- Ao Deus Único - https://aodeusunico.com.br -

QUAL ESPÍRITO DE PROFECIA CAUSOU O EXÍLIO DE JOÃO EM PATMOS?

espirito-de-profecia

joao-em-patmos
Eu, João, que também sou vosso irmão, e companheiro na aflição, e no reino, e paciência de Jesus Cristo, estava na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus, e pelo testemunho de Jesus Cristo.
Apocalipse 1:9

E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia.
Apocalipse 19:10

JOÃO CONHECEU OS LIVROS VENDIDOS PELA CASA PUBLICADORA BRASILEIRA, DENOMINADOS ESPÍRITO DE PROFECIA, OS QUAIS SÓ FORAM PUBLICADOS QUASE DOIS MIL ANOS DEPOIS?

Na Palavra de Deus somos instruídos  a crer que o verdadeiro Espírito de Profecia é o testemunho de Jesus (Apoc. 12:17, 19:10, 1:9,…) que ele mesmo deu por Seu Espírito (dado pelo Pai – Isa. 61:1 e 2) nos dias do Antigo Testamento e do Novo Testamento (Lucas 4:14-22), também prometido para os últimos dias (Joel 2:28 e 29).

O apóstolo Pedro relata isso muito bem: “Da qual salvação inquiriram e trataram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que vos foi dada, Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, que estava neles, indicava, anteriormente testificando os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir”. 1 Pedro 1:10,11.

Logo, atribuir aos livros de Ellen G. White o título de Espírito de Profecia, é, no mínimo, tremenda ignorância sobre a história sagrada ou, desconsiderar vergonhosamente, o trabalho do Espírito de Cristo em todos os profetas, apóstolos,…em todos os tempos.

Logo, quando a igreja Adventista do 7o. Dia fala que a base de fé de seus membros é a Bíblia e o Espírito de Profecia, é como se a Bíblia não fosse por excelência o verdadeiro compêndio do Espírito de Profecia, mas, como um outro livro, enquanto que o Espírito de Profecia, esse sim, estaria nos livros de sua profetisa, a qual, nem reivindicou esse título para ela.

Além disso, mesmo quando a irmã White cria ser a Bíblia a única regra de fé e prática e que haveria de existir um povo cuja única regra de fé e prática fosse a Bíblia sagrada, ao a IASD fazer tal distinção e como que menosprezando a Bíblia (se o Espírito de Profecia são outros livros que não a Bíblia), foge do princípio que norteou a Reforma Protestante, “Sola Scriptura”, no qual a própria escritora EGW cria.

“Mas Deus terá sobre a Terra um povo que mantenha a Bíblia, e a Bíblia só, como norma de todas as doutrinas e base de todas as reformas”(CS, p. 601).

Assim façamos.