- Ao Deus Único - https://aodeusunico.com.br -

Buscai as Coisas Lá do Alto

Clique aqui e ouça o áudio do Programa A Voz e A Verdade.

Colossenses 3:1 “Buscai as Coisas Lá do Alto”.

A Palavra de Deus nos mostra que pecado é a transgressão da lei de Deus. “Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei”. I Jo. 3:4.

Que Lei? A Eterna Lei de Deus, o Decálogo, os 10 mandamentos registrados em Êxodo 20, A MAIOR DAS LEIS DO UNIVERSO, que nos preserva de problemas desnecessários,  dor, tristeza, morte prematura e mantêm a santidade do caráter de Deus, e, assim, nos proíbe 1) de adorar a outros deuses além de YHWH, a uma trindade, por exemplo, 2) nos proíbe de adorar imagens de escultura, 3) de tomar o nome do Eterno em vão, em piadas, por exemplo, quando desonrarmos a Deus dizendo que cremos nele, que somos crentes e fazemos coisas erradas, estranhas; 4) Deus nos ordena guardar, santificar o santo Sábado, sem fazer trabalhos do nosso interesse nesse dia, E NÃO NO DOMINGO COMO OS HOMENS ESTABELECERAM – vc pode ler a Bíblia católica e eu tenho uma aqui em minha mão, a de Jerusalém, com o Imprimatur, a aprovação da Igreja Católica – e nessa Bíblia católica, como em todas as outras bíblias, em Êx. 20:8 “Lembra-te de santificar o dia de Sábado” – vc está lembrado disso? e na nota de rodapé acrescenta que “o nome do Sábado é explicitamente relacionado pela Bíblia”, 5) honrar pai e mãe; 6) não matarás; 7) Não cometerás adultério; 8) Não roubarás; 9) Não mentirás contra o teu próximo; 10) Não cobiçarás nada do seu próximo.

Na luta contra o pecado a perfeição vem somente por Cristo (Col. 2:1-19). Muitos, porém, insatisfeitos com a simplicidade disso, criam rígidos regulamentos físicos para “governar os fiéis” e os manter “longe do pecado”: Pagar dízimos, adorar a uma trindade, participar do ecumenismo, etc. Os fariseus fizeram isto e Jesus os reprovou (veja Mateus 15:1-9). Hoje alguns continuam seguindo suas próprias regras físicas como se fossem um meio de purificar a alma. Mas Paulo mostra aos Colossenses que a purificação só vem quando morremos com Cristo para uma nova vida espiritual.

Morremos com Cristo (Col. 2:20-23). No batismo em nome de Jesus, somos “sepultados” com Cristo (Colossenses 2:12; Romanos 6:1-4), morrendo para o pecado e “para os rudimentos do mundo” (Col. 2:20). Torcidas por Clubes quaisquer, Filmes e novelas eróticas, as que estão aí, de crimes, enganos, traições, homossexualidade, vícios, roubos, intrigas, e tudo que não presta. Mundanismo que nos afasta de Deus.

Deus nos revelou “todas as coisas que conduzem à vida e à piedade” para nos livrar “da corrupção das paixões que há no mundo” (2 Pedro 1:3-4).

No batismo, somos “ressuscitados” com Cristo “mediante a fé no poder de Deus” e recebemos “novidade de vida” (Col. 2:12; Romanos 6:1-5). Sendo que Cristo vive “assentado à direita de Deus”, nós devemos buscar “as coisas lá do alto” e pensar “nas coisas lá do alto” (3:1-2). Devemos fazer nossas vidas em Cristo. Quando aprendemos a amar Cristo e viver para ele, então guardaremos os mandamentos dele sem regras de homens para nos “manter fiel” (veja João 14:15, 21). Quando somos fiéis a Cristo, seremos “manifestados com ele, em glória” (Col. 3:4).

A nova vida (Col. 3:5-11). A nova vida vem pela mudança de natureza e não pela mudança de algumas regras externas. “A natureza terrena” com todas as coisas pertencentes a ela tem que morrer (3:5). Isto acontece quando obedecemos a Cristo em amor, sabendo que “a ira de Deus [vem] sobre os filhos da desobediência” (3:6). Quando amamos a Deus, guardamos os seus Mandamentos, não queremos decepcioná-lo. Assim, deixamos de fazer as coisas erradas que fazíamos antes na velha vida de pecado (3:5-9), e aprendemos a nos revestir “do novo homem” (3:9-10). A vida deste novo homem é uma vida espiritual, refletindo o amor e a santidade do seu Criador (3:10; veja 1:16).

A vida deste novo homem é uma vida espiritual, refletindo o amor e a santidade do seu Criador (3:10; veja 1:16).

Adaptado de: http://estudobiblico2.blogspot.com/2008/09/colossenses-220-311.html