: QUANDO JESUS PARA A IASD E AS DEMAIS FILHAS DA ICAR DEIXOU DE SER O FILHO DE DEUS E PASSOU A SER DEUS, LOGO AS IGREJAS CAÍDAS ADMITEM QUE A “VIRGEM” MARIA É A MÃE DE DEUS, O QUE É ALGO PLENAMENTE ANTI-BÍBLICO, CATÓLICO.
O ECUMENISMO, POUCO A POUCO APROXIMA AS EMPRESAS RELIGIOSAS, EM DETRIMENTO DA MANUTENÇÃO DA VERDADE.
DEEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NÓS.
MARANATA.

Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não imaginais. Lucas 12:40
Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. Mateus 24:44

http://www.youtube.com/watch_popup?v=nwAYpLVyeFU&vq=medium#t=77

UM EVANGELHO ODIADO

março 25th, 2013 | Posted by Paulo Pinto in Artigos - (0 Comments)

C. H. Spurgeon

paz-ou-espada

André Sanchez
Jesus veio trazer paz ou espada? Muita gente se confunde a respeito desse tema. Isso porque, na Bíblia, vemos que Jesus é chamado de Príncipe da Paz (Isaías 9:6). Vemos também Jesus dizendo “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (João 14:27). Ao mesmo tempo somos apresentados a uma fala muito forte de Jesus, onde Ele diz: “Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada” (Mateus 10:34). Seria possível Jesus ao mesmo tempo trazer paz e espada à terra? Uma não anula a outra? Estaríamos diante de uma contradição do próprio Jesus? É evidente que não! Como sempre, a boa e velha interpretação cuidadosa do texto, levando em consideração seu contexto e boas regras de interpretação, nos explica claramente essa questão.

(1) Sem sombra de dúvida a Bíblia aponta para Jesus como sendo o Príncipe da Paz. Ele é o Soberano portador da paz perfeita. Não a paz – falsa – segundo o mundo, mas a paz – verdadeira – segundo Deus (João 14:27). A paz de Jesus é distribuída sem medida no mundo quando Cristo é Senhor na vida das pessoas. Nesse sentido, fica claro que a paz verdadeira está ligada a Cristo, conforme nos diz João 16:33: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”. Como Jesus esclarece, a paz está “Nele” e é alcançada plenamente através “Dele”.

(2) Apesar da paz de Cristo estar à disposição de todos, não são todos que a vivem e a acolhem. No mundo existem os rebeldes, aqueles que encaram a mensagem do Evangelho de Cristo como sendo loucura (1 Coríntios 1:18). O mundo está cheio de perversos, de pessoas que têm suas vidas baseadas no pecado, sem qualquer arrependimento. Nesse sentido vemos Jesus explicando que essas pessoas se levantarão em oposição àqueles que vivem a Sua paz. A “espada” mencionada em Mateus 10:34 é sinônima de divisão e conflito. O mundo insiste em hostilizar a mensagem de Cristo e rejeitá-Lo. Os servos de Deus, como embaixadores de Cristo que vivem nesse mundo, também são hostilizados e rejeitados por seguirem a Cristo. Assim, Jesus exemplifica que até dentro de suas casas, Seus servos poderão enfrentar hostilidade por causa de Seu nome: “Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai; entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa.” (Mateus 10:35-36). Esse é o sentido da “espada” mencionada nesse texto!

(3) Assim, não existe contradição no fato de Jesus trazer a paz e também trazer a “espada” em meio a esse mundo. É apenas a consequência provocada pelos rebeldes guiados pelo pecado, que resistem fortemente à paz de Jesus, pois a consideram loucura. Jesus, como o Grande Rei Soberano, deixa claro que seus súditos devem amá-Lo sobre todas as coisas (Mateus 10:37-39) e que esse “amor”, às vezes, trará consequências duras como o desprezo e a hostilidade daqueles que não O amam. E isso poderá acontecer até mesmo dentro das relações mais estreitas como entre os círculos familiares (Mateus 10:35-36).

Fonte: Esboçando Ideias
http://www.internautascristaos.com.br/artigos-teologicos/afinal-jesus-veio-trazer-a-terra-a-paz-ou-a-espada

http://www.slideshare.net/pioneirosadventistas/se-voc-acha-que-deus-uma-trindade-composta-de-trs-pessoas-ento-risque-estes-textos-da-sua-biblia-17546724?utm_source=slideshow&utm_medium=ssemail&utm_campaign=upload_digest

A SEMANA “SANTA” É COMEMORADA NA IASD TAL QUAL COMO NA ICAR

Tendo pertencido ao rol da IASD desde dezembro de 1963 até 16 de março de 2004, quando fomos expulsos eu e minha esposa, embora em plena comunhão com Cristo, em razão de não mais crer no dogma romano da trindade (João 16:1-3), sempre participamos do Evangelismo na “Semana do Calvário”, nunca tendo ouvido ou lido algo na Corporação incentivando a celebração da Semana Santa – a qual sempre vimos como um evento católico – passamos a verificar desde 2004, inicialmente de modo mais discreto e depois, de forma clara, sem rodeios, convidando as pessoas na época quaresmal, para “assistir a celebração da Semana Santa”, o que muito nos chamou a atenção.

semana santa1
Veja o convite da IASD para esta “Semana Santa” de 2013 Mas, onde está nas sagradas Escrituras que esta semana é santa? Quem a santificou?

O que sempre ouvimos os pastores afirmarem antes de 2004 foi que a IASD aproveitava a ocasião em que as pessoas estavam sensíveis à pregação sobre o sacrifício de Cristo, razão porque a Corporação se valia do momento propício, para pregar o evangelho.

No entanto, após 2004 (ver textos dos convites em anexo)a linguagem nos convites passou a ser igual à da Igreja Católica, assumindo que se estava celebrando a Semana Santa.

semana santa2
Ora, onde está na Bíblia ou nos livros de Ellen G. White, que os crentes em Cristo agora devem fazer tal celebração? Pelo contrário, nessas fontes encontramos sobre a Páscoa que “Passaria para sempre a festa nacional dos judeus”, enquanto prevalecia a cerimônia da Santa Ceia.

semana santa3

Onde então a IASD achou respaldo para celebrar a “Semana Santa”?

Registros dão conta de que “a primeira celebração da Semana Santa pelos cristãos ocorreu em 1.682. Ela é uma das conclusões do Concílio de Nicéia, regido pelo papa Silvestre I e patrocinado pelo imperador Constantino, em 325 d.C, que determinou a doutrina da Igreja Católica, transformada em religião oficial do Império Romano. Desde então, festejam-se em oito dias a paixão, morte e ressurreição de Cristo.

Um decreto papal estabeleceu o Domingo da Ressurreição como a data mais importante do ano eclesiástico. Ele é celebrado sempre no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera no Hemisfério Norte e do outono no Hemisfério Sul”.

http://www.brasilescola.com/historia/origem-da-semana-santa.htm

“Em 325 d.C, o Concílio de Niceia, presidido pelo Imperador Constantino e organizado pelo Papa Silvestre I, fabricou e consolidou a doutrina da Igreja Católica, como a escolha dos livros sagrados e as datas religiosas. Ficou decidido também que a Semana Santa seria comemorada por uma semana (do domingo de ramos ao domingo de Páscoa). Há relatos de festas em homenagem aos últimos dias de Cristo, pouco tempo depois de sua morte. Porém comemoravam dois dias apenas (sábado de aleluia e domingo da ressurreição). Nesse Concílio também foi adotado o Catolicismo como religião oficial do Império Romano”.

O registro sagrado dá conta de que “O Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o Meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de Mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no Meu sangue; fazei isto todas as vezes que beberdes, em memória de Mim. Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha”. I Cor. 11:23-26.

Cristo Se achava no ponto de transição entre dois sistemas e suas duas grandes festas. Ele, o imaculado Cordeiro de Deus, estava para Se apresentar como oferta pelo pecado, e queria assim levar a termo o sistema de símbolos e cerimônias que por quatro mil anos apontara à Sua morte. Ao comer a páscoa com Seus discípulos, instituiu em seu lugar o serviço que havia de comemorar Seu grande sacrifício. Passaria para sempre a festa nacional dos judeus. O serviço que cristo estabeleceu devia ser observado por seus seguidores em todas as terras e por todos os séculos.

A páscoa fora instituída para comemorar a libertação de Israel da servidão egípcia. Deus ordenara que, de ano em ano, quando os filhos perguntassem a significação desta ordenança, a história desse acontecimento fosse repetida. Assim o maravilhoso livramento se conservaria vivo na memória de todos.

A ordenança da ceia do Senhor foi dada para comemorar a grande libertação operada em resultado da morte de Cristo. Até que Ele venha a segunda vez em poder e glória, há de ser celebrada esta ordenança. E o meio pelo qual Sua grande obra em nosso favor deve ser conservada viva em nossa memória” (EGW, Desejado de Todas as Nações, capítuloLXXII,p.652.

http://www.ellenwhitebooks.com

Revendo a história recente da Corporação adventista, encontramos que em 2000, durante a reunião da Conferência Geral da IASD, em Toronto, Canadá, a IASD pela primeira vez apresentou aos presentes um conjunto de esculturas em tamanho grande, http://session2000.adventist.org/press/ (enter + day-one page-3)

Essas mesmas esculturas foram no mês de agosto de 2000, oficialmente aceitas e dedicadas por um culto especial no salão nobre da Conferência Geral em Silver Spring , Maryland, EUA.

http://session2000.adventist.org/session-news/febr uary-march/theme-exhibit.htm

Em 31 de março de 2000, na cidade do Vaticano, o papa João Paulo II afirmou: “ El arte puede comunicar con eficacia «la historia de la alianza entre Dios y el hombre y la riqueza del mensaje revelado”. ZENIT.org; El mundo visto desde Roma)

http://www.adventistas.com/ag572000/ag57200005.htm

Neste mesmo ano a IASD assinou pacto de amizade com Roma na Polônia, na Igreja Luterana da Santíssima Trindade.

http://news.adventist.org/issues/data/950655233/

O acordo foi confirmado pelo papa Bento XVI em maio de 2006, quando de sua visita à mesma Igreja, ocasião que o mesmo se dirigiu a líderes de várias Igrejas, inclusive da IASD, ali presentes.

http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/ speeches/2006/may/documents/hf_ben-xvi_spe_ 20060525_incontro-ecumenico_po.html

Em 2001 a IASD assumiu que “Costumamos pensar nos ídolos sempre como algo inerentemente mau; mas nem sempre é assim. Estátuas de madeira e de pedra nem sempre são más. Em outras palavras, os ídolos podem ser algo que, por si mesmo, não são maus. Ao contrário, o que os torna maus é a maneira como nos relacionamos com eles. …”. Lição da Escola Sabatina de 09/11/2001, p. 74, edição do professor.

Na Revista Adventista, fev. 2002, pág. 38, Marcos de Benedicto, escreve que, de fato, um pastor, alto funcionário da IASD, Bert B. Beach, relações públicas da Conferência Geral da IASD, presenteou o Papa com uma medalha da Associação Geral da IASD.

Isso não é novidade, pois, anos antes, a IASD já tinha recebido do Papa uma medalha de Ouro. Review and Herald, 30.05.1968, pág.16.

Porventura tais fatos teriam alguma conexão com a celebração da “Semana Santa” pela IASD após o ano de 2004?

Deus nos conserve ao lado da verdade pura e genuína da Sua Palavra, custe o que custar.

“A maior necessidade do mundo é a de homens – homens que não se comprem nem se vendam; homens que o íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” E. G.W. Educação, p.57.
Assim, amigos, irmãos, muito cuidado. Muito cuidado, mesmo, com as religiões, as igrejas!!!
Sigamos a Cristo, o divino Filho do Deus Único e Verdadeiro, o Pai, não ao sistema religioso que está de volta a Roma e às suas tradições pagãs.
Paulo Augusto da Costa Pinto.Engo. Agro., D.Sc.., Pós doutor em Agronomia na Espanha, Professor Pleno da UNEB/DTCS, Juazeiro, BA., Adventista Bereano do 7o. Dia.
FONTE:http://www.adventistas-bereanos.com.br/2007julho/celebracaosemanasantapelaiasd.htm

Estudo sugere ligação entre exposição a agrotóxicos e desenvolvimento de diabetes tipo 2. Em sua coluna de março, o biólogo Jean Remy Guimarães comenta a pesquisa e evidências crescentes das relações estreitas entre essas substâncias e doenças crônicas
A relação epidemiológica entre o uso de pesticidas e a crescente incidência de males como câncer, problemas hormonais e reprodutivos, entre outros, é cada vez mais clara. Mas novos estudos têm apontado uma nova e incômoda conexão, desta vez entre pesticidas e diabetes tipo 2, o que poderia explicar, ao menos parcialmente, as proporções epidêmicas que essa doença vem assumindo em escala global.

A edição de janeiro da Environmental Research traz um estudo de Arrebola e colaboradores, da Universidade de Granada, Espanha, que é, ironicamente, uma bomba. A equipe dosou resíduos de diversos pesticidas no tecido adiposo de 386 pacientes adultos em dois hospitais do sul do país e concluiu que os pacientes com maiores níveis de DDE (um produto da degradação do DDT) tinham quatro vezes mais probabilidade de ter diabetes tipo 2.

Leia a coluna completa na CH On-line, que tem conteúdo exclusivo atualizado diariamente:http://cienciahoje.uol.com.br/colunas/terra-em-transe/pesticidas-comida-lixo-diabetes-e-alzheimer
FONTE:Jornal da Ciência (JC E-Mail)
Edição 4686 – Notícias de C&T – Serviço da SBPC

EM MATÉRIAS QUE ESTÃO PUBLICADAS EM:
1)http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1367&did=100436

2) http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=3108107&especial=Elei%E7%E3o%20do%20Papa%20Francisco&seccao=MUNDO

E EM OUTROS SITES, ENCONTRAMOS MUITOS GESTOS DO ATUAL PAPA, OS QUAIS O TORNAM EXTREMAMENTE SIMPÁTICO AOS FIÉIS.
ENTRETANTO, UM GESTO (O DE NÚMERO 7 NA 1A. MATÉRIA) DO PAPA, CHAMOU À ATENÇÃO DE MUITOS NO MUNDO TODO:

“Que Deus vos perdoe por me terem escolhido”.
O QUE ELE TERIA QUERIDO DIZER COM ISSO?????

O CONHECIDO JURAMENTO JESUÍTA QUE Pode ser localizado na Biblioteca do Congresso em Washington, DC, Catálogo Card # 66-43354, AFIRMA:

“… Eu prometo e declaro que, quando a oportunidade se apresentar, farei uma guerra implacável, secreta ou abertamente, contra todos os hereges, protestantes e liberais, como eu sou direcionado para fazer, para extirpar e exterminá-los da face da terra inteira. E que eu não vou poupar nem a idade, sexo ou condição, e que eu vou queimar os resíduos, ferver, esfolar, estrangular e enterrar vivo esses hereges infames, rasgar os estômagos e ventres de suas mulheres, e seus bebês esmagar a cabeça contra as paredes, a fim de aniquilar para sempre essa raça abominável. Que, quando o mesmo não puder ser feito abertamente, eu secretamente usarei o copo envenenado, o cabo de estrangulamento, o aço do punhal ou autoridade da pessoa ou pessoas, seja qual for sua condição na vida, seja ele público ou privado. Como eu, a qualquer momento pode ser direcionado a fazer qualquer agente do Papa ou Superior da Irmandade da Santa Fé, da Companhia de Jesus.

Na confirmação de que, tenho a honra de dedicar a minha vida, minha alma e todos os meus poderes corpóreos, e com este punhal que eu recebo agora, vou assinar meu nome escrito em meu próprio sangue, em depoimento dela, e se eu provar falsa ou enfraquecer na minha determinação, podem meus irmãos e companheiros soldados da milícia do Papa cortar as minhas mãos e meus pés, e minha garganta de orelha a orelha, abrir minha barriga e por enxofre queimado aí, com toda a punição que pode ser infligida em mim na terra, e minha alma seja torturada pelos demônios em um inferno eterno para sempre!

Tudo que eu, M_______ N_______, faço jurar pela Santíssima Trindade e o Santíssimo, que agora estou diante, executarei de minha parte para manter-me inviolável, por todo o exército celestial e glorioso do céu para testemunhar esta minha verdadeiras intenção de manter meu juramento.

Em testemunho disto tomo deste santíssimo sacramento e abençoado da Eucaristia, e testemunho o mesmo mais longe, com meu nome escrito com a ponta deste punhal mergulhado em meu próprio sangue e selado em face deste convento santo “.

OS DEFENSORES DA “COMPANHIA DE JESUS” DIZEM QUE ESSE JURAMENTO É FALSO, INVENTADO PELOS PROTESTANTES E QUE OS verdadeiros votos de um Jesuíta são:

A fórmula dos “primeiros votos” é a seguinte:

“Deus eterno e todo poderoso, eu (…) indigno de estar diante de vós, confiado contudo em vossa bondade e misericórdia infinitas e movido pelo desejo de vos servir, na presença da santíssima virgem Maria, dos anjos e santos, faço voto a vossa divina majestade de pobreza, castidade e obediência perpétuas na companhia de Jesus. E prometo entrar na mesma companhia para viver nela perpetuamente. Entendo tudo de acordo com as suas constituições. Por isso peço humildemente à vossa imensa bondade e clemência, pelo sangue de Jesus Cristo, que vos digneis aceitar este holocausto, qual oferenda agradável, e me concedais abundantes graças para cumprir, como me destes a graça para o desejar e oferecer.” http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2011/06/o-juramento-dos-jesuitas-refutado.html

NO ENTANTO, A HISTÓRIA FARTAMENTE DOCUMENTADA NO LIVRO VATICAN ASSASSINS, PARECE MOSTRAR UMA PRÁTICA JESUÍTA CONTRÁRIA AO INOCENTE VOTO JESUÍTA ACIMA CITADO.

VEJA O LIVRO E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES.

O PAPA FRANCISCO I, PRIMEIRO PAPA JESUÍTA, ENTRE OS 266 NOMEADOS ATÉ AQUI E O 8o. (OU CONTINUADOR DO 7o.) DESDE QUE A FERIDA MORTAL FOI CURADA EM 1929 E ESTABELECIDO O VATICANO, EXPRESSOU DEZ GESTOS INESPERADOS LOGO APÓS SUA ELEIÇÃO, PARECENDO SER ENIGMÁTICA SUA EXPRESSÃO:

“Que Deus vos perdoe por me terem escolhido”.

O QUE ELE TERIA QUERIDO DIZER COM ISSO?????
O QUE SERÁ QUE VEM PELA FRENTE?
CONFORME KARL MARX, “A HISTÓRIA SE REPETE, A PRIMEIRA VEZ COMO TRAGÉDIA E A SEGUNDA COMO FARSA”.
DEUS TENHA MISERICÓRDIA DO SEU POVO, OS QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS (NÃO SÓ O 4o., MAS TAMBÉM O 1o. QUE PROÍBE ADORAR A UMA TRINDADE) E TEM A FÉ DE JESUS (“E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. João 17:3).

“Agora é o tempo de mostrar-se o povo de Deus leal aos princípios. Quando a religião de Cristo for mais desprezada, quando Sua Lei mais desprezada for, então deve nosso zelo ser mais ardoroso e nosso ânimo mais inabalável. Permanecer em defesa da verdade e justiça quando a maioria nos abandona, ferir as batalhas do Senhor quando são poucos os campeões – esta será nossa prova. Naquele tempo devemos tirar calor da frieza dos outros, coragem da covardia e lealdade de sua traição.” – E.G.W., Testemunhos Seletos, vol. 2 pág. 31.

MARANATA.
PAULO PINTO
http://www.aodeusunico.com.br


Que possamos meditar na letra e beleza da música e que isso nos lembre que aqui não é o nosso lugar.
Deus tem algo maior e melhor para os que lhe são fiéis.
“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam”. 1 Coríntios 2:9.

RECEBEMOS DE UM COLEGA DE TRABALHO ESTE VÍDEO, IMPRESSIONANTE.
ELE PERGUNTA:
“Onde será que foi isso?
Se alguém souber aonde foi este evento, favor informar.
Assunto sério.
No vídeo, preste atenção aos movimentos do Papa Bento XVI e não nos do político.
Todos cumprimentam o político, mas um grande número de “Cardeais” se recusa a
cumprimentar o Papa, que com a mão estendida espera ser correspondido.
REVOLTANTE! HUMILHANTE DEMAIS!
No vídeo, preste atenção nos movimentos do Papa Bento XVI …