- Ao Deus Único - https://aodeusunico.com.br -

Dadivando no Novo Testamento. Eu Pratico o Dadivar Generoso ou Sou um Egoísta, Mesquinho?

Brian Anderson escreveu que “Se é verdade que dizimar foi parte da adoração de Israel no Velho Testamento, e que não tem nenhuma injunção prática sobre os crentes do Novo Testamento, então vem à tona, naturalmente, a pergunta “Que é que o Novo Testamento realmente ensina sobre o dar das nossas rendas [a Deus]?”

Quanto do nosso dadivar:

1 Coríntios 16:1-2 fala no que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade.

Atos 11:27-30 cada um conforme o que pudesse, socorro aos irmãos que habitavam na Judéia. 2 Coríntios 9:7 “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.“

O propósito do nosso dadivar

Satisfazer as necessidades dos santos:

Satisfazer as necessidades dos obreiros cristãos:

Satisfazer as necessidades dos pobres

O modo do nosso dadivar

Devemos dadivar anonimamente

Devemos dadivar voluntariamente (por nossa vontade, com amor):

Devemos dadivar expectativamente:

2 Coríntios 9:6 “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.”

Paulo expressa isto, nos versos 8-11: “8 E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, A FIM DE QUE, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra; Lucas 12:33 “Vendei o que tendes, e dai esmolas. Fazei para vós bolsas que não se envelheçam; tesouro nos céus que nunca acabe, aonde não chega ladrão e a traça não rói.”

1 Timóteo 6:18-19 “18 Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis; 19 Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna.“

Devemos dadivar animadamente (com ânimo, alegria):

2Coríntios 9:7 nós aprendemos qual espírito devemos ter ao dadivarmos “Cada um contribua segundo propós no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.”

Devemos dadivar sacrificialmente:

Marcos 12:41-44 “41 Em verdade vos digo que esta pobre viúva deitou mais do que todos os que deitaram na arca do tesouro;

A motivação do nosso dadivar

O exemplo de Cristo:

2Cor 8:9, “Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis.”

A ordem de Cristo:

Não apenas temos o exemplo de Cristo para nos motivar, como também temos sua ordem. Jesus expressou-se muito claramente em João 15:12-13, “12 O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. 13 Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.”.

Conclusão

As Escrituras não ensinam que o dízimo é obrigatório sobre os crentes durante [a dispensação de] o Novo Testamento. No entanto, as mesmas Escrituras [decididamente] ensinam que os crentes devem ser dadivadores generosos, sacrificiais, expectantes, e gozosamente animados! Será que isto descreve você? É minha sincera oração que o Espírito Santo use este escrito para o desafiar a repensar os seus padrões de dadivar, e para verificar se eles se alinham com a vontade de Deus, conforme expressa no Novo Testamento. Se não estiverem, vá ao Senhor em oração e peça-lhe o poder e a graça para lhe obedecer plenamente em todas as coisas”.

Se essa mensagem tocou seu coração a ser um doador para a pregação do evangelho por essa rádio e outras rádios – entendam, pagamento da rádio, não dos pregadores que já ajudam a pagar para pregar, diferente da maioria – ligue ou envie um zap para a Coordenação do programa, na pessoa do irmão Antônio daqui de Brejinho 84 9 9153 2212; Repetindo, 84 9 9153 2212.

https://aodeusunico.com.br/o-dizimo-no-velho-testamento-e-o-dadivar-no-novo-testamento/

A BENEVOLÊNCIA DOS CRENTES DO NOVO TESTAMENTO