- Ao Deus Único - https://aodeusunico.com.br -

Deus é Deus. Único, Deus de Jesus e dos Fiéis

Clique na imagem acima ou AQUI e ouça a mensagem e a música especial. Medite, Compartilhe.

“Deus é Deus!”

Texto:

“No princípio criou Deus o céu e a terra”. Gênesis 1:1

“Que impressionan­te!”, pensou. “Por que a sarça não se queima? Vou ver isso de perto.”

4O Senhor viu que ele se aproximava para observar. E então, do meio da sarça Deus o chamou: “Moisés, Moisés!”
“Eis-me aqui”, respondeu ele.

5Então disse Deus: “Não se aproxime. Tire as sandálias dos pés, pois o lugar em que você está é terra santa”.

6Disse ainda: “Eu sou o Deus de seu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, o Deus de Jacó”. Então Moisés cobriu o rosto, pois teve medo de olhar para Deus. Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi?
E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.
Êxodo 3:3-6 e de 13-14

Depois disto o SENHOR respondeu a Jó de um redemoinho, dizendo:
Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento? Jó 38:1,2

 

Introdução:

As palavras “Deus é Deus!” foram proferidas por Yule Brenner em seu papel como Faraó no filme “Os Dez Mandamentos”.

Após as pragas que Deus enviou ao Egito o faraó finalmente admitiu que o Deus dos israelitas era de fato “O” Deus. À medida que vivemos nossas vidas, muitas vezes apanhados nas atividades da vida, por vezes, nos afastamos da percepção de que o nosso Deus é de fato o verdadeiro e único Deus e, portanto, precisamos ser lembrados e estar convictos, a nossa fé renovada de que o Deus da nossa Bíblia é realmente Deus.

Vamos aplicar algum tempo e atualizar a nossa fé lembrando algumas coisas sobre o nosso grande Deus.

  1. Deus é compassivo: Ele tem um cuidado constante, interesse, preocupação com toda a sua criação. Ele até sabe quando um único pardal cai. Quanto mais ele se importa conosco, os crentes, filhos de sua própria família.
  2. Deus é condescendente: Ele permite, inclusive convida a Sua criação para se comunicar com ele (como no caso de Adão e Eva); encoraja-nos a orar com a garantia de que Ele vai nos ouvir.
  3. Deus é fiel: Ele cumpre Sua Palavra, Suas promessas, Seus pactos. Ele é uma fonte inesgotável de conforto e segurança para nós, Seus filhos.
  4. Deus é Bom: Seu caráter natural é tratar toda a sua criação com bondade e tem nossos melhores interesses sempre no coração, nos dando tudo o que pedimos em linha com o que é melhor para nós.
  5. Deus é Santo: Ele é justo em todos os seus caminhos. A santidade motiva suas ações e a santidade é visível em tudo o que faz.
  6. Deus é imutável: Ele é autoexistente, imutável. Deus É e nunca será maior ou menor do que Ele é neste exato momento. Um conforto maior assegurado. Em nosso Deus sempre podemos confiar, pois Ele sempre será o mesmo.
  7. Deus é incompreensível: Nossas mentes não podem compreender sua existência eterna, nem os Seus caminhos. Ele teve que usar a terminologia humana conosco para nos ajudar a entender um grau de compreensão sobre ele, (ouvidos, mãos, olhos etc.).
  8. Deus é Justo: Ele tem direito absoluto e autoridade sobre todas as coisas, uma vez que existe por Sua criação e vontade. Deus sempre trata com justiça e de forma justa com toda a Sua criação. Um pensamento reconfortante.
  9. Deus é longânimo: um atributo maravilhoso que tem contribuído para a longevidade de alguns de nós nesta terra. Também o fato de que muitos se voltaram para Jesus Cristo depois de muitos e muitos anos de resistência.
  10. Deus é amor: Ele é a fonte inesgotável de todo o amor. Ele não poderia ser Deus sem amor. É o principal motivo de tudo o que Deus faz.
  11. Deus é misericordioso: Mesmo ao pecador mais difícil, Ele ainda é misericordioso e não querendo que nenhum pereça. O grau de misericórdia de Deus para nós é visto na Cruz. Se Ele nos amou quando éramos Seus inimigos, quanto mais deve Ele nos ama agora que estamos em Sua família.
  12. Deus é Onipresente: Sua perfeição exige que ele esteja em toda parte ao mesmo tempo, caso contrário, Ele não seria Deus. Ele fez espaço para as coisas e não ser uma “coisa” Ele não requer espaço.
  13. Deus é onisciente: É de nosso Deus, que todo o conhecimento vem. Ele é a fonte de todas as informações e fatos. Ele compreende todas as coisas do passado, presente e futuro, possível, talvez, etc. E os nossos pensamentos mais íntimos.
  14. Deus é Onipotente: Tudo o que é, e sempre foi, ou será alguma vez veio de Deus. Tudo o que Ele quer, acontece. Ele não tem igual. Ele é a fonte de toda a autoridade e poder.
  15. Deus é soberano: Uma vez que todas as coisas vieram de Deus, todas as coisas são subordinadas a ele. As coisas criadas e coisas resgatadas (nós). É Deus quem colocou tudo no seu respectivo lugar e propósito. Não foi “Acaso”.
  16. Deus é Verdade: Sem ser VERDADE, Deus não seria Deus. Ele não seria crível nem confiável. Ele implantou dentro de Sua criação a capacidade de reconhecer a VERDADE

Conclusão:

  1. A Bíblia foi dada a nós por Deus. É a Sua revelação para nós e contém tudo o que precisamos saber para estar bem uns com os outros e acima de tudo, com ele.
  2. A Bíblia descreve o autor em milhares de formas e descreve seus atributos com grandes detalhes.
  3. Que grande conforto encontramos no fato de que o nosso “Deus é Deus!” 4. Cada coisa criada dará conta de seu criador, Deus.                                                                                                                                                     5. Deus nos deu a Bíblia para nos informar e nos preparar. Seria muita tolice ignorar a Palavra de Deus.
  4. O que você acha da Bíblia? O que você acha de Deus?
  5. Esperamos que esses pensamentos tenham renovado e revigorado sua confiança e amor a Deus, pois não há outro Deus, senão o Deus da Bíblia, nosso Deus.                                                                                                  Aldenir Araújo