- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

“ESCAPANDO DA MALDIÇÃO PELA QUEBRA DA LEI”         

galatas_capitulo_3_versiculo_13_fb

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32.

Ouça o áudio, parte I, clicando aqui. Ouça a 2a parte do áudio clicando aqui.

“Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se Ele próprio maldição em nosso lugar…”  Gálatas 3:13.

Como podemos entender esse texto?

O médico e nosso irmão Carlos Lavrado, assim descreveu:

“Em primeiro lugar temos que saber o que vem a ser “maldição da lei” e, depois, então sabermos como é que “Cristo nos resgatou” desta maldição, definida por Paulo como “maldição da Lei.” O que vem a ser então “MALDIÇÃO DA LEI???  De que maneira, ou de que modo “CRISTO NOS RESGATOU do que é chamado de MALDIÇÃO DA LEI”???  Ao falar da maldição da lei, bem como do resgate desta maldição, efetuado por Cristo, ao dizer que Cristo NOS resgatou da maldição da Lei, o apóstolo Paulo não somente se inclui a si mesmo e aos gálatas neste resgate, mas o contexto indica a inclusão de todos os seres humanos que queiram ser resgatados. Este versículo de Gálatas é, portanto, do mais amplo interesse de toda a humanidade, de todo e qualquer ser humano, dos seres humanos em geral, sem exceção. Por MALDIÇÃO DA LEI, entende-se a maldição advinda de sua quebra e da aplicação das penalidades impostas ou aplicadas aos infratores da mesma, penas estas, portanto, advindas da inobservância, descumprimento ou transgressões da Lei, a santa lei de Deus, sendo a pena máxima a pena de morte ou pena capital. A Bíblia define que “pecado é transgressão da lei” e  que a paga, “o salário  do pecado, é a morte.” I João 3:4.e Romanos 6:23..Assim, pois a “maldição da lei” é a maldição advinda da transgressão da lei, da santa lei de Deus ( Gálatas 3:10) e a “pena de morte” imposta pela transgressão da mesma em especial a morte num madeiro, pois como está escrito: “maldito todo aquele que for pendurado num madeiro.” Gálatas 3:13 e Deuteronômio 21:23. A Bíblia nos fala de pecados passíveis de pena de morte, cuja execução era efetuada num madeiro, morte esta considerada maldita e o pendurado “maldito de Deus.” Deuteronômio  21:22 e 23. Qual o pior e  mais grave problema dos seres humanos então??? O grande  problema de nós, seres humanos é que todos, com exceção de Cristo, estamos condenados a esta pena de morte, por sermos todos infratores ou transgressores da santa lei de Deus. Romanos 3:23. Assim, pois, A MALDICAO DA LEI se constitui na maior de todas as maldições e no maior e mais grave de todos os problemas do ser humano. A Bíblia afirma que a vida é conferida apenas, e tão somente, aos obedientes, pois “aquele que observa os seus preceitos ( da lei de Deus) por eles” ou em consequência da observância deles. “viverá.” Gálatas 2:12; Levítico 18:5; Neemias 9:29; Ezequiel 20:13; Lucas 10;28 e Romanos 10:5”.

 

A Bíblia é clara: obedeça e viva, mas se desobedeceres, sob maldição estarás e à pena de morte serás condenado. Gálatas 3:10; Deuteronômio 21:22 e  23 e Romanos 6:23. Mas aqui está o grande dilema, o grande impasse, o problema maior do ser humano: com excessão de Cristo, que nunca transgrediu a lei do Deus único, o Pai: mas quem é que observa estritamente a lei de Deus e quem nunca a quebrou ou falhou perante ela ??? E a lei é inflexível: o infrator da lei, o transgressor da  mesma, o pecador está sob maldição e o salário da infração da lei, da transgressão da lei, O  SALÁRIO DO PECADO É A  M O R T E  Gálatas 2:10; I João 3:4 e Romanos 6:23. E de que maneira então Cristo NOS RESGATOU DA MALDIÇÃO DA LEI??? Não ab-rogando a lei, a santa lei de Deus, o Pai, não abolindo a mesma nem anulando-a ou riscando–a, conforme se entende de Gálatas 3:13, mas confirmando a lei e estabelecendo-a, reconhecendo sua exigência. E de que maneira fez isto??? Aceitando a penalidade da mesma, da santa lei de Deus em nosso lugar, no lugar do pecador, a fim de que o mesmo se arrependa, seja perdoado e esteja em harmonia com Deus, o Deus único e sua santa Lei e viva. Efetuou isto “FAZENDO-SE ELE PRÓPRIO MALDIÇÃO EM  NOSSO LUGAR. Gálatas 3:13. Oh bendito resgate que nos revela o infinito amor de Deus e de Cristo, conciliando  justiça com misericórdia. Oh bendito resgate que derrota a Satanás e salva o homem da infração da santa lei, da violação da mesma e do pecado por transgredi-la. Uma vez que a vida é conferida exclusivamente aos observadores da santa  lei de Deus, unicamente através da fé em Cristo, o método para se aceitar o resgate e a justificação é que Deus, Aquele que é justo e justificador daqueles que tem fé em Jesus, perdoa nossas transgressões de sua santa lei e nos declara justos, imputando-nos o justiça perfeita de seu amado Filho e comunicando-nos a mesma diariamente conferindo-nos assim o poder para estarmos em harmonia com sua santa, bendita e divina lei. Romanos: 3:31. “Dando graças ao Pai, que vos fez idôneos à parte que vos cabe da herança dos santos na luz. Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção e a remissão dos pecados.” Colossenses 1:12 e 13. “Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios, em Jesus Cristo, a fim de que recebêssemos, pela fé, o Espírito prometido.” Gálatas 3:14. Carlos Lavrado.

Portanto, meu irmão, minha irmã, meu amigo e minha amiga, você percebeu o grande amor de Deus, ao enviar seu querido Filho Jesus Cristo 1) para ser nosso exemplo, vivendo uma vida sem pecado que é o alvo de Deus para você e para mim? 2) para morrer a morte que nós merecíamos por causa do pecado que um dia entrou no mundo e todos ficamos sujeitos ao mesmo.

Está você disposto, disposta a agradecer este amor aceitando a Cristo como o seu salvador e a viver uma vida conforme os dez mandamentos, inclusive deixando a adoração trinitariana falsa que fere o 1º. Mandamento e a guarda do domingo que fere o 4º. Mandamento? Amanhã prosseguiremos estudando o texto de hj, Gálatas 3:13. Até lá.