- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

COMO A VIRGEM SE PROSTITUIU

logo_antigo_iasd ERA ESSE E PASSOU A SER ESSE OUTRO. POR QUE? DESCUBRA.
logo_iasd_atual
“Em 1931, numa reunião de portas fechadas e sem autorização, quatro administradores da IASD, decidem publicar no Year Book a doutrina da trindade.
Em 1940, começa uma “limpeza” nos livros da igreja, especialmente nos livros de Ellen G. White e Urias Smith. Essa limpeza foi para incluir a doutrina da trindade nos seus escritos. O professor de história da Andrews University, George R. Night, conta em seu livro “Em Busca de Identidade”, pág. 16 (CASA Publicadora Brasileira), as mudanças que ocorreram no adventismo.
“Muitos dentre os fundadores do adventismo não se uniriam à igreja hoje, se eles tivesses que subscrever as crenças fundamentais da denominação. Mais especialmente, muitos deles não concordariam com a crença nº 2, a qual trata da doutrina da Trindade. Semelhantemente, os pioneiros adventistas ficariam perturbados com a crença nº 4, que fala da eternidade e divindade de Cristo.
Tampouco poderiam, alguns dos primeiros dirigentes adventistas concordar com a crença nº 5, relacionada com a personalidade do Espírito Santo.”
Conferir no mesmo livro, nas páginas, 157 à 160, a “limpeza” nos livros da IASD para incluir a doutrina da Trindade.
Em 1980, foi aprovada a doutrina da trindade na IASD. Na Conferência Geral realizada em Dallas (Texas), o pastor e vice-presidente Neil Wilson da Associação Geral dos adventistas do sétimo dia, temendo as discussões que a mudança para trindade poderia ocasionar, maquinou um plano para a doutrina da trindade ser aprovada na forma de um livro com mais de 450 páginas (Nisto Cremos/ CPB).
A partir de 1980 por ordem da Divisão Sul Americana, começaram a cortar todos os membros que se declaram contra a doutrina da trindade. Milhares de adventistas já foram expulsos da IASD em todo o Brasil.
Veja o que encontramos no livro “A Trindade” (CPB), na pág. 221: “Os pontos de vista da igreja finalmente mudaram porque os adventistas chegaram a uma compreensão diferente da evidência bíblica.”
Ora irmão (ã), o pastor LeRoy E. Froom confessa que foi buscar informações sobre a Trindade em outras fontes por não ter encontrado nada nos livros da igreja. Os autores do livro “A Trindade” confessam que os pontos de vista da igreja finalmente mudaram porque os adventistas chegaram a uma compreensão diferente da evidência bíblica. Como poderemos aceitar uma doutrina que não possui nenhum amparo, tanto na Bíblia como nos escritos da irmã Ellen G. White?
Inclusive a irmã White nunca usou a palavra trindade (tradução da palavra em -06-inglês “trinity”) nos seus escritos, mas sim Divindade (tradução para o inglês é “Godhead”). A própria IASD, através de uma publicação oficial “The Trinity in Scripture”, no ano de 1999, informou que: “A palavra Trindade nunca existiu nos escritos de Ellen G. White.” É mais uma prova de que os escritos da serva de Deus foram adulterados, para insinuar que ela em algum momento acreditou nesta doutrina”.
Leia mais em

Leia sobre as Mudanças em Livros de Urias Smith Foram Feitas pela IASD

Veja Logo da IASD e EGW sobre o logo da iasd e porque mudou.