- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

O que Foi o Jejum de Ester? Algo a Ver com o Tempo do Fim?

“Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas servas também assim jejuaremos. E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci”. Ester 4:16

O jejum de Ester foi um jejum de três dias que Ester e todos os judeus da cidade de Susã realizaram. Ela fez esse jejum para se preparar para salvar seu povo. Ester corria risco de vida mas, se não fizesse nada, todo seu povo iria morrer.

Ester era uma jovem judia que se tornou rainha quando casou com Xerxes, o rei da Pérsia. Seu primo se chamava Mardoqueu, que a tinha criado como filha quando seus pais morreram. Mas Ester não contou ao rei nem a ninguém que ela era judia (Ester 2:10).

Mardoqueu tinha um inimigo chamado Hamã, que era o príncipe mais poderoso da Pérsia. De tanto que odiava Mardoqueu, Hamã decidiu matar todos os judeus! Ele obteve o apoio do rei e fez um decreto para exterminar os judeus em uma data marcada.

Ao Mardoqueu ouvir sobre o decreto, enviou uma mensagem a Ester, pedindo que ela fosse falar com o rei, para impedir a matança. Mas Ester estava com medo porque ninguém podia se aproximar do rei em seus aposentos sem permissão (Ester 4:10-11). Se ela fosse lá, o rei poderia ordenar sua execução!

Por outro lado, se Ester não fosse, todo seu povo seria morto. E nada garantia que ela iria escapar (Ester 4:13-14). A escolha era difícil e qualquer decisão era perigosa. Por isso, Ester decidiu jejuar antes de ir falar com o rei.

Terminado o jejum, Ester falou com o rei e sua vida foi poupada. E mais: quando descobriu que era o povo de Ester que iria ser destruído, o rei mudou a situação. Um novo decreto foi escrito e, em vez de serem exterminados, os judeus mataram muitos de seus inimigos! Hamã também foi morto e Mardoqueu foi promovido pelo rei. Tudo terminou bem para Ester!

Como foi o jejum de Ester?

Ester convocou todos os judeus de sua cidade para se unirem a ela nesse jejum e propósito. Ester, suas criadas, Mardoqueu e todos os judeus de Susã passaram três dias sem comer nem beber nada (Ester 4:15-17). Esse foi um jejum mais radical, que só deve ser feito, no máximo, por três dias. Ficar mais tempo sem comer nem beber é muito perigoso para a saúde. A situação de Ester era muito grave, e pedia medidas drásticas!

Devem ter passado muito desse tempo em oração, pedindo por livramento. Não era um simples pedido por vitória na vida, era um clamor e dependência total de Deus para mudar uma situação extremamente perigosa”. (FONTE: https://www.respostas.com.br/jejum-de-ester/)

O povo de Deus nesses últimos dias, também passará por uma tribulação qual nunca houve e precisa se consagrar com jejum, oração, estudo da Bíblia e muita dependência de Deus. Preparemo-nos.

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32. Amém, Aleluias.