- Ao Deus Único - https://aodeusunico.com.br -

Dons Espirituais para a Igreja – Lição 18 – Curso Bíblia Aberta

Clique aqui e ouça o áudio. Medite, Compartilhe.

Ao  subir ao céu, Jesus concedeu dons à igreja para que os crentes pudessem levar avante a obra de pregar o evangelho ao mundo. Saiba um pouco mais sobre esses dons verdadeiros e sobre a falsificação deles,nos dias atuais, estudando esta lição.
1.A respeito de que devemos estar informados? “Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.” 1 Coríntios 12:1 2. O que Cristo deu aos seres humanos antes de subir ao Céu? “Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens.” Efésios 4:8
3. Quais foram alguns desses dons que Jesus concedeu aos que O servem? “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,” Efésios 4:11
“E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.” 1 Coríntios 12:28
4. Com que finalidade foram esses dons concedidos à igreja? “Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.” Efésios 4:12-14
5. Qual o resultado final de se utilizar os dons na igreja? “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,” Efésios 4:13

6. Embora os dons sejam muitos e diversos, quem mantém a unidade dos crentes? “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.” 1 Coríntios 12:4

7. Quem escolhe os dons para as pessoas? Devem todos ter ou buscar o mesmo dom? “Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindoparticularmente a cada um como quer.” 1 Coríntios 12:11 “Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres? Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?” 1 Coríntios 12:29-30
É interessante notar que, em I Coríntios 12, Paulo compara a igreja com um corpo, deixando claro que todas as partes (órgãos e membros) do corpo são importantes e indispensáveis, e que não devemos querersertodosnumasó parte,poisassim o corponãose desenvolveria.
8. Devem os dons do Espírito permanecer para sempre? Quando não serão mais necessários? “O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;…Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.” 1 Coríntios 13:8,10
Reflexão para Decisão: Decido usar meu(s) dom(ns) em favor do povo de Deus e na pregação do evangelho, para que Cristo possa voltar logo.
Suplementeteológico: ODOMDE LÍNGUASNA BÍBLIA A LÍNGUA DE ÉFESO (Atos 19): Primeiramente é preciso saber que Éfeso era a capital da Ásia Menor. Uma cidade pagã(Atos 19:27) e portuária e, por isso, muito carente damensagem cristã. Mas como uma igrejatão fraca, despreparada e pequena (uns doze homens, Atos 19:7) poderia pregar em uma cidade na qual se falavam tantas línguas? Além de tudo, esses poucos homens haviam apenas sido batizados no batismo de João (Atos 19:3), e nuncahaviam ouvido arespeitodoEspírito Santo (Atos19:2).Eraum desafioetanto!
A primeira imediata providência seria o batismo no nome de Jesus poderem receber o poder celestial, e o receberam: “E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobreeles o EspíritoSanto; e tantofalavamemlínguas comoprofetizavam”(Atos19:5,6).
Paulo impôs as mãos, mas os irmãos não se contorceram, nem abriram a boca numa vozeria inconsequente, emitindo ruídos incompreensíveis. Não. Eles, pelo poder do Espírito Santo, passaram a possuir o dom de línguas (verdadeiro) e o dom deprofecia para edificar aIgreja. Estavam, portanto, aqueles doze homenscapacitados paraa implantaçãodoEvangelho napagãÉfeso.
Deus não os capacitou para satisfazer caprichosou vaidades, ou porquequeriam odom aqualquer custo, mas para uma obra definida, necessária e urgente. Ninguém deve se valer deste texto para afirmar que existe a doutrina do falar línguas como um sinal do recebimento do Espírito Santo. Além do Pentecostes (comentaremos sobre isso mais àfrente),quefoi uma situaçãomuito especial, e de Cornélio, em Cesaréia, só há este texto de Efésios em que ocorreuaposseimediatadestedomatravésdopoder doEspírito Santo.
A posse do dom de línguas em Éfeso foi semelhante a de Pentecostes, pois a situação era praticamente a mesma: uma cidade com pessoas de várias nacionalidades e línguas precisando ser evangelizada. E Deus os capacitou paraamissão.