- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

Jesus Não Era Dizimista. Como Assim?

Jesus Não Era Dizimista. Como Assim?

Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do Senhor; santas são ao Senhor.
No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao Senhor. Levítico 27:30 e 32

Essa é Lei do Dízimo que Deus deu a Moisés no monte Sinai.

Deus estabeleceu que dízimo era do campo, da terra, não da casa da moeda, era sempre manufatura de Deus, grãos do campo, animais do campo, NUNCA DINHEIRO, OURO OU PRATA e isso nunca mudou até à cruz, quando teve seu fim. Ouviram líderes religiosos, povo em geral?

Quando Deus estabeleceu o DÍZIMO  em Sua infinita sabedoria, entre todos os grandes objetivos, pretendia resolver o problema da tribo de Levi que não recebeu HERANÇA em Canaã como as demais 11 tripos, e foi incumbida de cuidar do tabernáculo e de todo o sistema CERIMONIAL, que tipificava a obra redentora de Cristo em favor de seu povo.

No livro de Números capítulos 3 e 4 nós somos informados como foi essa escolha. “Então o Senhor disse a Moisés: “Convoca a tribo de Levi e apresenta-os a Aarão e seus assistentes. …Fica a seu cargo todo o material e mobiliário, assim como a manutenção da tenda do encontro. 9-10 Contudo, apenas Aarão e seus filhos poderão desempenhar as funções de sacerdote. Outra pessoa, seja quem for, que tentar executar essas funções deverá morrer.” Números 3:5-10.

O texto de Mateus 23:23 (que diz que o endro, o hortelã e o cominho devem ser dizimados) é comumente usado por muitos líderes para afirmar que o dízimo que é cobrado hoje nas igrejas foi aprovado e que Jesus era dizimista. Seria isso verdade?

Jesus nasceu e viveu sob a antiga aliança, cumprindo todos os seus requisitos, inclusive a sua isenção de dizimar, visto que ele era carpinteiro com seu pai e, por não ser agricultor nem pecuarista (as únicas classes que pagavam dízimos além dos levitas aos sacerdotes), estava desobrigado de pagar dízimos quando os dízimos estavam em vigor.

Mas a nova aliança não inicia em Mateus 1 e nos 1os. capítulos dos demais evangelhos? NÃO, fomos enganados. A Nova Aliança começa na cruz de Cristo, ouça o que diz Heb. 9:17 (BKJ): “Porquanto, um testamento só tem validade legal após a confirmação da morte do testador, considerando que não poderá entrar em pleno vigor enquanto estiver vivo quem o fez”.

Logo, JESUS, o filho de Deus, não foi dizimista aqui, pois sem ser agricultor ou pecuarista, sendo carpinteiro, NÃO PAGAVA DÍZIMO. Só ofertava, como também professores, pescadores, artesãos, ferreiros, lavandeiros, operários em geral,…órfãos, viúvas e estrangeiros, sendo que essas 3 últimas categorias ainda, a cada 3 anos, COMIAM OS DÍZIMOS, conforme Deuteronômio 14:28 e 29, coisa impossível hoje em todas as igrejas que erradamente cobram dízimos inclusive desses irmãos sem reconhecer que o DÍZIMO ACABOU NA CRUZ, PERMANECENDO SÓ O OFERTAR SEGUNDO PROPOSTO NO CORAÇÃO

João 8:32 e 36.

Leia mais:

O DÍZIMO RELIGIOSO – “MAIOR ERRO TEOLÓGICO”.

MITOS E VERDADES SOBRE O DÍZIMO

O DÍZIMO NO VELHO TESTAMENTO E O DADIVAR NO NOVO TESTAMENTO