- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

Seria o Deus de Jesus, também seu Pai e nosso Deus, menos justo do que nós seres pecadores? 3ª parte.

Clique aqui e ouça o áudio. Medite, Partilhe. 

Conforme o https://portugues.ucg.org “A palavra grega, gehena, traduzida como “inferno tem sido associada com a visão tradicional do inferno. Gehena se refere a um vale nos arredores de Jerusalém. A palavra deriva do hebraico gai-hinom, o Vale de Hinom (Josué 18:16). “Era um lugar de prática religiosa, onde se realizava sacrifícios humanos idólatras  (O Dicionário Completo de Estudo de Palavras do Novo Testamento, em inglês, 1992, p. 360).

Na época de Jesus, este vale era o que poderíamos chamar de lixão da cidade—o lugar onde todo o lixo era jogado e consumido pelo fogo, que lá ardia constantemente. (As carcaças de animais de mortos—e corpos de criminosos desprezíveis—também eram lançados no gehena para serem completamente queimados).

Portanto, Jesus se utiliza desse local em particular e o que acontecia lá para ajudar seus ouvintes a entenderem claramente o destino que os injustos sofrerão no futuro.

Em Marcos 9:47-48, Jesus se refere ao gehena e ao que acontecia lá. Mas sem um conhecimento adequado da história daquele lugar, muitas pessoas chegam a conclusões erradas.

Jesus falou “Melhor é para ti entrares no Reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, ser lançado no fogo do inferno [gehena], onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga”. Qualquer morador de Jerusalém teria entendido imediatamente o significado destas palavras de Jesus, pois gehena —o Vale de Hinom—estava ao sul nos arredores dos muros da cidade.

Jesus citou um texto das Escrituras onde se diz que estavam mortos os corpos das pessoas afetadas pelos bichos. Obviamente, não se trata de pessoas vivas sofrendo no fogo. Quando Jesus retornar, lutará contra os que Lhe resistirem (Apocalipse 19:11-15). Aqueles que tombarem nessa batalha não serão enterrados, antes os seus corpos serão deixados no chão onde as aves de rapina e os vermes consumirão a sua carne”.

O Deus de Jesus e nosso é justo no pleno sentido da palavra. Deus lhe oferece a salvação se você aceitar o seu presente maravilhoso na pessoa do amado Salvador Jesus, o Cristo. Aceite-o agora mesmo e receberá a vida eterna. E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32. Amém, aleluias.

 

A frase “o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga” é uma citação que Jesus fez de Isaías 66:24.  O contexto em Isaías refere-se ao tempo do qual Deus diz: “Virá toda a carne a adorar perante Mim, diz o senhor” (versículo 23). É um tempo em que os iníquos já não existem mais. O que aconteceu com eles? No versículo 24 lemos que as pessoas “sairão e verão os corpos mortos dos homens que prevaricaram contra Mim; porque o seu verme nunca morrerá, nem o seu fogo se apagará ; e serão um horror para toda a carne”.

Conforme o Livro Teológico de Palavras do Velho Testamento [Theological Wordbook of the Old Testament, 1980], a palavra hebraica original traduzida como “verme” em Isaías 66:24 e “bicho” em Marcos 9:47-48 significa “gusano, verme [ou] larva”. Existem vermes imortais no inferno?

Nem Isaías nem Cristo estão falando de vermes imortais. Os vermes de que eles falam não morreriam enquanto larvas porque, sustentadas pela carne que comiam, eles viveriam para se transformar em moscas. Então, as moscas põem ovos que eclodem em mais larvas (larvas de moscas), perpetuando o ciclo até que não haja mais nada para eles consumirem.

A informação por trás disso nos ajuda a entender melhor as palavras de Jesus. Naquele tempo, quando os corpos de animais mortos ou de criminosos executados eram lançados no lixo ardente do gehena ; aqueles corpos eram destruídos pelos vermes ou pelo fogo que ardia permanentemente ali ou por ambos. Historicamente, um corpo que não fosse enterrado, mas que fosse submetido às chamas, era tido como amaldiçoado (Josué 6:18; 7:11, 25).

Então, o que significam as palavras de Jesus em Marcos 9:48 quando diz: “o fogo nunca se apaga”? Com a explicação anterior podemos entender isso. Ele simplesmente disse que o fogo sempre arderia enquanto houvesse corpos de iníquos condenados a serem consumidos. Esta expressão usada com alguma frequência nas Escrituras refere-se ao fogo que a tudo consome (Ezequiel20:47). Um fogo inextinguível é aquele que ainda não foi apagado. Portanto, ele vai se extinguir por si só , quando tiver consumido toda a matéria que o alimenta e quando não houver mais material combustível.