- Ao Deus Único - http://aodeusunico.com.br -

A Igreja do Segundo Século

Fala-se muito da igreja do século II ao século IV, de nomes como os de Clemente de Roma, Clemente de Alexandria, Inácio de Antioquia, Policarpo, Justino o mártir, Irineu de Lião, Origines, Tertuliano e outros, como os pais da igreja. Mas, são esses o padrões da fé ou Cristo e seus apóstolos?

“É muito importante que as pessoas honestas sigam o padrão do Novo Testamento como a revelação completa e suficiente de Deus. A base desse propósito é sólida e bíblica, mesmo se lutamos às vezes para cumprir a grande responsabilidade que Deus nos tem dado. É impressionante que as afirmações mais fortes no Novo Testamento sobre a importância e suficiência das Escrituras vêm dos apóstolos que melhor conheciam a glória e autoridade de Cristo. Em duas ocasiões, Jesus deixou a luz de sua glória brilhar de uma maneira especialmente visível. A primeira vez, Pedro, João e Tiago testemunharam a transfiguração (Mateus 17:1-8). Na outra ocasião, Saulo de Tarso (depois conhecido como o apóstolo Paulo) viu a luz e ouviu a voz de Jesus (Atos 9:1-7). Tiago foi o primeiro dos apóstolos a morrer (Atos 12:1-2), mas os outros três (Pedro, João e Paulo) continuaram durante alguns anos. Escreveram entre eles, pelo menos, 20 dos 27 livros do Novo Testamento. Os mesmos estão entre os principais personagens no livro de Atos. Esses homens foram absolutamente convencidos da grandeza de Jesus e da autoridade de sua palavra. Nos livros deles, não há sombra de dúvida sobre a suficiência da palavra revelada no primeiro século. (Leia cuidadosamente as seguintes passagens: João 12:47-50; Atos 4:12; 17:30-31; 1 Coríntios 4:6; 11:1; Gálatas 1:6-10; 1 Tessalonicenses 2:13; 2 Timóteo 3:16-17; 2 Pedro 1:3; 2 João 9-11; Apocalipse 3:3). Um estudo desses trechos mostra que as Escrituras, como já reveladas no primeiro século, servem de padrão completo e suficiente para o nosso serviço a Deus hoje. Devemos obedecer aos mandamentos e respeitar os exemplos encontrados no Novo Testamento, porque é somente assim que saberemos a vontade de Deus para hoje. O alvo de cada cristão verdadeiro é seguir as instruções que Jesus deixou para os primeiros seguidores. Cada igreja dedicada ao Senhor vai, necessariamente, se preocupar em fazer tudo que ele pede no Novo Testamento, e mais nada.

Enquanto o nosso apelo é simples e bíblico, ninguém deve pensar que é sempre fácil. Como Jesus e seus discípulos enfrentaram diversas “autoridades” que defendiam suas instituições e as religiões estabelecidas por homens, ainda há muitos que querem defender as tradições humanas, e que sentem um desejo maior de manter suas posições entre homens do que fazer a vontade de Deus.

Algumas dessas pessoas lutam com a contradição entre sua suposta lealdade a Cristo e as doutrinas e práticas humanas que defendem. Muitas vezes, acabam se justificando desta maneira: “Eu sei que tal coisa não se encontra no Novo Testamento, mas a história mostra que as igrejas do segundo ou terceiro século a praticaram; então, estamos seguindo o exemplo daqueles cristãos.” Pense nos perigos desta abordagem às questões espirituais”.

Que Deus e Jesus, por seu Espírito, nos guiem em toda a verdade bíblica e nos livrem da apostasia ou do desvio da verdade, pois isso significa a perda da salvação em Cristo Jesus.

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32.

 

14_09_2020_ A igreja do segundo século_2ª parte

Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. Apocalipse 14:12. ESTE É O PADRÃO PARA VOCÊ E PARA MIM.

“Apostasia não demora. A Bíblia está cheia de exemplos de povos que desviaram da verdade em pouco tempo. Os israelitas murmuraram na primeira semana depois do êxodo, e caíram na idolatria menos de três meses depois; quase todos eles morreram no deserto por causa de desobediência a Deus; diversas gerações abandonaram o Senhor na época dos juízes; muitos dos seguidores de Jesus desviaram enquanto ele ainda estava na terra; Paulo predisse apostasia entre os presbíteros da igreja de Éfeso; alguns dos cristãos gálatas já estavam abandonando o evangelho quando Paulo lhes escreveu sua carta; Tiago falou na sua carta sobre irmãos desviados; Pedro falou de pessoas que voltaram ao pecado como cachorros lambendo o vômito; João disse que já houve vários anticristos; etc.

Depois do primeiro século, quem pode confiar no segundo? Até o fim do primeiro século, já houve uma tendência forte de alguns irmãos se desviarem da verdade. Deus claramente viu congregações diferentes — algumas fortes e outras fracas e mortas — e já estava prestes a castigar algumas e vomitar outras (examine as cartas às igrejas da Ásia em Apocalipse 2 e 3). Se tudo isso já estava acontecendo no primeiro século, quem teria coragem de confiar nos exemplos de igrejas do segundo século? Nós temos que voltar às ordens dadas no Novo Testamento, considerando os exemplos aprovados pelo Senhor. Mas não temos nenhum direito de defender alguma doutrina ou prática porque já existia no segundo século. (a trindade, se não sabia, é do 4º. Século)

“Mas eles dizem: Não andaremos.” O apelo que Deus faz hoje é o mesmo que fez através de Jeremias: “Assim, diz o SENHOR: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos” (Jeremias 6:16). Quando Jeremias pregou tais palavras, ele foi fortemente criticado. Qualquer pessoa hoje que fala contra as mudanças que os homens estão introduzindo nas igrejas vai ser criticada. As congregações que decidem manter sua independência no serviço de Deus, não se alinhando com nenhum tipo de denominação ou associação de igrejas, crescerão na fé, mas serão atacadas pelos fariseus e escribas da nossa época, que querem defender partidos políticos e tradições humanas para manter seu poder e influência”.

A você que deseja a salvação em Cristo, que prefere obedecer a Deus do que aos homens, Jesus diz: “Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te”.  Apoc. 3:19.

Volte-se para Deus e para Jesus e não se arrependerá.

 

15_09_2020_ A igreja do segundo século_3ª parte

Os que pecarem deverão ser repreendidos em público, para que os demais também temam.
Eu o exorto solenemente, diante de Deus, de Cristo Jesus e dos anjos eleitos, a que procure observar essas instruções sem parcialidade; e não faça nada por favoritismo.
Não se precipite em impor as mãos sobre ninguém e não participe dos pecados dos outros. Conserve-se puro. 1 Timóteo 5:20-22

“Alguns que começaram bem estão abandonando o padrão do Novo Testamento para organizar denominações humanas. Ao invés de buscar a Deus, “segundo nos fora ordenado” (1 Crônicas 15:13), essas pessoas defendem vários erros em nome das “nossas igrejas” ou de “nossos missionários”. E, como os profetas da antiguidade foram criticados e rejeitados, as pessoas que ensinam contra esses desvios serão criticadas e rejeitadas hoje. Mas, vamos lembrar que é melhor estar sozinhos com Deus do que no meio da multidão que rejeita a palavra dele.

Na mania de criar ou manter uma imagem de serem igrejas importantes e de influência no mundo, algumas congregações não suportam a sã doutrina, mas convidam políticos ou pregadores não cristãos, que nem ensinam a verdade sobre a salvação, para ensinar e participar de seu louvor. (Pense em 1 Timóteo 5:20-22; 2 João 9-11).

Caro ouvinte, examine bem o que você mesmo faz e apoia. As denominações continuarão defendendo suas tradições, e homens descontentes com a simplicidade do padrão bíblico criarão novas denominações. Mas você pode fazer como Jesus, e servir a Deus livre das doutrinas e tradições erradas dos homens”.

Todo aquele que não permanece no ensino de Cristo, mas vai além dele, não tem Deus; quem permanece no ensino tem o Pai e também o Filho.
Se alguém chega a vocês e não trouxer esse ensino, não o recebam em casa nem o saúdem.
Pois quem o saúda torna-se participante das suas obras malignas.

2 João 1:9-11

Quem é o desigrejado, quem não faz parte de alguma denominação ou igreja ou quem não tem Jesus?

Que disse Jesus? Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai senão por mim. João 14:6.

Autor desconhecido